Como criar um blog e ganhar dinheiro com ele

Como criar um blog e ganhar dinheiro com ele

Quer aprender como criar um blog e ainda lucrar com ele? Então, você está no lugar certo. Neste artigo, você aprenderá conceitos básicos para fazer o seu blog e, ainda por cima, ganhar dinheiro com as suas publicações.

Se você chegou até aqui, é porque você tem interesse em saber como criar um blog de sucesso. E com as nossas dicas, vamos ajudar você a dar os primeiros passos.

Ter um blog, com toda a certeza, é muito gratificante pois você compartilha os seus conhecimentos com as pessoas ao redor do mundo. Mas, é claro, que ganhar dinheiro com ele, não será da noite para o dia.

Para lhe ajudar, você terá uma passo a passo de como fazer um blog e, além disso, ganhar dinheiro com os seus artigos na internet.

Veja abaixo em nosso sumário o que você encontrará neste artigo e navegue diretamente pelo assunto desejado:

Por quê criar um blog?

Se você tem conhecimento em um determinada área, tempo livre e sabe como escrever e, melhor ainda, explicar de forma adequada sobre esse assunto, então, já está na hora de pensar e colocar em prática a criação de um blog. Concorda?

Dessa forma, você poderá ajudar muitas pessoas, sabia?

Mas, é claro que o fato de você saber escrever um bom conteúdo para o seu blog, não irá garantir o seu lucro. Existem vários fatores para que você tenha sucesso em seu blog, como por exemplo:

  • utilizar um sistema de gerenciamento de conteúdo;
  • saber otimizar o seu blog para os mecanismos de pesquisas;
  • dedicação, ambição e paciência.

Todos esses ingredientes acima, ajudarão ao seu blog alcançar o sucesso necessário. Portanto, você poderá até mesmo, ser um blogueiro (a) profissional.

O salário de um blogueiro (a)

Às vezes números “monetários” chamam a atenção, não é mesmo?

Você sabia que o salário médio de um blogueiro (a) profissional é de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). Isso mesmo que você leu. Inclusive, esse valor pode variar para baixo e, principalmente, para cima. Isso é bom!

Ao saber envolver o seu público alvo, você tem inúmeras possibilidades de gerar lucro com o seu blog e manter, até mesmo, uma vida confortável. Simplesmente, escrevendo para a internet.

O principal recurso para isso, você tem, certo? Que nada mais é o seu conhecimento em uma determinada área.

Dando vida ao seu blog

Dando vida ao seu blog
Dando vida ao seu blog

Antes de sair escrevendo, existem alguns passos primordiais para que você possa ter um blog de sucesso. Esses passos vão do conteúdo principal, passando pela aquisição de um domínio, bem como a hospedagem para manter o seu blog ativo na internet. E, é por isso, que queremos lhe auxiliar com as nossas dicas para criar o seu blog e conquistar milhares de visitantes.

Qual será o assunto principal do seu blog?

Atualmente, podemos afirmar que existem inúmeros blogs de, praticamente, todos os assuntos, imagináveis. De viagens, comidas, beleza, comportamento de filhos … a lista é infinita.

Talvez, você esteja se perguntando? “Mas como irei ter sucesso com tanta concorrência, assim?“. Resumindo, nem todos os blogs tem a mesma qualidade e são otimizados para os mecanismos de pesquisas. Então, sendo assim, quando você começar, irá iniciar da maneira correta.

Use suas paixões e habilidades para criar o seu blog

Comece pensando em suas paixões, habilidades e hobbies. No que você é bom? Se você tem um diploma universitário ou algum outro tipo de certificado formal em um determinado assunto, com toda a certeza é um dos caminhos a ser seguido para a criação do tema principal do seu blog.

Até porque, um diploma formal ajudará a aumentar sua reputação como um líder de pensamento na indústria logo de cara, por exemplo. Mesmo se você não tem um diploma universitário, mas, tem habilidades ou conhecimentos específicos adquiridos ao longo do tempo e que poderá beneficiar outras pessoas. Pode ser um excelente início, também.

Por exemplo, se você é pai ou mãe, pode iniciar um “blog dos pais”, ao compartilhar lições sobre a criação de filhos e e outros temas relacionados. Sabia que pode ser um maravilhoso assunto para começar?

Fique de olho e aproveite as tendências atuais

Ao considerar o conteúdo do seu blog, você também precisa considerar as tendências atuais e os seus possíveis leitores. Por exemplo, apesar de ter um mestrado em etimologia, você pode ter dificuldade em alcançar uma ampla base de leitores em um tópico específico do assunto. Em vez disso, considere o fato de que os blogs de maior sucesso geralmente são baseados em tópicos que atraem um público amplo. Por isso, os blogs de comida, pais e beleza são tão populares.

Escolha um bom domínio e uma hospedagem confiável

Escolha um bom domínio e uma hospedagem confiável
Escolha um bom domínio e uma hospedagem confiável

Uma vez que você tenha decidido sobre o tema principal do seu blog, é hora de escolher um nome de domínio e uma hospedagem para o seu site.

Escolhendo um domínio

O nome do domínio é mais importante do que a maioria dos novos blogueiros (as) imaginam. Ao escolher um domínio verifique se ele é:

  • fácil de lembrar;
  • não muito longo;
  • cativante.

Atualmente, existem inúmeras terminações de domínio. Dê enfase a domínios terminados por .com.br. Para adquirir um novo domínio, clique aqui e o faça-o no Registro.BR. Ele é o responsável pelos domínios e manutenção dos que usam .br, em sua terminação. E, o principal, adquira domínios com o nome relacionado ao tema principal do seu blog. Apenas certifique-se de evitar possíveis problemas de direitos autorais ou problemas legais ao estabelecer um domínio.

Escolhendo uma hospedagem confiável

Ao escolher uma hospedagem para o seu blog, existem várias de opções e pode ser complicado decidir. Faça uma pesquisa das empresas. Explore os seus pacotes de hospedagem e não deixe de ler os comentários e as avaliações feitas. Isso, inegavelmente, pode fazer toda a diferença.

Muitas empresas que vendem nomes de domínio também oferecem hospedagem como parte de um pacote. Você pode até economizar dinheiro, dessa forma. Mas não é o ideal, pois o nome do domínio adquirido não será seu e sim da empresa de hospedagem.

A nossa dica, em relação a hospedagem de sites para você que está começando, é usar o serviços de hospedagem compartilhada da Locaweb. Caso no futuro, você tenha a necessidade de uma hospedagem mais robusta, clique aqui e conheça a VPS Locaweb.

Escolha um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo

Escolha um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo
Escolha um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo

Agora, é o momento de você decidir escolher um CMS ou, no bom e velho português, um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Não entendeu ou não sabe o que é, não se preocupe, vamos explicar.

O que é um CMS?

Um CMS é um aplicativo que permite a criação de um site facilmente. Sua facilidade é tanta que com um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo é possível criar um site do zero, sem o uso de nenhuma linguagem de programação.

Isso, é ideal para blogueiros iniciantes que não conhecem ou não sabem usar, se houver a necessidade, HTML, CSS, PHP e acesso a banco de dados. Independente disso, você irá conseguir não somente ter mas como criar um site extremamente funcional, com inúmeros recursos profissionais.

Hoje, o CMS mais popular, é o WordPress, mas existem muitos outros, como:

Praticamente, todos eles tem os mesmos recursos, de forma diferenciada, mas como dissemos anteriormente, o mais utilizado no momento, é o WordPress, no qual iremos abordar mais um pouco.

Recursos de um CMS para o seu Blog

Um CMS pode ter inúmeros recursos que irão beneficiar o seu blog, e o melhor, sem saber sequer, uma única linha de programação. Através dele, você terá disponíveis inúmeros layouts para o design do seu blog. Esses layouts, mais conhecidos por Temas.

Bem como, funcionalidades diversas que vão desde a criação de um formulário de contato como também, melhorar a performance do seu blog, conhecidos por Plugins.

Com todas essas facilidades, você irá economizar tempo e dinheiro ao fazer o seu blog e poderá personalizá-lo de acordo com as suas necessidades.

Inclusive, tem a opção de programar a postagem de seus novos conteúdos em dias e horários pré-determinados com antecedência.

Escolhendo o CMS mais adequado para as suas necessidades

Atualmente, muitos blogueiros ou empresas, utilizam o WordPress, como sendo a plataforma para os seus sites. Ele tem todas as funcionalidades mencionadas acima, como também ter uma interface muito amigável de usar.

Mas, tem um detalhe: existem dois WordPress distintos, o .com e o .org. Ambos, utilizam a plataforma WordPress, mas para por aí, as semelhanças.

WordPress.com

Ao optar por usar o WordPress.com você terá uma hospedagem e um domínio gratuito. Em relação ao domínio, você o terá da seguinte forma: seusite.wordpress.com. Sendo assim, obrigatoriamente, você terá que levar o nome WordPress em seu domínio. Para começar, tudo bem, mas depois, é melhor ser um domínio tradicional, como www.seusite.com.br, não é mesmo?

Talvez, seja uma das poucas vantagens ao usar o WordPress.com. Pois, você ficará engessado no uso de temas e plugins da própria plataforma, não sendo possível ter uma grande flexibilidade ao personalizar o seu blog. Inclusive, não será permitido o uso de publicidade, como programa de afiliados, por exemplo, inclusive, o uso de métricas do Google Analytics, para acompanhar o relatório de visitantes do seu blog. Ou seja, você não terá muita flexibilidade de uso. Mas, para início, pode ser uma boa opção, até pelo fato de ser grátis.

WordPress.org

Com toda a certeza, o WordPress.org é o CMS mais utilizado entre os blogueiros. Através dele você terá inúmeras facilidades, não encontradas no WordPress.com, inclusive, você não terá as restrições mencionadas anteriormente.

Mas, para isso, obrigatoriamente, deverá ser contratado uma hospedagem e adquirir um domínio. Dessa forma, você terá o seu domínio da seguinte forma: www.seusite.com.br. Melhor não é mesmo?

Inclusive, você poderá baixar e instalar o WordPress.org localmente, em seu computador. Dessa forma, será possível, fazer testes em seu computador, antes de publicar o seu blog pra valer.

Vale lembrar que além de você criar blogs, poderá criar também sites, portais e, inclusive loja virtual.

Algumas dicas de como configurar o WordPress.org para o seu blog
Escolhendo o CMS mais adequado para as suas necessidades
Escolhendo o CMS mais adequado para as suas necessidades

Configurar o WordPress não é nenhum bicho de sete cabeças, mas não custa nada dar algumas dicas de como fazê-lo da forma mais adequada. Ao adquirir a sua hospedagem, na maioria das vezes, você poderá optar por dois tipos de instalação – manual e através do próprio host. Caso tenha dúvidas, selecione a segunda opção e siga as dicas abaixo, após se logar no painel do WordPress, para facilitar o uso do painel de controle dele:

No menu Post, na opção Adicionar novo, adicione algumas publicações, de exemplo. Apenas para ter ideia de como ficará. Lembrando que para salvar é só clicar no botão publicar.

Neste menu, na opção Temas, pesquise o tema desejado para o seu blog. Na opção Personalizar, teste as inúmeras configurações existentes, vale lembrar que essas opções variam de tema para tema.

Aqui você irá adicionar o que chamamos de páginas estáticas, como:

  • Contato;
  • Quem sou eu (ou similar);
  • Política de Privacidade;
  • outras páginas “estáticas”.

As opções acima, são o básico para você iniciar. Mas, nada melhor do que você explorar as opções existentes. Caso tenha alguma dúvida e precise de um auxílio, consulte o nosso Curso de WordPress Online.

Criando o primeiro artigo para o seu blog

Criando o primeiro artigo para o seu blog
Criando o primeiro artigo para o seu blog

Agora que você tem uma “ideia” de como o seu CMS funciona é hora de dar vida ao seu primeiro post. Dedique um tempo para refletir sobre seu público e o que poderá ser importante para elesClique neste link e aprenda como criar um excelente artigo para o seu blog.

Não querendo desanimar, mas desanimando, com tantos blogs concorrentes as chances são boas de que qualquer artigo que você esteja pensando em escrever já tenha sido feito. Mas, nada disso poderá ser um empecilho para você, sabia? Crie um artigo que se destaque dos outros blogs. Mesmo que você escreva sobre algum tema existente, pesquise sobre o tema desejado, leia o conteúdo dos outros blogs. Ganhe inspiração neles e, principalmente, em você. Crie algo novo, referente ao mesmo assunto, com as suas palavras. Sem copiar nada de ninguém, hein!?

Só para você ter uma ideia, existem milhões de blogs onde o assunto principal são: mães, filhos, maternidades e outros assuntos relacionados ao mesmo tema. Com isso em mente, você precisará encontrar uma maneira de tornar seu conteúdo mais envolvente, interessante e único do que todas as outras postagens já publicadas.

Tenha um título envolvente para o seu blog

Na verdade, o título do seu blog deverá ser pensado e feito, logo após o término do conteúdo do seu artigo. Pois, dessa forma, você saberá qual o título mais adequado para o seu conteúdo.

O título do seu blog é o que será exibido nos mecanismos de pesquisas e será a primeira coisa que seus potenciais leitores verão. Por isso, é importante que seu título seja atraente e incentive o espectador a clicar e ler o seu conteúdo.

Um título de blog sem graça, pode fazer com que as pessoas percorram os demais resultados da pesquisa e passem pelo seu artigo e mesmo que ele seja fantástico, corre o risco das pessoas nem clicarem no seu conteúdo.

Abaixo, você pode perceber uma das nossas páginas no mecanismo de pesquisa do Google. Simplesmente, ele informa exatamente o assunto da página, em questão. Dessa forma, fica fácil para as pessoas que estão realizando as suas pesquisas saberem qual o conteúdo daquela página. Vale lembrar, que o Google e os demais mecanismos de buscas, exibem 63 caracteres, nos resultados da pesquisa. Então, seja conciso ao criar o seu título.

Tenha um título envolvente para o seu blog
Tenha um título envolvente para o seu blog

Tenha uma descrição envolvente para o seu blog

Similar ao título, a descrição também é exibida nos mecanismos de buscas. Sendo assim, crie uma descrição que aguce a curiosidade dos seus potenciais leitores. Na descrição, você poderá usar 152 caracteres e conforme a pesquisa do seu potencial visitante, os mecanismos de buscas buscarão o termo dentro do texto do seu artigo.

Quanto a descrição, faça uso de perguntas. Geralmente, dessa forma, a taxa de cliques é maior, sabia? Pergunte, mas não responda, diga ao seu visitante o que ele poderá encontrar no seu artigo. “Force” a clicar e ler o seu conteúdo, conforme o exemplo abaixo:

Tenha uma descrição envolvente para o seu blog
Tenha uma descrição envolvente para o seu blog

Você pode notar que na descrição acima, é feita uma pergunta. E, inclusive, pelos textos em negrito, o Google, foi buscar os termos digitados pelo visitante, dentro do texto do artigo e colocando na descrição. Pois, assim, ele conseguiu responder melhor ao que ele estava pesquisando.

Impressione logo no primeiro parágrafo do seu artigo

O título do seu artigo é vital para você ser “encontrado” através dos mecanismos de buscas. Mas, o seu conteúdo e, não menos importante, o primeiro parágrafo é primordial para prender a atenção dos seus leitores.

Faça o seu primeiro parágrafo, curto e que possa resumir logo de início, o conteúdo do seu artigo. Inclua citações ou estatísticas importantes

Criando o conteúdo do seu primeiro artigo

Criando o conteúdo do seu primeiro artigo para o blog
Criando o conteúdo do seu primeiro artigo para o blog

Ao criar o conteúdo do seu primeiro artigo para o blog, faça-o da forma mais amigável possível. Faça subtítulos que possam identificar os tópicos do seu artigo, facilitando os seus leitores a obterem a essência do conteúdo.

Não esqueça de acrescentar um menu de navegação em seu artigo para os seus leitores. Dessa forma, eles poderão “navegar” pelo conteúdo, facilitando a leitura e permitindo que eles possam localizar o assunto desejado de imediato. Neste artigo, por exemplo, existe um menu de navegação feito utilizando HTML e CSS. Mas, é claro, se você não tem habilidade no uso de códigos, caso esteja usando o WordPress, instale o plugin Table Of Contents Plus, clicando aqui.

Subtítulos e menu de navegação interno, auxiliam no “desligamento” visual dos seus leitores. Assim, esses recursos poderão fazer a diferença entre os seus leitores permanecerem lendo um texto “convidativo” ou deixando-o assim que a sua página carregar.

Encontre o seu “eu” e o desenvolva ao longo do tempo

Encontre o seu "eu" e o desenvolva ao longo do tempo
Encontre o seu “eu” e o desenvolva ao longo do tempo

Não que seja uma regra, mas tenha em mente que seus primeiros posts, provavelmente, não serão os melhores. Consequentemente, eles não representarão seu melhor trabalho como blogueiro (a). Para quem está inciando, mesmo com experiência ao escrever, é normal.

Ao escrever mais artigos, ao longo do tempo você irá se desenvolver e melhorará os seus textos. Inclusive, terá um melhor entendimento do seu público, o que tornará mais fácil personalizar sua redação para eles. A chave é estar sempre se esforçando para melhorar.

Não deixe de clicar aqui e saiba como escrever para a internet.

Crie impactos visuais – utilize imagens e videos

Atualmente, quando percorremos o feed de notícias do Twitter ou do Facebook, vemos mais e mais imagens e vídeos (e menos texto sem formatação) – não é o caso, aqui.

Com isso em mente, nunca é uma má ideia incorporar fotos, vídeos e outras mídias relevantes em suas postagens, desde que sejam relevantes e contribuam para a experiência do leitor. Se você optar por incorporar qualquer mídia em seus posts, apenas tenha a certeza de dar o devido crédito. Ao não fazer isso, poderá resultar em algum problema de litígio judicial, o que definitivamente você não quer, certo?

Para fotografias, o uso do Flickr Creative Commons é um bom ponto de partida para encontrar ações e outras fotos que você pode usar em seu site.

Otimizando e ganhando dinheiro com o seu blog

Agora que você já sabe criar artigos para o seu blog, chegou o momento de saber como otimizar o seu blog para os mecanismos de pesquisas e ganhar dinheiro com ele, não é mesmo?

Nas linhas anteriores, falamos muitos sobre mecanismos de pesquisas. Resumindo, são as buscas que fazemos no Google, Bing e outros mecanismos similares, com o objetivo de responder a pesquisa feita, pelos “nossos potenciais” visitantes. Seja por um artigo, notícia, imagem, produto, enfim, são vários tipos de retornos que podemos ter. Agora, é hora de saber como otimizar o seu blog para os mecanismos de pesquisas e ser encontrado na internet e ganhar dinheiro de verdade.

Uma vez que você otimiza suas publicações para os buscadores, elas ficam detectáveis para eles, ficando mais fácil de serem localizadas pelos seus leitores, através da pesquisa orgânica na internet.

Dessa forma, você irá conseguir otimizar o seu site como um todo. Antes de mais nada, vamos saber o que é SEO.

O que é SEO?

O que é SEO?
O que é SEO?

SEO (Search Engine Optimization), no bom e velho português significa: “Otimização para os mecanismos de buscas”. Ou seja, melhorar o posicionamento do seu site nas pesquisas realizadas através dos buscadores na internet, clique aqui e saiba como otimizar o seu site.

Entendendo melhor o que é SEO

Por exemplo, ao criar um blog sobre criação de filhos em suas experiências com a criação de gêmeos e alguém pesquisa no Google o termo “dicas para pais de gêmeos”. Com toda a certeza, você deseja que seu blog apareça nos resultados de pesquisas, não é mesmo?

No entanto, o seu blog não estará automaticamente no topo dos resultados do mecanismo de pesquisa apenas porque os tópicos do seu blog são relevantes para o que as pessoas estão pesquisando – algo que tornaria isso muito fácil, concorda?

Em vez disso, você precisará otimizar seu blog para facilitar que os mecanismos de pesquisa o encontre quando as pessoas pesquisarem pelos termos ou palavras relevantes ao assunto do seu blog.

Uma boa maneira de fazer isso é marcar e categorizar, adequadamente, cada postagem do blog. Especificamente, você descobrirá que na sua página de publicação do CMS, haverá um espaço para você marcar seu blog com termos específicos e categorizá-lo para os mecanismos de pesquisa.

Você nunca deve pular esta etapa ao publicar um post no blog. Ignorar essa etapa é uma maneira infalível de tornar o post do seu blog praticamente impossível de ser descoberto pelos mecanismos de pesquisa.

Selecionando as palavras chaves do seu artigo para SEO

As palavras chaves são outro fator importante que entram em jogo quando se trata de posicionar o seu blog nas primeiras posições dos mecanismos de pesquisas.

Mas o que são palavras chaves

Falamos sobre palavras chaves mas o que são na prática? Podemos dizer que são os termos pesquisados pelo potencial visitante nos buscadores para encontrar o site que melhor possa responder a sua pergunta. Elas podem ser palavras ou frases. Podemos separá-las em duas categorias:

  • palavras chaves de cauda curta – são palavras tipicamente mais curtas e sucintas de uma ou duas palavras e são bastante amplas. Por exemplo, “dicas para pais” ou “blog para pais”.
  • palavras chaves de cauda longa – essas palavras-chave tendem a ser mais específicas e, geralmente, mais longas. Esses são os tipos de frases que as pessoas digitam quando estão procurando algo muito específico. Por exemplo, “como fazer gêmeos se darem bem” ou “como fazer meu filho comer vegetais”.

De acordo com Mike Templeman, CEO e fundador da Foxtail Marketing, “desenvolver as palavras chaves certas para sua marca para atingir seu público específico, aumentará seu tráfego online, resultando em mais chances de converter cliques em clientes em potencial e finalizar com uma venda“. É mais ou menos isso que você está buscando, ao criar o seu blog, certo?

As palavras chaves podem entrar em ação para o seu blog de diversas maneiras. Para começar, você sempre pode marcar palavras-chave individuais em suas tags e categorias. No entanto, você também deve encontrar maneiras de incorporar naturalmente palavras-chave relevantes no conteúdo do seu blog. Fazer isso organicamente é uma ótima maneira de melhorar o SEO, o que pode levar a mais pessoas acessando e lendo os artigos do seu blog. Sem esquecer que é uma das fórmulas mágicas para ganhar dinheiro com o seu blog na internet.

Dica valiosa de SEO para o seu blog

SEO é muito além das palavras chaves, mas independente disso, evite o uso de palavras complicadas. Escreva textos usando frases e palavras de fácil compreensão. Dessa forma, com toda a certeza, aumentará a sua taxa de cliques nas pesquisas orgânicas.

Não sabe por onde começar a fazer SEO e otimizar o seu blog? Clique aqui e conheça o nosso Curso de SEO. Se precisar de uma consultoria para posicionar o seu blog na primeira página do Google, não deixe de conhecer o Consultor SEO BR.

Ganhando dinheiro com o seu blog

Ganhando dinheiro com o seu blog
Ganhando dinheiro com o seu blog

Fazendo o bê-a-bá acima, com toda a certeza, seu blog terá inúmeros acessos. Dessa forma, não há a necessidade de fazer muita coisa para gerar receita para o seu blog, sabia? Você apenas terá que aguardar o contato dos futuros anunciantes. Tendo um bom tráfego, eles chegarão até você, sem maiores dificuldades.

Mas, se esse não for o seu caso e mesmo assim, você queira monetizar ainda mais o seu blog, existem inúmeras possibilidades para isso, conforme os mais variados tipos de anúncios abaixo:

  • CPM – Custo por Mil Impressões – Indicado para blogs com alto tráfego. Com esse sistema, você terá receita quando tiver no mínimo 1000 (mil) visualizações na página, onde o anúncio está localizado;
  • CPC – Custo por Clique – Para blogs que estão começando é uma excelente opção. Através desse formato de anúncio, você monetiza o seu blog quando o visitante clicar no anúncio;
  • CPA – Custo por Aquisição – Esse tipo de anúncio você só irá lucrar se o visitante do seu site adquirir algum produto, através desse anúncio;
  • CPD – Custo por Dia – Esse tipo de anúncio tem um valor fixo diário, independente dos cliques ou visualizações que o mesmo terá.

Inclusive, você poderá disponibilizar esses tipos de anúncios em seu blog em formatos de textos, imagens, vídeos, janelas pop-ups, vender ebooks, enfim, há inúmeras possibilidades.

Como você pode perceber, existe sim, a possibilidade de lucrar com o seu blog. Com toda a certeza, no início, haverá a necessidade de fazer testes variados para saber qual o (s) tipo (s) e o (s) formato (s) de anúncio (s) que melhor poderão rentabilizar o seu blog.

Crie uma estratégia social

Crie uma estratégia social
Crie uma estratégia social

Qualquer blog de sucesso também tem uma estratégia social bem-sucedida por trás dele. Isso significa que a presença do seu blog na internet vai além dele. Desta forma, à medida que mais leitores compartilharem seus artigos nas redes sociais, eles farão com que “amigos” e outros seguidores deles leiam.

Por sua vez, mais pessoas compartilharão e isso se transformará em um efeito “bola de neve”, transformando o seu artigo em viral, que melhorará muito o número de leitores e tráfego do seu blog, aumentando assim seus lucros através de anúncios.

Familiarize-se com as redes sociais

Antes de publicar o seu conteúdo e compartilhar nas redes sociais, primeiro de tudo, saiba como funcionam as redes sociais. Na maioria das vezes, Pinterest, Facebook e Instagram são excelentes locais para compartilhar os seus artigos. Não que as demais redes sociais não sejam boas, para isso.

O ideal é entender o funcionamento delas, saber como os seus seguidores agem nas plataformas, criar os seus, respectivos, perfis e compartilhar os seus artigos.

Não se esqueça que o Pinterest e o Instagram, são excelentes plataformas onde o apelo visual é forte. Saiba como conseguir mais seguidores no Instagram, clicando neste link e impulsione o seu perfil.

Mantenha o seu perfil atualizado e interaja com os seus seguidores

Uma vez criado e configurado o seu perfil e, também, compartilhado os seus artigos nas redes sociais, mantenha-o atualizado. Configure as descrições de forma com que as pessoas possam saber sobre o assunto principal do seu blog. Adicione links para o seu blog e as demais redes sociais.

Não se esqueça de postar regularmente e interagir com seus seguidores. Dedique um tempo para responder aos comentários em sua página nas redes sociais. Se possível, realize sorteios e interaja com os seus seguidores. Isso, poderá fazer muita diferença.

Faça Guest Posts e traga influenciadores digitais para postar em seu blog

Guest Post
Guest Post

Atualmente, ter influenciadores digitais e sociais para promover os artigos do seu blog, é um diferencial. Ter convidados em seu blog é uma ótima maneira de divulgar, ainda mais, sua presença social.

Por exemplo, você pode convidar outro blogueiro para criar uma postagem de convidado em seu blog e compartilhar esse artigo, em ambas as redes sociais. Isso, é conhecido como Guest Post.

Esse formato, é uma excelente forma de ganhar novos seguidores nas suas plataformas de redes sociais, aumentando consideravelmente, o tráfego em seu blog.

Quer fazer um guest post com o nosso blog? Clique aqui e entre em contato conosco.

Crie seus artigos e agenda o melhor horário para publicar

Uma vez que você já sabe o funcionamento das redes sociais, bem como mensurar o melhor horário para compartilhar os seus artigos nas plataformas de mídias sociais. Agora, uma dica valiosa: ao publicar os seus artigos e compartilhar nas redes sociais, tenha em mente qual o melhor horário para fazer isso.

Caso, você esteja usando o WordPress, por exemplo, existem plugins que podem automatizar esse trabalho. Dessa forma, após criar o seu conteúdo, haverá a possibilidade de agendar um horário para a publicação do seu artigo e o compartilhamento do mesmo, nas redes sociais. Tudo isso, com dia e horário pré-estabelecidos por você.

Um dos plugins que realizam isso em conjunto com o WordPress, é o Jetpack, clique aqui e saiba como é o funcionamento deste excelente plugin, que conta com inúmeras funcionalidades.

Acompanhe seu sucesso e faça ajustes conforme necessário

A maioria das plataforma de mídias sociais permitem o acompanhamento do engajamento dos usuários em suas publicações. Portanto, faça uso dessas informações para saber qual o melhor horário que seus artigos, atingirão o maior número de pessoas, possibilitando um maior engajamento.

Inclusive, caso o resultado não seja satisfatório, faça ajustes e altere os horários das suas postagens. Vale lembrar também que, ao compartilhar as suas postagens nas redes sociais, coloque dois ou três parágrafos do seu artigo e informe que o complemento dele, está em seu blog. Ao compartilhar nas redes sociais, use emoticons, isso chamará a atenção dos seus seguidores, também.

Tudo isso, fará com que seus seguidores possam compartilhar o seu artigo, entre os seus amigos nas redes sociais. Dessa forma, você terá um aumento de seguidores em suas redes sociais, bem como, aumentar o tráfego em seu blog e o, principal, ganhar dinheiro com ele.

Conclusão – Como criar um blog e ganhar dinheiro com ele

Conclusão - Como criar um blog e ganhar dinheiro com ele
Conclusão – Como criar um blog e ganhar dinheiro com ele

Criar um blog não é difícil. Você precisará, primeiramente, ter o tema principal do seu blog. Organizar as idéias e começar a escrever. É claro que, diferente de uma revista ou jornal, escrever para a internet é um pouco diferente. A linguagem a ser usada deve ser “mais popular”, na maioria da vezes, desde que o objetivo do seu artigo, seja atender um público misto.

Ao escrever para a internet, também, acreditamos que você deseja ter em seu blog milhares de acessos, por isso, realizar uma estratégia SEO adequada é fundamental. Pois, dessa forma, você irá atingir o principal objetivo que é monetizar o seu blog, ou seja, ganhar dinheiro com ele.

Não esqueça que uma boa hospedagem e um bom nome de domínio, também, são de extrema importância para o sucesso do seu blog.

E você, tem ou desejar fazer um blog? Conte-nos um pouco da sua experiência.

Gostou do nosso artigo, “Como criar um blog e ganhar dinheiro com ele“. Deixe o seu comentário, curta a nossa página e compartilhe nas redes sociais.

Deixe o seu comentário