Como construir uma marca forte para o seu restaurante

Cada vez mais a concorrência no mundo dos negócios está aumentando e, para os restaurantes, a situação não é diferente.

Hoje em dia, não adianta apenas abrir um restaurante e começar a vender pratos e bebidas. É preciso ir além!

E como ir além? Criando uma experiência realmente incrível e única ao cliente, que o torne como parte da marca e não somente “mais um”. É preciso conquistar e fidelizar o consumidor.

Isso porque essas questões ajudam, e muito, na construção de uma marca mais forte para o seu restaurante!

Continue acompanhando a leitura para entender tudo sobre esse assunto.

Construindo uma marca forte para restaurantes

Primeiramente é necessário conquistar o consumidor, trazê-lo para perto de seu negócio, pois, caso contrário, sua empresa terá dificuldades para crescer e criar uma marca forte.

Afinal, o consumidor moderno leva bastante em consideração três questões: o comprometimento, a qualidade e o bem-estar que uma empresa oferece, não importa o tempo que ela esteja no mercado.

Para exemplificar: o Ifood foi fundado no ano de 2011 e a Coca-cola em 1892, ou seja, mais de 100 anos separam a criação dessas duas empresas, porém, ambas fazem sucesso atualmente.

Agora se uma outra marca surgir e tiver um discurso/uma abordagem melhor que as duas, conquistará novos clientes com facilidade. O consumidor atual muda rapidamente e busca aquela empresa que mais lhe agrade.

Portanto, para construir uma marca forte para o seu restaurante é preciso:

  1. Propósito

Toda marca precisa de um propósito bem definido, ou seja, qual o motivo para a sua existência? O que será feito? Como será feito e por quê será feito? Respondendo essas perguntas de maneira clara, você já estará fortalecendo a sua marca, antes mesmo de abri-la.

Isso porque, os consumidores precisam ser convencidos de que sua marca é realmente boa e que não é somente “mais uma”. Mostre a que veio o seu restaurante. Diferencie-se e destaque-se!

  1. Conheça e entenda seu público-alvo

Quem é o seu cliente? Ou seja, para quem o seu restaurante é destinado? Pessoas de classe alta, pessoas de classe média, pessoas de classe baixa, de qual faixa etária, de qual sexo… tenha todos esses pontos bem alinhados.

Isso porque, antigamente essa definição de público-alvo era bem mais genérica, por exemplo, restaurantes definiam “homens e mulheres de 20 a 65 anos”. Isso é muito abrangente e, o que um jovem gosta, pode não agradar uma pessoa de mais idade (e vice-versa).

Ou seja, não dá para tratar todas as pessoas como se fossem iguais, até porque elas não são. Por isso, é essencial conhecer o seu público-alvo e assim, destinar o seu restaurante (ambiente, pratos, comunicação, etc.) especialmente para ele!

Por exemplo, restaurantes peruanos podem ser mais interessantes para adultos e casais que buscam um local novo/diferente para jantar. Já os fast-foods são mais proveitosos para um profissional que precisa de um almoço rápido ou para uma família que saiu para comer fora.

Quem é o cliente do seu restaurante?
Quem é o cliente do seu restaurante?
  1. Ouça seu cliente

Outro ponto fundamental para criar uma marca forte para o seu restaurante é ouvir o seu cliente. Sendo assim, dê prioridade a ele, afinal os serviços que são oferecidos pela sua marca são para ele.

Portanto, ouça-o, peça feedbacks, veja o que está agradando e o que precisa ser melhorado. Mostre ao seu cliente que você valoriza a opinião dele e que ela ajuda, de fato, a ter um negócio cada vez melhor.

  1. Fique conectado e invista em marketing digital

É claro que o offline não vai morrer se tratando desse ramo de negócios, afinal a maioria das pessoas vão, de fato, aos restaurantes para comer. E, por isso, a experiência no local precisa ser daquelas que façam o consumidor ir, voltar mais vezes e recomendar para conhecidos.

Contudo, além dessa importante questão acima, é essencial que o seu restaurante também esteja conectado, ou seja, tenha uma presença online, na internet.

Dessa forma, o alcance de clientes será muito maior, você poderá criar uma relação de intimidade e empatia com eles, e também terá um espaço para ouvir e conversar com seu público, assim como fidelizá-lo.

E qual a melhor forma de usar a internet para o seu restaurante? Investindo em marketing digital!

Você pode, por exemplo, ter uma página no Instagram e/ou no Facebook, um site com diversas informações do seu estabelecimento, um blog ou um canal no YouTube com dicas e receitas, um e-mail marketing semanal, etc.

É claro que isso tudo demanda tempo e um grande esforço. Portanto, você pode investir em uma agência de marketing digital, que fará todos esses serviços de maneira profissional e que irão contribuir para o sucesso de seu restaurante!

A propaganda é alma de um negócio e, na atualidade, não ter estratégias bem definidas na internet é perder oportunidades.

Considerações finais

Como você viu até aqui, criar uma marca forte para o seu restaurante não é uma tarefa simples. Afinal, exige muito estudo e conhecimento do negócio e do público-alvo, assim como certos investimentos.

Contudo, pensar em todos esses pontos e começar a implementá-los fará uma grande diferença para o seu negócio e em questão de tempo você verá como os resultados estarão melhores e sua marca cada vez mais forte!

Ficou com alguma dúvida? Tem alguma crítica ou sugestão? Comente abaixo, queremos ouvir você!

Influenciador digital e amante da tecnologia. Quer saber como ter um negócio lucrativo na internet? Então, siga o meu perfil.

Deixe o seu comentário