Limite no encaminhamento de menagens no WhatsApp

O WhatsApp anunciou que à partir desta terça-feira, dia 07 de abril, haverá um novo limite no momento de encaminhar mensagens que chegam através do comunicador instantâneo.

Dessa forma, será colocado um limite no encaminhamento de mensagens pelo WhatsApp com o objetivo de diminuir “mensagens virais”. Portanto, mensagens que foram encaminhadas várias vezes, por diversos usuários poderão serem encaminhadas para um contato, grupo ou lista de transmissão de cada vez. Até, então, era possível realizar o procedimento para, no máximo, 5 contatos por vez.

O objetivo com essa restrição é diminuir a circulação de notícias falsas em relação a pandemia do Covid-19, por meio do WhatsApp.

O que muda na verdade ao encaminhar uma mensagem no WhatsApp

A partir de hoje, o WhatsApp irá permitir que mensagens encaminhadas com frequência sejam repassadas para várias pessoas, ao mesmo tempo.

Dessa forma, o aplicativo de mensagens instantâneas irá limitar o envio de mensagens encaminhadas, funcionamento da seguinte maneira:

  1. uma empresa de Cursos de Excel criou uma mensagem referente a um curso experimental, gratuito.
  2. uma pessoa gostou e encaminhou para outras duas pessoas;
  3. uma dessa duas pessoas, encaminhou a mesma mensagem para outras três pessoas;
  4. agora, se uma dessas pessoas que tentar enviar a mesma mensagem para cinco contatos de uma vez (lista de transmissão), só poderá fazê-lo, manualmente, para cada contato.

Podemos entender, que uma mensagem WhatsApp poderá ser encaminhada para cinco pessoas, uma única vez.

Segundo o próprio WhatsApp, o objetivo é reduzir a visibilidade de alguns conteúdos e combater a desinformação e as fake news.

Como o WhatsApp entende que uma mensagem foi encaminhada várias vezes?

Mensagens encaminhas com frequência, ou seja, mais de cinco vezes, será entendida pelo WhatsApp como conteúdo viral.

Na verdade, esse tipo de “restrição” já havia sido colocado em prática em 2019 e valia apenas para grupos no WhatsApp. Pois, a cada mensagem encaminhada que tivesse um alto número de encaminhamentos no aplicativo, a mesma era identificada com um dupla seta, ao lado da palavra encaminhada.

Dessa forma, os administradores dos grupos WhatsApp poderiam limitar os conteúdos no aplicativo, com o objetivo de combater a desinformação.

Inclusive, a nova restrição valerá para qualquer tipo de conteúdo publicado no WhatsApp, independente de ser uma informação falsa ou verídica.

Maior rigor do WhatsApp no combate a informações falsas

Apesar do WhatsApp não ter controle no que é publicado em sua plataforma, ao longo do tempo o aplicativo vem tomando inúmeras medidas para evitar conteúdo “viral” de notícias faltas.

Até 2018, por exemplo, qualquer usuário da plataforma poderia enviar uma mensagem encaminhada para 250 grupos de uma única vez. E, é claro, cada grupo, comportando um grande número de usuários, permitia com que cada pessoa desse grupo compartilhasse a mesma mensagem. Possibilitando um alcance muito maior.

O objetivo do WhatsApp, agora, é ter um aplicativo de comunicação instantânea mais pessoal e com o mínimo de interferência de conteúdo externo.

Estudo realizado contra a limitação no encaminhamento de mensagens no WhatsApp

Um estudo realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais, constatou que mesmo havendo uma maior restrição para o encaminhamento de mensagens no WhatsApp, esse tipo de atitude não é tão eficaz para impedir que uma mensagem “atinja” muitos usuários, rapidamente.

Pesquisar na Web para verificar o conteúdo encaminhado pelo WhatsApp

Ainda em versão de testes, o próprio WhatsApp está trabalhando em um recurso que permite aos usuários que receberam uma mensagem pelo aplicativo, possam realizar uma pesquisa e checar a sua veracidade. Talvez, esteja ai, de fato, uma maneira real de evitar o compartilhamento de informações falsas no WhatsApp.

Influenciador digital e amante da tecnologia. Quer saber como ter um negócio lucrativo na internet? Então, siga o meu perfil.

Deixe o seu comentário