São Paulo, SP 2/6/2021 – O marketing digital, que era uma previsão boa para o futuro, se tornou no presente a baia de sobrevivência para todo negócio

As ferramentas digitais como o Facebook, Twitter e blogs, são as mais utilizadas para a divulgação de conteúdo em uma estratégia de marketing digital

Com o avanço acelerado da tecnologia nos últimos anos, o mundo dos negócios passou a explorar cada vez mais o marketing digital como estratégia de divulgação de vendas on-line de produtos ou serviços, com intuito de alavancar no mercado, segundo um levantamento realizado pela Harvard Business Review (HBR). De acordo com os dados, no ranking mundial o Brasil é o 35º país mais favorável para fazer negócios digitais.

Muitos empresários e empreendedores relutavam em aceitar a mudança do comportamento de consumo da sociedade, e a nova atenção quase exclusiva aos instrumentos digitais como os celulares, smartphones e tablets, tornaram-se o foco nesse seguimento, afirma Ana Paula Wroblewski Amorim, graduada em administração de empresas, com foco nas áreas de negócios, marketing digital e comercial.

“Ninguém pode negar o estouro do crescimento tecnológico e o grande desenvolvimento do mercado digital. Com a pandemia da covid-19, isso se intensificou mais ainda. As pessoas, literalmente, migraram suas atenções para as palmas de suas próprias mãos, com os celulares. Tudo feito com praticidade e rapidez, de uma compra de um móvel a uma simples pizza”, relata a administradora de empresas.

De acordo com a pesquisa realizada pela plataforma de armazenamento em nuvem chamada Akamai, o Brasil registrou um aumento de 112% no uso de internet, ou seja, as pessoas estão cada vez mais usando a rede, seja para trabalhar, estudar, fazer compras ou se divertir.

Nenhuma organização ficou impune com as regras de distanciamento e lockdown estabelecidas pelos governos, diz Ana Paula. Quem não se adequou às novas regras do mercado digital teve que fechar as portas durante esse período, que continua se prolongando.

“O marketing digital, que era uma previsão boa para o futuro, se tornou no presente a baia de sobrevivência para todo negócio”, declara Amorim, com experiência em implementação de ferramentas de marketing digital para alavancar as vendas e resultados, desenvolvimento de páginas e criativos publicitários para tráfego on-line em plataformas e planejamento de desenvolvimento de carreira de experts no mercado digital – estruturação do negócio on-line, controle de mídia e canais de distribuição de conteúdo.

Conforme a especialista, com o cenário tecnológico em abrangência, as empresas que ainda não passaram a utilizar o marketing digital terão que se adequar, pois a concorrência é forte e esse tipo de marketing tornou-se uma fundamental estratégia para se manter vivo no mercado.

Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 116 milhões de pessoas usam a internet. Dentro desse número, 94,6% usam o celular para se conectarem ao mundo virtual, principalmente, para fazer compras e contratações de serviços. As empresas que primam por páginas responsivas e se preocupam com a experiência do cliente-usuário tendem a alcançar boas posições nos sites de buscas de produtos.

“Quem se adequou ao ambiente digital dos negócios, cresceu mesmo em meio à toda crise da pandemia mundial. Empresas como a Amazon, Facebook e Google obtiveram números significantes de crescimento e não deixam dúvidas de que fazer investimentos tecnológicos e acompanhar esse tipo de mercado vale muito a pena”, conclui Ana Paula Wroblewski Amorim, especialista em marketing digital e Estratégias de Venda pelo curso Fórmula de Lançamento e Grupos de Mentoria Master Mind Insider, e também com experiência em produção de cursos on-line sobre criação, desenvolvimento e produção, pós-venda e controle de satisfação dos clientes.

Consoante o relatório da International Data Corporation (IDC), o investimento na coleta de dados deve crescer em torno de 50%, só este ano de 2021, gerando uma receita de 187 bilhões de dólares para esse setor. Deixando bem óbvio o quanto essa tecnologia traz bons resultados para as empresas atentas às tendências de marketing digital.

Deixe o seu comentário