Santos, SP 9/2/2022 –

Recorde do setor no estado cearense com mais de 22 milhões de toneladas movimentadas

Como um dos setores mais estáveis no país, o setor portuário ganhou mais estabilidade e continua crescendo. O Porto de Pecém, perto de completar 20 anos, é a prova disso, superando a marca histórica de 20 milhões de toneladas de carga circuladas no porto até novembro de 2021, pelo quarto mês seguido, representando um crescimento de 10% em relação a outubro de 2021 (2.095.848 toneladas). Um recorde para o setor no estado cearense com 22.417.077. E fechou o ano de 2021 com mais de 22 milhões de toneladas.

Os desembarques somaram 1.556.667 toneladas e os embarques 740.729 toneladas, quarto mês seguido. Com essa demanda, representa um crescimento de 40,7% comparado a de 2020, onde foram movimentados 15,9 milhões de toneladas. 

Mesmo não fazendo parte das rotas percorridas pela Costa Brasil é considerada uma importante estratégia para 2022, disse Roberto Veiga, Diretor de Atendimento ao Cliente. Concluindo que, “Esses números comprovam a importância do Porto de Pecém dentro das opções portuárias para escoamento de carga de/para boa parte do Nordeste. O Nordeste é uma região grande, e com grande volume de consumo e com um potencial maior ainda. Precisamos do Porto de Pecém como elo importante na cadeia”.

Sobre o crescimento, Danilo Serpa, presidente do Complexo do Pecém, afirma que o Porto está vivendo o melhor momento da história desde a inauguração em março de 2002, movimentando essa quantidade de toneladas em 11 meses. Esperando um crescimento maior para 2022, dando maior visibilidade ao setor portuário no Brasil.

Finalizando, Roberto parabeniza o Porto: “Que o Porto de Pecém possa aumentar cada vez mais a capacidade de carga movimentada, pois é um elo importante na cadeia de distribuição de carga via modal marítimo”. 

Website: https://www.costabrasil.com.br/

Deixe o seu comentário