18/1/2022 – Focamos em garotas que procuram suplementos para o fortalecimento de cabelos, já que essa faixa etária é composta por um público antenado com as mídias

De acordo com dados, o Brasil está entre os principais países que mais acessam as redes sociais; para farmacêutica, influenciadores estimulam público na busca de saúde e bem-estar

Através de dados disponibilizados pelo Hootsuite e WeAreSocial, a plataforma Cupom Válido constatou que o Brasil é o terceiro país dos que mais utilizam as redes sociais, ficando, em média, 3h42 por dia conectado. Os números demonstram que existem, ao menos, 150 milhões de usuários ativos. 

Ainda segundo a pesquisa, a faixa etária que mais acessa as redes está entre 16 e 24 anos, e o objetivo do acesso costuma ser 36,5% para se atualizar das notícias e últimos acontecimentos, 35% para buscar conteúdos de entretenimento e 34,4% para preencher o tempo livre.

Michelle Guedes Guimaraes de Azevedo, farmacêutica bioquímica e mestre em produtos naturais e diretora técnica da Blow Gummies – empresa que atua com suplementos alimentares voltado para saúde, bem-estar, beleza e autoestima -, explica que, dados os resultados que demonstram a forte presença digital de jovens, cada vez mais as marcas se concentram em ações nas redes com o objetivo de atingir esse público.

“O marketing da nossa empresa, por exemplo, focou nas garotas jovens, que procuram suplementos para o fortalecimento de unhas e cabelos, já que essa faixa etária é composta por um público bem antenado com as mídias, onde os conteúdos geralmente são voltados para esse segmento”, afirma.

influenciadores contribuem para a busca de saúde e bem-estar

Azevedo explica que a divulgação de influenciadoras tem um papel decisivo para a promoção de um estilo de vida pautado pela busca de saúde e bem-estar. “O público-alvo de produtos para o fortalecimento das unhas e dos cabelos, por exemplo, é muito antenado com as redes sociais digitais, principalmente com o Instagram. Neste ponto, ganha destaque a autoridade de influenciadoras, entre outras artistas, ex-BBBs e ‘lifestyles’ do nicho de beleza, o que repercute na publicidade de produtos do segmento”, afirma.

De forma correlata às palavras da farmacêutica, 67% dos usuários do Instagram no Brasil seguem algum influenciador digital, sendo que 55% dos usuários já fizeram uma compra depois que um produto foi indicado – ou utilizado – por um influenciador digital, conforme resultados de uma pesquisa realizada pela Opinion Box.

Ainda segundo o levantamento, 18,5% dos entrevistados já foram sugestionados por influencers durante seu processo de decisão de compra e 82% dos brasileiros seguem marcas no Instagram. Destes, mais da metade (47%) afirmaram que mantêm contato com posts de empresas e marcas.

Para mais informações, basta acessar: https://www.blowgummies.com.br/

Website: https://www.blowgummies.com.br/

Deixe o seu comentário