São Paulo, SP 19/5/2020 – O objetivo da plataforma é aproximar empresas à venda e pessoas que querem um negócio seja por necessidade ou por oportunidade.

Seja por uma oportunidade ou por uma necessidade, empreender tem sido cada vez mais uma saída. E, nessas horas, a ideia de comprar uma empresa em operação pode facilitar e agilizar o empresário.

A pandemia do coronavírus (Covid-19) tem trazido muitas consequências, seja para a área da saúde, para a economia, políticas públicas, para trabalhadores, empresas e a sociedade em geral. O impacto da transmissão do vírus e das medidas adotadas têm atingido em cheio o empreendedor brasileiro e o modo como ele se comporta.

Para compreender esse impacto é relevante discutir o que motiva as pessoas a empreender. De acordo com pesquisa realizada Sebrae, há dois tipos principais de motivadores para o empreendedorismo: necessidade e oportunidade. De acordo com Felippe Ferreira, fundador do Meubiz , o empreendedorismo por necessidade é o caminho tomado por uma pessoa que não encontra meios viáveis para prover renda para sua família, necessitando criar esse meio. “O empreendedorismo por necessidade geralmente ocorre quando alguém não encontra oportunidades de emprego ou recolocação na própria carreira, o que a leva a criar o seu próprio”, afirma.

Por outro lado, o empreendedorismo por oportunidade é caracterizado é a decisão de empreender tomada para aproveitar uma oportunidade de negócio, uma situação que surgiu e que pode gerar frutos. Nesse caso, o empreendedor decidiu abrir um negócio, mas não necessariamente depende daquilo para sua sobrevivência e de sua família, sendo uma alternativa dentre outras possibilidades.

Dados do Global Entrepreneurship Monitor (GEM 2018) revelam que, até 2018, o empreendedorismo por oportunidade correspondia a uma parcela bem maior do que o empreendedorismo por necessidade no Brasil, 61,8% contra 37,5%, respectivamente.

Levando em consideração as informações divulgadas pelo IBGE sobre o primeiro trimestre de 2020 acerca do aumento da taxa de desocupação no Brasil, totalizando 12,9 milhões de desempregados, é de se esperar que grande parte deste contingente busque uma alternativa no empreendimento.

Para esses novos empreendedores que muitas vezes não possuem vocação, paciência, tempo ou conhecimento para abrir e construir um bom negócio o início, um site de compra e venda de empresas pode ser útil. Mas, afinal, o que faz um site de compra e venda de empresas?

De acordo com Felippe Ferreira, “o objetivo da plataforma é aproximar empresas à venda e pessoas que querem um negócio , seja por necessidade ou por oportunidade”.

Ferreira explica que a maior vantagem em comprar um negócio é não ter que desenvolver todo o processo de construção da empresa, aguardar durante o que tempo de construção da marca, além de evitar o risco de o negócio não dar certo. “Uma empresa em operação possui um histórico de resultados, uma carteira de clientes, uma marca e outros atributos que podem adiantar o processo do empreendedor”. Assim, o novo proprietário já inicia com um negócio previamente ativo e, com isso, ganha tempo, dinheiro e reduz seus riscos.

O site de compra e venda de empresas do meuBIZ tem essa proposta: uma plataforma totalmente online para encontrar diversos negócios, com os mais diferentes formatos, localizações, nível de investimentos e perfil do empreendedor .

Através dos seus filtros, é possível definir qual o segmento, assim como a localização (pode ser o estado, a cidade ou, até mesmo, o bairro) e, por fim, basta clicar em “encontre um negócio”. Uma outra ferramenta complementar que o site disponibiliza é a do perfil do empreendedor , que tem como objetivo o conhecimento do padrão comportamental empreendedor.

Website: https://meubiz.com.br/

Deixe o seu comentário