São Paulo, SP 2/12/2020 – “Um dos eventos mais sensacionais e de alta qualidade que já participei. A organização, seleção dos palestrantes e temas estão de parabéns. Obrigado, Adriano.”

O primeiro evento de programação mobile em linguagem Delphi da comunidade brasileira aconteceu nos dias 26 e 27 de novembro e reuniu centenas de desenvolvedores em busca de mais conhecimento e palestras de alto nível. Foram ao todo mais de 30h de transmissão somados os dois dias de evento e replays

A busca por especialização em diversos mercados intensificou-se nesse ano em função da crise causada pela pandemia da COVID-19. Profissionais de várias áreas passaram a procurar cursos intensivos, pós-graduações, treinamentos rápidos e eventos online para aumentar suas expertises. A razão disso foi o aumento do temor de demissões em massa, o que já ocorreu no início do surto.

Mesmo sabendo que aproximadamente 30% das IES (Instituições de Ensino Superior) de todo o país admitem estar em colapso em virtude do crescimento da inadimplência e da evasão de alunos, obviamente porque também perderam [tiveram redução de] suas rendas e empregos, os estudos não foram deixados de lado.

A mudança de comportamento dos profissionais tem sido notada por diversas instituições e empresas. Como citado anteriormente, o temor por demissões despertou em muitas pessoas a urgência em melhorar seus conhecimentos e fazer “upgrade” em seus currículos.

O home office e, consequentemente mais tempo livre, contribuiu para que os cursos e eventos online passassem a se tornar alternativa nessa busca por mais conhecimento. Até o início da pandemia treinamentos online ainda eram tidos como pouco produtivos por muitas pessoas, por acharem que não teriam disciplina suficiente para acompanhar um curso totalmente à distância.

Esse cenário tem mudado de alguns anos para cá, mas a pandemia acabou acelerando a mudança de visão em relação ao online. Os tempos são outros.

O aumento do setor de eventos online já era esperado por pesquisadores em 2019

A procura por eventos e cursos online em 2019, mesmo antes de toda a crise a econômica, política e de saúde, e sem prever, claro, o momento caótico vivido atualmente, já era uma crescente tendência acompanhada por pesquisadores e profissionais do setor.

Segundo a ABEOC (Associação Brasileira de Empresas e Eventos) 73% das empresas esperavam um crescimento significativo nas receitas em 2020. Dentro dessa porcentagem, 29% previam aumento de 10% nos lucros. O que ninguém contava é que seria tão rápido.

“A pandemia chegou com força em quase todos os setores: indústria, comércio, importação e exportação, enfim, aconteceu como os especialistas previram desde o início. Era esperado um impacto na área de cursos online, para melhor e para pior. Tivemos alunos nos dois extremos; os que correram para cancelar suas compras de treinamentos com medo de perder o emprego; e os alunos que correram para fazer novas aquisições, com o mesmo temor, o de perder o emprego”, diz Adriano Santos, produtor digital e CEO em sua empresa de cursos online”.

A boa notícia é que o online ganhou peso

O isolamento social obrigatório trouxe à tona a pergunta: “Será que tenho disciplina e atenção pra fazer um curso online? E a resposta foi “sim” em muitos casos. Foi com base nessa resposta que Adriano Santos, especialista no desenvolvimento de aplicativos em linguagem Delphi, decidiu colocar no ar o primeiro evento Delphi Mobile da comunidade brasileira.

“Desenvolvedores, empresas e iniciantes estão mais receptivos quanto a eventos e cursos online. Ganha-se muito tempo e aprende-se mais rápido, sem contar com a vantagem de não precisar se deslocar, diz Adriano Santos”.

“Eventos presenciais possuem diversas vantagens em relação ao online. O networking é um deles. Trocas de experiências, cafezinho no intervalo, apertos de mão, negócios e tira dúvida ao vivo com o palestrante, mas porque essa experiência não pode ser transmitida [experimentada] também online?”, pergunta Adriano.

O evento MobileDays 2020

A ideia do MobileDay surgiu no início de 2019 com divulgação em meados do ano. O projeto era de executar o evento em um dia presencial na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo, para um público pequeno de no máximo vinte e cinco pagantes e cerca de seis palestrantes.

“Aluguel do espaço, data, coffee break, público e palestrantes, estava tudo pronto para o grande dia, e então veio a pandemia e a incerteza da execução.”, conta Adriano.

Evento cancelado, ingressos devolvidos e veio a frustração. Mas com a frustação a ideia ganhou maior proporção e surgiu o MobileDays 2020 Online . Evento gratuito online de, agora, dois dias transmitido pelo YouTube.

Alguns dos maiores nomes do desenvolvimento Delphi do mercado aceitaram o desafio e enviaram suas palestras para aprovação, “além, é claro, dos estreantes, que foram muito bem avaliados pelo público.

“Um dos eventos mais sensacionais e de alta qualidade que já participei. A organização, seleção dos palestrantes e temas estão de “parabéns. Obrigado, Adriano por isso.”, enviou no chat Emerson Manuel, um dos espectadores do evento.

A edição MobileDays 2020 Online contou com 22 palestras, 15 palestrantes e mais de 30h de transmissão ininterruptas pelo YouTube somando os dias 1 e 2, além da presença dos palestrantes no chat respondendo a perguntas ao vivo.

Conhecimento, mente aberta e novos caminhos indicados

Organizar, planejar e executar um evento de tamanha importância para a comunidade não é um desafio apenas tecnológico. O processo de construção de um evento como esse envolve transmitir ao espectador não só o melhor material na mais alta resolução, mas escolher temas pertinentes ao mercado e colocar no palco os profissionais que melhor transmitem seus conhecimentos ao público.

“Manter a live no ar é “só” um dos desafios, e “dos mais fáceis, acredito”. A maior missão é colocar no ar o melhor material, os melhores palestrantes e os temas mais sensíveis às necessidades dos espectadores”, reforça Adriano.

Adriano Santos é Delphi MVP (Most Valuable Professional, membro sênior do programa) e especialista no desenvolvimento de aplicativos móveis. Está no mercado de educação há mais de 15 anos e ministra treinamentos focados na área. Seus alunos recebem treinamento especializado, orientações e em alguns casos, eles são até indicados pelo próprio professor para assumirem projetos de empresas.

“O mobile com o curso do professor Adriano Santos foi um grande aprendizado, prático e objetivo. Assisti as aulas, baixei o exemplo e pronto, já saiu meu primeiro aplicativo”, diz Eliomar, um de seus alunos.

Adriano Santos
adriano@adrianosantostreina.com.br
Evento: http://www.mobileday.com.br

Website: http://www.mobileday.com.br

Deixe o seu comentário