São Paulo 3/7/2020 – Aquisições podem salvar negócios em insolvência, garantindo sua sobrevivência, a manutenção dos empregos e dos atores ligados à empresa, livrando-os do pesadelo

No início de 2020, as perspectivas apontavam para um novo recorde. Porém, esta possibilidade foi suplantada pela enorme incerteza decorrente da pandemia e da consequente devastação do caixa das empresas. Desde então, inúmeras empresas entraram em insolvência, incapazes de honrar pagamentos a terceiros. Enquanto algumas se mantiveram e outras serão adquiridas por investidores muitas, infelizmente, não resistirão.

Notícias e artigos sobre M&A, tipicamente, analisam as transações do ponto de vista de compradores e vendedores, sem avaliar seu efeito mais amplo. Estas operações afetam a sociedade como um todo, inclusive em vagas de emprego.

Não à toa, a venda de empresas atrai atenção pública, devido à possibilidade de demissões e ao risco de concentração de mercado. Porém, estas também podem representar muitos benefícios.

Márcio Miranda CEO da United HR, empresa de outplacement e executive search, explica como em momentos de crise, como o atual, aquisições podem salvar negócios em insolvência, garantindo sua sobrevivência, a manutenção dos empregos e dos atores ligados à empresa, livrando-os do pesadelo de um processo de falência.

“No campo econômico e social, a injeção de liquidez aos vendedores faz a roda do capital girar. Assim, os recursos da venda são reinvestidos em novos negócios, empreendimentos e até em projetos sociais, gerando empregos e desenvolvimento”afirma Márcio Miranda.

Para o CFO da United HR Gustavo Apostolico, em alguns casos, as aquisições proporcionam ganhos de eficiência e de escala: sinergias estas que, se repassadas, podem reduzir o preço ao consumidor final. Nesse sentido, a consolidação de setores da indústria de alimentos é um exemplo deste racional de aquisição.

A atividade contribui ainda para a democratização de inovações que, graças a aquisições ou injeções de capital, podem ser disponibilizadas em maior escala, afirma Gustavo Apostolico.

As operações de M&A contribuem para a qualificação profissional, pois expõem equipes a novos estilos de gestão, promovem o compartilhamento de know-how e de melhores práticas. Criam, ainda, oportunidades de intercâmbio profissional e de mobilidade, declara Márcia Pillat, especialista em Coach de Carreira, afiliada ao Instituto de Coach de Harvard e CEO North America United HR.

Para Márcia Pillat ” o acesso ao capital e à maturidade do mercado de M&A são correlacionados com a atividade empreendedora de um país. Afinal, ao enxergarem opções de saída futura do negócio, indivíduos sentem-se mais propensos a encarar os riscos de empreender, e Inclusive, talvez, esta seja a maior contribuição do instrumento das fusões e aquisições para desenvolvimento e constituição de um mercado livre e equilibrado”.

– A Royal DSM, uma empresa global baseada em ciência em Nutrição, Saúde e Vida Sustentável, anuncia que chegou a um acordo para adquirir o Erber Group por €980 milhões. (Fonte: Lafis)

– O Credit Suisse no Brasil fechou acordo para aquisição de até 35% do Modalmais. O negócio avalia o banco digital em cerca de R$ 5bilhões. (Fonte: CEIC)

– Notre Dame Intermédica fechou acordo para a compra de controle indireto do Grupo Santa Mônica por R$233 milhões. (Fonte: Lafis)

– A Klabin firmou a venda ao Grupo Klingele Paper & Packaging da unidade de papéis para embalagens localizada na cidade de Nova Campina (SP) pelo valor de R$ 196 milhões.  A unidade de Nova Campina é proveniente da aquisição do negócio de papéis para embalagens e papelão ondulado da International Paper do Brasil, anunciada em este ano. (Fonte: CEIC)

– Alper Consultoria e Corretora de Seguros fechou um acordo para comprar a Transbroker Corretora de Seguros.  O valor da aquisição é de R$ 58,05 milhões. (Fonte: Lafis)

– A startup Conexa Saúde acaba de levantar sua terceira rodada de investimentos, com aporte inicial de R$ 40 milhões do fundo de private equity General Atlantic, da gestora de venture capital e.bricks e de Luiz Fraga, sócio da Gávea, e seu filho Guilherme Fraga. (Fonte: EMMIS)

– A transação foi firmada em no valor de aproximadamente R$ 20 milhões. A Qualicorp comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que adquiriu, conjuntamente com sua subsidiária Qualicorp Benefícios, a carteira de vidas no segmento de adesão médico-hospitalar, junto ao Clube Care. A carteira, com cerca de 14 mil clientes, situada no Estado do Rio de Janeiro e segurada pelo Grupo Assim Saúde, passará a ser administrada pela Qualicorp e sua subsidiária. (Fonte: Lafis)

– A AGORA Telecom anuncia a aquisição da FIT Network pelo valor de $1 milhão. O motivo da compra deveu-se principalmente para reforçar a atuação da AGORA Telecom no segmento de videomonitoramento que está num momento de forte demanda, principalmente por soluções com câmeras termográficas (devido à pandemia covid-19) e sistemas de identificação facial, controle de acesso e de proteção física de forma geral. (Fonte: CEIC)

– A startup de publicidade (adtech) Chili Gum anunciou a captação de um novo aporte de R$ 2 milhões. A Chili Gum usará os novos recursos para novos canais de aquisição, desenvolvimento de tecnologia e expansão da equipe. (Fonte:PEGN)

– A Corgraf anunciou a compra da Flink Print, empresa também do ramo gráfico que atua na impressão digital e Ultravioleta (UV) em pequenos e grandes formatos, usados em mídias flexíveis ou rígidas.  Com a aquisição, a empresa passa a atuar também na área de comunicação visual, com capacidade gráfica completa e tecnologia de ponta em impressos e acabamentos. (Fonte: EMMIS)
– A WEG fechou acordo para a aquisição do controle da startup Mvisia, especializada em soluções de inteligência artificial aplicada à visão computacional para a indústria. (Fonte: EMMIS)

– A Unifique adquiriu três ISPs de menor porte do estado de SC: Infoway, Snet e Station, que atendem cidades onde a prestadora já estava presente. (Fonte: Lafis)

– A Ambev firmou uma parceria com a startup Get In, dona de um aplicativo homônimo, para auxiliar a reabertura de bares e restaurantes que foram afetados pela quarentena do novo coronavírus. A plataforma desenvolvida pela empresa brasileira de bebidas vai digitalizar muitas operações dos estabelecimentos. (Fonte: EMMIS)

Website: http://unitedhr.co

Influenciador digital e amante da tecnologia. Quer saber como ter um negócio lucrativo na internet? Então, siga o meu perfil.

Deixe o seu comentário