São Paulo, SP 8/7/2020 – Ter o e-commerce como nosso único canal de vendas era uma barreira para a conversão, porque, para muita gente, ainda é difícil comprar sem provar.

Ferramenta permite ao cliente “vestir” inúmeras peças de modo seguro, interagir com a marca e sentir-se mais confiante para fazer a compra

Fundada pela designer Dani Kapps e pela empresária Paula Retz, a Matilda é uma marca de acessórios de cabelo com conceito slow fashion – oposto ao fast fashion -, que defende a sustentabilidade socioambiental como princípio norteador da indústria. É uma marca de impacto social pois capacita artesãs de baixa renda para produção de suas peças e embalagens.

Desde setembro de 2019, a marca investe na construção de um provador virtual. A inovação está em unir o savoir faire de tradicionais técnicas artesanais da alta chapelaria com a tecnologia da realidade aumentada. A ferramenta foi construída para o uso mobile e pode ser acessada diretamente pelo Instagram da marca ou pelo site oimatilda.com na própria descrição do produto. Conheça o provador virtual da Matilda (acesso mobile)

“A gente tem o desafio duplo de estimular o mercado da alta chapelaria, bastante desenvolvido na Europa, mas ainda incipiente no Brasil, e de fazer isso por meio da internet. Ter o e-commerce como nosso único canal de vendas era uma barreira para a conversão, porque, para muita gente, é difícil comprar sem provar. Permitir a prova dos nossos acessórios era imprescindível dentro do nosso nicho”, explica Dani Kapps.

A ideia transformou-se em realidade num timming perfeito. Com o avanço da Covid-19 e a necessidade de distanciamento social, o lançamento do provador virtual é uma alternativa inovadora e segura, que proporciona ao cliente a possibilidade de interagir com a marca e se sentir mais confiante para efetuar a compra.

Em tempos de tantos happy hours no Zoom, em que as pessoas costumam aparecer do colo para cima, maquiagem e acessórios mais tradicionais, como colares e brincos, já estão em alta. As tiaras, resgatadas recentemente pela indústria da moda, e outros produtos da Matilda são excelentes opções para se divertir com os amigos.

Também há uma camada interessante de entretenimento na iniciativa, já que a prova, por si só, é uma experiência que pode ser compartilhada pelos consumidores. “Um print de tela com um novo acessório é um recurso interessante para quem gosta de selfies e já gastou o estoque de cenários domésticos e #tbts em tempos de pandemia. Além, é claro, de ajudar a divulgar a marca”, avalia Dani.

Os acessórios da Matilda já fizeram a cabeça de várias famosas. No carnaval de 2019, por exemplo, a cantora Iza usou o Arco Frida, e a Matilda também marcou presença em um comercial da Natura com os modelos Sol e Lua, desenvolvidos especialmente para a ocasião.

Website: http://oimatilda.com

Influenciador digital e amante da tecnologia. Quer saber como ter um negócio lucrativo na internet? Então, siga o meu perfil.

Deixe o seu comentário