Rio de Janeiro, RJ 21/7/2020 –

A obra apresenta ferramentas (escalas), cuja aplicação permite conhecer os graus leve, moderado e grave das dependências digitais, transtornos mentais associados, prejuízos físicos, alienação virtual e nomofobia das pessoas, bem como a percepção dos líderes sobre a dependência digital da equipe, no ambiente de trabalho.

Com o título “Livro de Escalas DELETE: Detox Digital e uso consciente de tecnologi@s”, a obra é indicada para psicólogos, pais de família, educadores e profissionais de recursos humanos, para aplicação em seus pacientes, filhos, alunos e equipe de trabalho, respectivamente, bem como para profissionais que pretendam desenvolver projetos e pesquisas científicas na área da dependência digital e temas relacionados.

São 15 escalas, produzidas nos idiomas português, inglês e espanhol, destinadas a avaliar o grau de dependência das tecnologias digitais mais comuns, como: jogos, vídeos, filmes, celular, redes sociais e computador.

As escalas foram elaboradas e validadas por pesquisadores do Laboratório Delete – Detox Digital e Uso Consciente de Tecnologias do Instituto de Psiquiatria (IPUB), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O livro vem ao encontro de uma crescente preocupação de pais, educadores, empregadores e psicólogos quanto a efeitos nocivos do uso excessivo de dispositivos digitais na produtividade e na qualidade de vida das pessoas. A recomendação dos especialistas não é no sentido de proibir o uso desses dispositivos, mas de mostrar o benefício que seu uso consciente traz. Faltava, contudo, uma ferramenta que possibilitasse medir quando o uso está exagerado, merecendo cuidados especiais.

Para mais informações, acesse o link:
https://barralivros.com/livro_de_escalas

Website: https://www.barralivros.com

Deixe o seu comentário