11/8/2020 –

Empresas que não se modernizam e ingressam no mundo virtual, acabam caindo em esquecimento, bem como novas oportunidades através do mundo virtual surgem para dar uma chance àqueles que desejam aumentar sua renda

Com a chegada do novo Coronavírus no Brasil, mais de 1 milhão de pessoas perderam seus empregos, elevando a taxa de desemprego para mais de 11% até o mês de maio.

Segundo o IBGE, cerca de 17,7 milhões de brasileiros estavam desempregados até a última semana do mês de maio e deixaram de procurar justamente devido à pandemia. Sendo assim, o país atingiu o patamar de 28,6 milhões de pessoas enfrentando restrições para ingressar no mercado de trabalho.

Outro fator identificado pelo IBGE neste cenário foi o aumento de trabalhadores informais, sendo inclusos nesta categoria os empregados do setor privado sem carteira; trabalhadores domésticos sem carteira; empregados que não contribuem para o INSS; trabalhadores por conta própria que não contribuem para o INSS; e trabalhadores não remunerados em ajuda a morador do domicílio ou parente.

Com isso, trabalhos informais e home office tiveram um grande crescimento, mostrando mais uma das faces da invasão tecnológica que abrange todo o país.

Empresas que não se modernizam e ingressam no mundo virtual acabam caindo em esquecimento, bem como novas oportunidades através do mundo virtual surgem para dar uma chance àqueles que desejam aumentar sua renda.

É neste cenário que o interesse pela bolsa de valores teve uma incrível ampliação. Ela sempre foi um atrativo para ganhar dinheiro, no entanto, sempre vista com maus olhos pela dificuldade de aprendizado.

Segundo o Trader profissional, Rodrigo Galdino, que já atua no mercado financeiro há cerca de 10 anos, e hoje, ministra cursos pela Trade to Win (T2W) para aqueles que, assim como ele, apaixonam-se pelos investimentos e desejam mudar suas vidas, o Day Trade, técnica de compra e venda de ativos rapidamente buscando assim ganhar dinheiro com o movimento de preços em poucas horas, é uma técnica que qualquer um pode aprender, desde que haja dedicação e disciplina.

Segundo ele, muitos cursos oferecidos hoje vendem a ideia de que esta técnica é fácil e rápida, mostram que a vida de trader pode proporcionar um certo “glamour” e sugerem, nas entrelinhas, que o iniciante vai rapidamente — através do day trade — mudar de vida; o que acaba trazendo prejuízos a quem inicia, sendo este um dos fatores que levam grande parcela da população a ver os investimentos com maus olhos.

Outro problema real é que, por falta de conhecimento, o investidor tenta sempre comprar e vender sem saber muito bem o porquê, às vezes baseado em notícias, outras tantas porque ouviu alguém dizer algo. E aí quebram a banca, desistem da bolsa e acham que operar é um bicho de sete cabeças.

Se para ser médico, pianista, engenheiro, advogado é preciso se capacitar, para ser Trader não poderia ser diferente. Não dá para a pessoa acordar um dia e dizer “quero ser trader”, abrir uma conta na corretora e querer que dê certo. Não tem como isso acontecer no curto prazo. Tem que estudar, operar na bolsa de valores é uma atividade técnica, afirma Rodrigo Galdino.

Um dos conselhos dados por Rodrigo é “sempre iniciar montando uma carteira para longo prazo, comprando ações de empresas para garantir um futuro mais estável, após um maior contato com o mercado, adentrar em métodos mais avançados como o day trade”.

A Trade to Win possui um grande diferencial de outras empresas do ramo, ela oferece um curso claro e objetivo, sem falsas promessas para os alunos, mostrando a realidade e os possíveis caminhos para que eles atinjam seus objetivos de forma consistente seja em day trade, swing trade, ou montando uma carteira de ações e fundo imobiliário, até hoje já passaram pelo Rodrigo mais de 3 mil alunos.

Totalmente virtual, as aulas são online e ao vivo, onde Rodrigo mostra sua própria tela para que o aluno tenha, desde o início, contato real com a bolsa, envolvendo perdas e ganhos para que assim se adapte à realidade.

As aulas são realizadas ao vivo, além disso, após o término do curso o aluno recebe supervisão pelo período de 30 dias, todas as manhãs, podendo assim sanar quaisquer dúvidas que surjam decorrente de seus contatos com a bolsa de valores.

Além de uma boa capacitação, para se tornar um bom trader é necessário ter disciplina, bom controle emocional e muita humildade.

Com isso, muitos jovens e adultos que já estavam no mercado de trabalho e acabaram prejudicados com a pandemia, reinventaram-se e agora têm uma nova fonte de renda, mais flexível e com grande potencial de lucros.

Website: http://instagram.com/tradeparavencedores

Deixe o seu comentário