São Paulo 7/10/2020 – O uso de agrotóxicos em doses recomendadas garante o controle de possíveis pragas e doenças que podem afetar as produções agrícolas.

Os agrotóxicos são ferramentas usadas para o controle de pragas e para tentar alcançar o equilíbrio nas plantações brasileiras.

Agrotóxicos são produtos químicos sintéticos usados para matar insetos, larvas, fungos, carrapatos sob a justificativa de controlar as doenças provocadas por esses vetores e de regular o crescimento da vegetação, tanto no ambiente rural quanto urbano.

De acordo com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), os agrotóxicos são ferramentas usadas para o controle de pragas e para tentar alcançar o equilíbrio nas plantações brasileiras.

Eles podem ser o resultado de reações químicas, físicas ou biológicas e são utilizados no mundo todo na produção agrícola para aumentar a produtividade de alimentos.

História do Agrotóxico
Esse tipo de substância surgiu na história da agricultura por volta de 1950 com a Revolução Verde nos Estados Unidos. A intenção era modernizar e aumentar a eficiência nesse campo. Isso beneficiaria o consumidor, que teria acesso a uma diversidade maior de alimentos, em um menor tempo e por um preço mais acessível.
https://www.sitiopema.com.br/agrotoxicos-agricultura/

No Brasil, essa revolução chegou na década de 1960. O uso é essencial na agricultura brasileira pois existe altas médias de umidade e temperatura, aliados aos cultivos extensivos, que favorecem a multiplicação e disseminação de pragas.

Vantagens do uso de Agrotóxicos
O uso de agrotóxicos em doses recomendadas garante o controle de possíveis pragas e doenças que podem afetar as produções agrícolas.

O controle das doenças e pragas propicia o aumento da produtividade das lavouras e melhora a qualidade visual dos produtos cultivados.

Desvantagens do uso de Agrotóxicos
A utilização de agrotóxicos é questionada por diversos órgãos da saúde, visto que está associada a problemas de saúde, como alterações cromossômicas, câncer de diversos tipos, doenças respiratórias, entre outras.

Pois, utilizar o agrotóxico de maneira incorreta provoca danos ambientais, como contaminação do solo e dos recursos hídricos.

O que afeta na vida das pessoas?
O número de empresas que utilizam agrotóxico está crescendo. Por um outro lado, ainda não há alternativas, como herbicidas biológicos, que causem menos danos tanto para as pessoas quanto para o meio ambiente.

Os principais afetados são os agricultores e trabalhadores das indústrias de agrotóxicos, que sofrem diretamente os efeitos dos produtos durante a manipulação e aplicação.
https://www.sitiopema.com.br/agricultura-subsistencia/

Lei de Agrotóxicos no Brasil
O Brasil é um dos países com maior consumo destes produtos desde 2008, decorrente do desenvolvimento do agronegócio no setor econômico e por isso foi criado uma comissão para gerenciar essa prática.

Em julho de 2018, foi aprovado por uma Comissão Especial o Projeto de Lei 6299/02, conhecido como PL do Veneno. O projeto pretende diminuir a burocracia, alterar a fiscalização e reduzir o tempo para registrar novos agrotóxicos.

Website: https://www.sitiopema.com.br/

Deixe o seu comentário