Campinas, SP 15/12/2021 – O uso de cartões na internet e outros tipos de compras não presenciais movimentou R$ 146,5 bilhões no terceiro trimestre, um crescimento de 16,2%.

Em 2021 mesmo com a reabertura do comércio na maioria das cidades, grande parte da população ainda prefere realizar compras online e em conjunto com a retomada da economia, este ano a Black Friday tem aumento de 5% no volume de compras em relação a 2020.

A Black Friday, uma das datas mais aguardadas pelo comércio, aconteceu no dia 26 de novembro e registrou um aumento de 5% em relação a 2020, com um faturamento de R$ 4,2 bilhões. Os dados foram divulgados pela NielsenIQIEbit, referência em mensuração e análise do comércio eletrônico no Brasil. O resultado do e-commerce veio dentro da moderação esperada, já que os primeiros dias de novembro, com o esquenta Black Friday, apresentaram um crescimento mais significativo. Em 2021, as promoções começaram mais cedo e apresentaram um crescimento de 31% nos primeiros dias de novembro.

Outro dado apontado pela pesquisa é que a quinta-feira teve um desempenho melhor do que a sexta. O faturamento no dia 25 subiu 10%, enquanto no dia 26, apenas 4%. A pesquisa também mostrou um aumento significativo na forma de pagamento em 10 vezes, que foi 2,4 pontos percentuais maior do que no ano passado.

De acordo com Alexandre Rezende, CEO da empresa Creditis, o cartão de crédito tem sido um facilitador desde o início da pandemia, principalmente devido ao aumento das compras online. “Esse último ano trouxe um aumento da digitalização dos processos com um todo, e o cartão de crédito tem facilitado o dia a dia de pessoas que passaram a optar pelo parcelamento e por compras online”, afirma.

Compras online aumentam uso de cartão de crédito

O crescimento de compras realizadas pela internet fez crescer também o uso de cartões de crédito em 2021. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), a somatória dos valores das compras realizadas com o uso de cartões de crédito, débito e pré-pagos atingiram R$ 687, 3 bilhões no terceiro trimestre deste ano, resultado 35,8% maior do que o registrado no mesmo período em 2020.

Ainda conforme o balanço da Abecs, o uso de cartões na internet e outros tipos de compras não presenciais movimentou R$ 146,5 bilhões no terceiro trimestre, um crescimento de 16,2%. Até o mês de setembro, o valor transacionado chegou a R$ 401,7 bilhões, um crescimento de 30,9% em comparação com o mesmo período no ano anterior.

Segundo análise de acessos realizada pela plataforma Creditis, durante o mês de Novembro, a função de cashback foi a mais buscada pelos consumidores, representando 62% das pesquisas da plataforma. Esse volume teve relação direta com a Black Friday já que a função é muito utilizada em compras online. Embora o cartão de crédito ofereça facilidades para pagamento e incentivos para consumo, o consumidor deve atentar-se às taxas e juros cobrados para não transformar as compras de Black Friday em dívidas. 

Website: https://creditis.com.br/

Deixe o seu comentário