São Paulo, SP 11/11/2021 – Com a pandemia o poder público possibilitou a criação de um curso, além do presencial,  que o motorista possa fazer de um computador ou até mesmo pelo celular.

Para facilitar aos interessados em ser taxista, foi aprovado o primeiro curso de ensino a distância (EAD), para obtenção do Condutax que é obrigatório no Município de São Paulo.

Reflexo de novos tempos, principalmente e incentivado pela pandemia, o ensino a distância (EAD) trouxe inúmeros benefícios para várias categorias profissionais. Mas para a formação de taxista em São Paulo só existiam os cursos presenciais.

Desde quando foi regulamentado o serviço em 1969, a legislação exige que motoristas que desejam trabalhar com táxi, tenham o cadastro municipal “Condutax”.  Documento esse que habilita um motorista comum a dirigir um táxi. Entre as exigências do órgão regulador para obter o Condutax, o curso de taxista é o que demanda mais tempo e despesas dos motoristas.

Para o Município de São Paulo se adequar aos tempos atuais, foi elaborada uma nova regulamentação da legislação (portaria 124/2020/SMT), em outubro de 2020. Essa mudança permitiu que escolas licenciadas disponibilizassem o Curso para Taxistas em plataforma EAD – ensino a distância, desde que cumprissem os requisitos da portaria. O curso, ministrado pela Telesapiens, foi o primeiro EAD licenciado

Segundo o Sindicato das Empresas de Táxis de São Paulo – SinetaxiSP, com a opção do curso de taxista no formato EAD, além do curso presencial que continuará existindo, espera-se que haja um aumento na formação de taxistas. E, em decorrência disto, um aumento na procura por locação de um carro, das mais de 50 empresas de táxis existentes na capital paulista.

“Com a pandemia o poder público se atentou a essa necessidade e possibilitou a criação de um curso que, além do presencial, o motorista possa fazer de um computador ou até mesmo do seu celular, em qualquer momento que tivesse tempo disponível” comenta Fabio Eduardo Boni, presidente do SinetaxiSP. E a expectativa do sindicato é que tenham mais cursos em EAD. “Como por exemplo, a requalificação dos taxistas, visando melhoria constante do atendimento aos passageiros”, conclui Fabio.

Primeiro curso EAD autorizado no Município de São Paulo

A Telesapiens foi a primeira instituição a ser habilitada para o Curso de Condutax EAD, junto à Secretaria de Transporte do Município de São Paulo. (publicado no D.O. de 25/06/2021, 6020.2020/0014677-8)

O motorista Artur Pereira foi o primeiro a concluir o curso e obter o Condutax, por meio da Telesapiens. “Pretendia ter mais uma opção de trabalho e achei que a de taxista teria o potencial para crescimento, nesse momento e após a pandemia. No entanto, o curso presencial me desanimou, pelo tempo e pelo custo.” O curso a distância foi uma ótima solução, explica Pereira.

Desde a regulamentação da Portaria 124 de 2020, em outubro de 2020, foram previstas novas regras para a aplicação do curso e a certificação de motoristas de taxi. Foi autorizado o curso 100% online, incluindo o exame, que conta com reconhecimento facial e outros mecanismos de segurança para garantir a autenticidade do candidato. O conteúdo programático está em plena conformidade com o disposto na Portaria do Departamento de Transportes Públicos do Município.

De acordo com David Stephen, CEO da Telesapiens, o curso Condutax foi o primeiro a ser homologado pela Prefeitura do Município de São Paulo. O conteúdo é produzido com uma  variedade de recursos didáticos digitais: e-books, audiobooks, bancos de questões e videoaulas, “Além de ser completo, os motoristas podem fazer no horário que for mais conveniente, com um custo bem menor do que o presencial”, finaliza David.

Conteúdo programático do Curso Condutax da Telesapiens

O curso EAD tem seu conteúdo previsto aproximadamente 40 horas de aula. Mas não existe um tempo limite para conclusão do curso. Após conseguir estudar todo o conteúdo de vídeos (ou podcasts) e apostilas, o motorista estará pronto para se submeter ao exame final. Caso obtenha 70% ou mais de acertos, o certificado estará automaticamente disponibilizado no ambiente virtual de aprendizagem. E se o motorista não conseguir obter essa pontuação, poderá repetir, até mesmo no dia seguinte, quantas vezes forem necessárias até ser aprovado no exame.

Uma vez aprovado no exame, a documentação solicitada do motorista, que já foi previamente postada no ambiente virtual de aprendizagem, será automaticamente enviada ao Departamento de Transporte Público – DTP. O prazo de liberação da habilitação pelo órgão demora até no máximo 30 dias.

Neste curso se aprende  conceitos e dicas sobre direção defensiva, mecânica básica e primeiros socorros, entre outros.  Conteúdo programático, que está em plena conformidade com o disposto na Portaria 124/2020 do DTP (Departamento de Transportes Públicos). Entre outros temas  estão: novas tecnologias; avaliação do serviço de táxi; sinalização especial de trânsito e direção do veículo no transporte de táxi.

Serviço

Curso para taxista EAD da Telesapiens: https://ava.cursocondutax.com.br/ 
Carga Horária: 40 horas

Documentos necessários para obtenção do Condutax

No  site da Prefeitura do Município de São Paulo, é possível ver a relação de todos os documentos que o candidato deve apresentar para requerer o Condutax, além do certificado de conclusão do curso específico para condutores de Táxi.

Fundado em 1994, o Sindicato de Empresas de Táxi de São Paulo – SinetaxiSP, com atuação no Município de São Paulo, tem como objetivo principal representar as empresas associadas, perante os órgãos públicos, em assuntos de interesse do modal de transporte táxi. São 42 empresas filiadas, que juntas têm mais de 3 mil táxis.

 

Website: https://www.facebook.com/rafcomunicacao

Deixe o seu comentário