10/12/2021 –

A dermatologista Dra. Ana Carulina Moreno responde as principais dúvidas sobre melasma e estrias durante a gravidez

A gravidez é um período com mudanças cutâneas inerentes ou patológicas que podem ser prevenidas e tratadas com cuidado. Apesar de muitas condições serem conhecidas, existem uma série de questões que a cercam, gerando confusão nas gestantes que desejam realizar algum tratamento. Pensando nisso a dermatologista Dra. Ana Carulina Moreno separou alguns tópicos que costumam fazer parte das dúvidas das futuras mamães.

Quais mudanças costumam acontecer na pele da mulher durante a gravidez?

Vou listar algumas alterações que ocorrem nesse período de Gestação:

  1. Devido às alterações vasculares, a pele da gestante pode ficar mais sensível;
  2. Com as alterações hormonais, a pele fica mais suscetível a manchas (tipo melasma), escurecimentos de algumas áreas (axilas e virilha), aumento de sinais, além da piora da acne e dermatite seborreica;
  3. O estiramento da pele, pode levar a formação de estrias vermelhas e brancas nos seios, abdome, glúteos, região lombar e coxas;
  4. A piora da circulação e a retenção de líquidos leva ao aparecimento de celulite; e
  5. Cabelos podem ficar mais fortes, brilhantes e volumosos, e as unhas mais frágeis ou com descolamentos

Como evitar melasma na gravidez?

Existem vários fatores que contribuem para o seu surgimento do melasma, como a exposição solar e hormônios femininos. Por isso, a gravidez costuma ser um momento de “gatilho” para o início ou piora do melasma. O melhor tratamento é a prevenção. É fundamental evitar a exposição excessiva ao sol e usar o protetor solar de forma adequada, mas se você já tem melasma ou começou a surgir durante a gravidez, é importante esclarecer que existe sim tratamento específico.

Muitas pacientes aguardam o fim da gestação e da amamentação para procurar um dermatologista, mas na verdade, já podemos iniciar um protocolo de tratamento clareador durante a gravidez.

Depois da gravidez, as manchas de melasma somem sozinhas?

Nem sempre! Com a regularização dos hormônios após a gravidez, algumas manchas podem clarear sozinhas, mas na grande maioria, o melasma se torna crônico.

Como tirar a mancha de melasma da pele?

O melasma não tem cura, mas tem tratamento para melhorar e amenizar as manchas, deixando o rosto mais homogêneo. Com os tratamentos podemos deixar as manchas até imperceptíveis.

Quais cremes para melasma não podem ser usados na gravidez? Em que componentes ficar de olhos? Podem prejudicar o bebê?

Muitos ácidos não podem ser utilizados na gravidez, como ácido retinoico e ácido salicílico. A hidroquinona, que é um ativo clareador bem utilizado no melasma, também deve ser evitado nesse período. Alguns outros ácidos e ativos também podem ser prejudiciais, por isso deve-se ter muito cuidado com o uso de produtos sem orientação médica.

Existem tratamentos que funcionam para melasma? Podem ser feitos durante a gravidez ou só depois?

Durante a gravidez podemos, focamos mais na fotoproteção e no skincare voltado para melasma, quando a paciente desenvolve essas manchas. Podemos associar ledterapia nessa fase, como uma forma mais leve de tratamento, mas evitamos qualquer procedimento mais invasivo. Alguns outros lasers podem ser também uma opção, mas sempre sob supervisão médica.

No pós parto já podemos iniciar os procedimentos mais invasivos como: lasers, microagulhamento robótico, MMP e alguns peelings, tendo muito cuidado com os ativos escolhidos, caso esteja amamentando.

O que é estria? Por que aparece na gravidez?

As estrias são cicatrizes geradas pelo rompimento de fibras elásticas e colágenas que sustentam a camada intermediária da nossa pele, portanto, isso geralmente ocorre quando há um estiramento repentino, como exemplo podemos citar quando há mudança brusca de peso, na puberdade e na gravidez. As Estrias são caracterizadas por linhas de cor arroxeada, rósea ou branca que aparecem principalmente na pele do abdome, seios, região lombar e glúteos. 

O estiramento da pele por conta da distensão do abdômen e as alterações hormonais durante a gravidez, são alguns dos fatores que mais colaboram para o surgimento de estrias, no entanto, não há um tratamento totalmente efetivo quando falamos de estrias, mas em alguns casos, é possível observar uma melhora significativa da pele quando é feito um tratamento eficaz e imediato (quando as estrias estão rosadas).

Primeiramente devemos manter uma alimentação saudável e rica em vitamina E, além disso, hidratar bem a pele é extremamente importante para prevenir o aparecimento das estrias.

Qual a diferença entre a estria branca e a vermelha? As duas são possíveis de tratar?

As estrias avermelhadas são mais precoces e tendem a ficar brancas com o tempo. Portanto, as estrias vermelhas, por serem mais precoces, são mais responsivas aos tratamentos, mas isso não quer dizer que não tratamos as estrias brancas. Todas elas podem e devem ser tratadas, caso estejam incomodando. Quanto mais precoce, melhores são os resultados.

É possível evitar estrias na gravidez ou é mais uma questão genética? Produtos cosméticos funcionam?

A melhor forma de prevenir o aparecimento de estrias na gestação é controlar o ganho de peso para evitar grandes estiramentos. Ter uma alimentação saudável e ingerir bastante água, são fundamentais.

Algumas coisas podemos fazer para melhorar a qualidade da pele, o que pode ajudar na prevenção e na piora das estrias como: hidratação intensa das áreas durante a gestação com produtos específicos e procedimentos que estimulam o colágeno antes de engravidar, para deixar a pele mais firme.

Tratamentos para estrias podem ser feitos durante a gravidez?

Durante a gravidez a única forma de tratamento das estrias são os hidratantes com ativos específicos e alguns ácidos leves que podem atenuar, mas não podemos fazer nenhum procedimento mais invasivo. O ideal mesmo é preparar essa pele antes da gravidez e prevenir o aparecimento com o controle do peso.

A drenagem linfática também pode ser um ótimo aliado, pois diminui a retenção dos líquidos e, consequentemente, o estiramento excessivo da pele.

Essa e muitas outras questões a Dra. Ana Carulina responde em seu site.

Dra. Ana Carulina é especialista em procedimentos e tratamentos estéticos (faciais e corporais) no Rio de Janeiro – RJ.

Site: https://www.carumoreno.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/dra.carumoreno/

YouTube: Dra. Ana Carulina Moreno

WhatsApp: (21) 99625-6065

Website: https://www.carumoreno.com.br/2020/06/07/tudo-sobre-a-pele-na-gravidez/

Deixe o seu comentário