Espírito Santo 22/10/2021 – “O primeiro passo é ter calma – não fazer a transação por impulso, nem mesmo quando a oportunidade parece muito boa”

A compra de um veículo seminovo oferece muitas vantagens: preços mais em conta, diferentes possibilidades e documentação mais barata. Mas, para que essa oportunidade não se torne um pesadelo, é preciso tomar cuidado: nessas transações, golpes são muito comuns.

A compra de um veículo seminovo oferece muitas vantagens: preços mais em conta, diferentes possibilidades e documentação mais barata. Mas, para que essa oportunidade não se torne um pesadelo, é preciso tomar cuidado: nessas transações, golpes são muito comuns.

O especialista no mercado de carros usados e CCO do Carzen, Gustavo Milsztayn, listou as fraudes mais cometidas nesse setor.
 
Carro prisioneiro

Nessa modalidade, o comprador recebe ofertas de preços bem baixos e formas de pagamento atrativas. O vendedor teria acesso a automóveis que só poderiam ser comercializados em leilões, e apresenta documentos que comprovariam o fato. “Na realidade, o veículo está realmente apreendido e os documentos são falsos”, explica.

Carro fantasma

Segundo Milsztayn, esse crime acontece com mais frequência do que se imagina. O carro é anunciado com condições muito vantajosas. O comprador é informado que o veículo está em outro Estado. Nos próximos contatos, o vendedor diz que está prestes a aceitar uma outra proposta. Para não perder a oportunidade, a vítima repassa uma entrada ou o dinheiro – mas nunca vê o carro.

Consórcio contemplado

Os criminosos vendem uma contemplação de automóvel em consórcio. Com documentos falsos, enganam o comprador sobre a oportunidade única de compra do veículo.

Carro NP

NP significa “não pago”. O golpista vende o carro omitindo a informação de que faltam parcelas para quitação do mesmo. “Depois que os documentos são transferidos, o motorista percebe que adquiriu um veículo e uma dívida”, esclarece Milsztayn.

Golpe de internet

O criminoso vai até uma empresa e aluga um automóvel. Cria um documento falso para esse carro e o anuncia sua venda na internet. A vítima gosta e faz a compra. Quando o contrato de aluguel do golpista vence, a locadora bloqueia o carro e anuncia na justiça e na polícia, gerando grande prejuízo para o motorista. “Esse é o golpe mais recente do mercado e envolve locadoras de veículos”, conta. 

Com tantos tipos de golpe e suas particularidades, é necessário redobrar a atenção antes de realizar o pagamento do automóvel. De acordo com o especialista, há maneiras muito seguras de fechar o negócio sem dor de cabeça.

“O primeiro passo é ter calma – não fazer a transação por impulso, nem mesmo quando a oportunidade parece muito boa. Aliás, quando está muito fácil, é vital desconfiar”,  orienta Milsztayn. Nesse contexto, o comprador pode pesquisar o preço da Tabela Fipe e a desvalorização de mercado, para ver se o valor anunciado faz algum sentido.

Em segundo lugar, o motorista deve buscar uma fonte de dados segura e completa. “Investigar o histórico do carro, checar informações como histórico em leilão, duplicidade de motor, decodificador de chassi e indícios de sinistro”, defende.

Caso o veículo esteja na região, o interessado pode pedir uma vistoria de confiança, em uma oficina conhecida ou empresas especializadas. “Quando tudo estiver explicitado, aí, sim, é hora de realizar o pagamento e aproveitar a nova aquisição.

Website: https://carzen.com.br/

Deixe o seu comentário