São Paulo, SP 6/10/2021 – Especialista diz que o grande desafio é tornar a cirurgia mais acessível aos indivíduos com deficiência visual em função da doença.

A cirurgia da catarata, é um procedimento que pode ser feito de forma convencional onde, geralmente, é conhecida clinicamente como facoemulsificação ou a laser.

Houve um aumento de mais 90% de procura por cirurgia de catarata durante a pandemia, agravando o caso de pacientes com a continuidade das restrições. Procedimentos eletivos haviam sido suspensos por causa da pandemia da Covid-19 desde março de 2020. Com isso, este tipo de cirurgia se tornou uma das mais buscadas no Google e mais aguardadas nas filas de espera em clínica de olhos e hospital de olhos.

  • Mais de 1 milhão de cirurgias eletivas foram adiadas no Brasil em 2020.
A pandemia de covid-19 provocou a queda de 27 milhões de procedimentos de saúde que não são de emergência em 2020, como exames e consultas. O dado está em levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM). Segundo o estudo, quando comparados os dados entre março e dezembro de 2020 (do início da pandemia até o fim do mesmo ano) com o mesmo período de 2019, a diferença foi de 26,9 milhões de procedimentos, sendo 16,6 milhões de exames de diagnóstico, 8,8 milhões de procedimentos clínicos, 1,2 milhões de pequenas cirurgias e 210 mil transplantes.

Os procedimentos considerados eletivos, que não são de urgência e emergência, tiveram impacto pelo direcionamento de boa parte da estrutura da rede de saúde para atender os pacientes com covid-19.

Entre março e abril de 2020, com o avanço da primeira onda da pandemia, houve uma queda quase à metade do número de procedimentos, de 8,1 milhões para 4,8 milhões. Em abril, foram registrados 5 milhões de procedimentos e em maio, 5,6 milhões. Após recuperação, o ano terminou com 8 milhões.

Conforme o levantamento do CFM, as áreas mais afetadas entre março e dezembro de 2020, em comparação com o mesmo período no ano anterior, foram as consultas e exames em citopatologia (-51%), neurologia (-40%), anatomopatologia (-39%), cardiologia (-38%), oftalmologia (-34%) e medicina clínica (-33%).

No período analisado, deixaram de ser realizados 2,8 milhões de cirurgias. Entre março e dezembro de 2020 foram realizados 4,6 milhões de procedimentos desse tipo, contra 7,5 milhões no mesmo período em 2019.

Fonte: Cirurgia de Catarata – Oftalmologista

Website: https://cirurgiadecatarata.srv.br/

Deixe o seu comentário