NOVA YORK 22/9/2021 –

A Moody’s Corporation (NYSE: MCO) anunciou hoje sua participação no lançamento da Net Zero Financial Services Provider Alliance como parte da Glasgow Financial Alliance for Net Zero (GFANZ). Como membro fundador, a Moody’s se compromete a alinhar todos os seus produtos e serviços relevantes para obter emissões líquidas de gases de efeito estufa em zero até 2050, além de reduzir suas próprias emissões operacionais.

“A mudança climática é o maior multiplicador de risco do mundo e um grande desafio para economias e comunidades. Todo o setor financeiro deve assumir o desafio comum de permitir uma transformação urgente a uma economia resiliente e sustentável. O alinhamento de produtos e serviços com emissão líquida em zero até 2050 irá melhorar a tomada de decisões e acelerar o fluxo de capital para apoiar a transição”, disse Rob Fauber, Presidente e Diretor Executivo da Moody’s Corporation. “Estamos muito felizes em nos uniràNet Zero Financial Services Provider Alliance como nosso último passo para capacitar as organizações a tomarem decisões mais sustentáveis.”

A Moody’s visa acelerar o fluxo de capital para apoiar a transiçãoàemissão líquida em zero, ao oferecer às instituições financeiras e outros tomadores de decisão dados, produtos e serviços alinhadosàemissão líquida em zero para identificar riscos climáticos e investimentos em oportunidades emergentes.

Os produtos da empresa ajudam os participantes do mercado a avaliar e integrar riscos ambientais, sociais e de governança (ESG) na alocação de capital e planejamento a longo prazo ao:

  • Quantificar os efeitos de ESG nas classificações de crédito e integrar os fatores de ESG nas avaliações da qualidade de crédito;
  • Compreender e medir o desempenho de ESG, a exposição aos riscos climáticos e ambientais bem como fortalecer e financiar planos de transição sustentáveis; e
  • Avaliar e gerenciar riscos de ESG mediante a análise de cenário, modelagem quantitativa e testes de estresse.

A Moody’s se uneàAlliance ao lado dos principais consultores de investimentos, auditores, intercâmbios, provedores de índices, fornecedores de dados e pesquisa de ESG, além de pesquisadores representantes.

O anúncio estende os esforços da Moody para cortar as emissões e enfrentar a crescente crise climática, e segue o compromisso da Moody’s de obter emissões líquidas em zero em suas operações e cadeia de valor até 2040, antecipando seu alvo original em 10 anos. A Moody’s também definiu e progrediu em metas validadas e provisórias com base científica em emissões líquidas em zero. O progresso destas metas pode ser visto no recente Relatório TCFD e no Relatório de Sustentabilidade das Partes Interessadas da Moody’s.

Saiba mais sobre os esforços climáticos da Moody’s em seu Centro Climático.

SOBRE A MOODY’S CORPORATION

A Moody’s (NYSE: MCO) é uma empresa mundial de avaliação de risco que capacita as organizações a tomar melhores decisões. Seus dados, soluções analíticas e percepções ajudam os tomadores de decisão a identificar oportunidades e gerenciar os riscos de fazer negócios com outras pessoas. Acreditamos que maior transparência, decisões com mais informação e acesso justo às informações abrem as portas para o progresso compartilhado. Com mais de 11.500 funcionários em mais de 40 países, a Moody’s combina presença internacional com experiência local e mais de um século de experiência em mercados financeiros. Saiba mais em moodys.com/about.

DECLARAÇÃO DE “PORTO SEGURO” SOB A LEI DE REFORMA DE LITÍGIO DE TÍTULOS PRIVADOS DE 1995

Certas declarações contidas neste comunicado são declarações prospectivas e baseadas em expectativas, planos e perspectivas futuras para os negócios e operações da Moody’s Corporation (a “Empresa”) que envolvem uma série de riscos e incertezas. Estas declarações podem incluir, entre outras palavras, “acredita”, “espera”, “antecipa”, “pretende”, “planeja”, “irá”, “prevê”, “potencial”, “continua”, “estratégia”, “aspira”, “visa”, “prevê”, “projeta”, ” estima”, “deveria”, “poderia”, “pode”, além de expressões ou termos semelhantes e variações das mesmas que transmitem a natureza prospectiva de eventos ou resultados geralmente indicativos de declarações prospectivas. Acionistas e investidores são advertidos a não depositar confiança indevida nestas declarações prospectivas. As declarações prospectivas e outras informações neste comunicado são feitas a partir da data deste documento e a Empresa não assume nenhuma obrigação (nem pretende) complementar, atualizar ou revisar publicamente tais declarações no futuro, seja como resultado de desenvolvimentos subsequentes, expectativas alteradas ou de outro modo, exceto conforme exigido pela legislação ou regulamentação aplicável. Em conexão com as disposições de “porto seguro” da Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados de 1995, a Empresa está identificando exemplos de fatores, riscos e incertezas que possam fazer com que os resultados reais sejam diferentes, talvez materialmente, daqueles indicados por estas declarações prospectivas. Estes fatores, riscos e incertezas incluem, mas não estão limitados a, o impacto da COVID-19 na volatilidade nos mercados financeiros dos EUA e mundiais, nas condições econômicas gerais e no PIB nos EUA e em todo o mundo, e nas próprias operações e pessoal da Empresa. Muitos outros fatores podem fazer com que os resultados reais sejam diferentes das perspectivas da Moody’s, incluindo interrupções no mercado de crédito ou desaceleração econômica, que possam afetar o volume de dívida e outros títulos emitidos nos mercados de capital nacionais e/ou mundiais; outras questões que possam afetar o volume da dívida e outros títulos emitidos nos mercados de capital nacional e/ou mundiais, incluindo regulamentação, questões de qualidade de crédito, mudanças nas taxas de juros e outras volatilidades nos mercados financeiros, como devido ao Brexit e incerteza como transição de empresas para longe da LIBOR; o nível de atividades de fusão e aquisição nos EUA e no exterior; a eficácia incerta e as possíveis consequências colaterais das ações dos governos dos EUA e estrangeiros que afetam os mercados de crédito, o comércio internacional e a política econômica, incluindo aqueles referentes a tarifas, acordos fiscais e barreiras comerciais; preocupações no mercado que afetam nossa credibilidade ou de outro modo afetam as percepções do mercado sobre a integridade ou uso das classificações de agências de crédito independentes; a introdução de produtos ou tecnologias concorrentes por outras empresas; pressão de preços de concorrentes e/ou clientes; o nível de sucesso do desenvolvimento de novos produtos e expansão mundial; o impacto da regulamentação como um NRSRO, o potencial para novas legislações e regulamentações dos EUA, estaduais e locais; o potencial para aumento da concorrência e regulamentação na UE e outras jurisdições estrangeiras; exposição a litígios referentes às opiniões de classificação do Moody’s Investors Service, bem como quaisquer outros litígios, procedimentos governamentais e regulatórios, investigações e inquéritos aos quais a Empresa possa estar sujeita de tempos em tempos; a legislação dos EUA modificando os padrões de defesa e os regulamentos da UE modificando os padrões de responsabilidade aplicáveis ​​às agências de classificação de crédito de uma maneira adversa às agências de classificação de crédito; disposições de regulamentos da UE que impõem requisitos procedimentais e substantivos adicionais sobre a fixação de preços de serviços e a expansão do mandato de supervisão para incluir classificações de países terceiros utilizadas para fins regulamentares; a possível perda de funcionários-chave; falhas ou mau funcionamento de nossas operações e infraestrutura; quaisquer vulnerabilidades a ameaças cibernéticas ou outras questões de segurança cibernética; o resultado de qualquer revisão pelas autoridades fiscais de controle das iniciativas de planejamento tributário mundial da Empresa; exposição a possíveis sanções criminais ou reparações civis se a Empresa deixar de cumprir leis e regulamentos estrangeiros e dos EUA, que são aplicáveis ​​nas jurisdições em que a Empresa opera, incluindo proteção de dados e leis de privacidade, leis de sanções, leis anticorrupção e leis locais que proíbem pagamentos com corrupção a funcionários do governo; o impacto de fusões, aquisições ou outras combinações de negócios e a capacidade da Empresa de integrar com sucesso estes negócios adquiridos; a volatilidade da moeda e do câmbio; o nível de fluxos de caixa futuros; os níveis de investimentos de capital; e uma queda na demanda por ferramentas de gestão de risco de crédito por parte das instituições financeiras. Estes fatores, riscos e incertezas, bem como outros riscos e incertezas que poderiam fazer com que os resultados reais da Moody’s difiram materialmente daqueles contemplados, expressos, projetados, antecipados ou implícitos nas declarações prospectivas são atualmente, ou no futuro podem ser, amplificados pelo surto de COVID-19, bem como descritos em mais detalhes em “Fatores de Risco” na Parte I, Item 1A do relatório anual da Empresa no Formulário 10-K para o ano finalizado em 31 de dezembro de 2019, seu relatório trimestral no Formulário 10-Q para o trimestre concluído em 31 de março de 2020, e em outras apresentações feitas pela Empresa de tempos em temposàSEC ou em materiais incorporados aqui ou ali. Acionistas e investidores são alertados de que a ocorrência de qualquer um destes fatores, riscos e incertezas pode fazer com que os resultados reais da Empresa difiram materialmente daqueles contemplados, expressos, projetados, antecipados ou implícitos nas declarações prospectivas, que podem ter um material e efeito adverso nos negócios, resultados operacionais e condição financeira da Empresa. Novos fatores podem surgir de tempos em tempos, não sendo possívelàEmpresa prever novos fatores, nem pode a Empresa avaliar o efeito potencial de quaisquer novos fatores sobre os mesmos.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

SHIVANI KAK

Relações com Investidores

212.553.0298

Shivani.Kak@moodys.com

JOE MIELENHAUSEN

Comunicações Corporativas

212.553.1461

Joe.Mielenhausen@moodys.com

Fonte: BUSINESS WIRE

Deixe o seu comentário