São Paulo, SP 24/11/2021 – “Com o avanço da vacinação, o setor nupcial começa a ganhar um novo fôlego e fornecedores que estavam parados, agora estão com a agenda cheia para 2022.”

O típico casamento brasileiro – com cerimônia e festa – está voltando a acontecer por conta do avanço da vacinação em todo país. Próximo ano deve ser de recuperação para alcançar os patamares de 2019, quando quase 1 milhão de casamentos foram realizados no Brasil.

 

Dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais indicam que o ano de 2021 – comparado ao primeiro ano da pandemia – já se destaca em relação ao número de casamentos. Enquanto em 2020, 719.052 casamentos foram registrados, em 2021, até o final do mês de novembro, foram 740.290 registros. “Com o avanço da vacinação no país, o setor nupcial começa a ganhar um novo fôlego e fornecedores que estavam parados por conta da pandemia estão com a agenda cheia para 2022”, explica Juliana Gallo, diretora de vendas da América Latina. 

Os números deste ano ainda estão longe dos de 2019, quando foram registrados 970.693 enlaces. Mas nenhum cenário deve ser tão complicado quanto o de 2020, quando quase 300 mil casamentos deixaram de acontecer no país, impactando um mercado com cerca de 6 milhões de profissionais. Já a expectativa com 2022 se deve ao fato de que o ano foi considerado “o mais seguro” por muitos noivos que tiveram que remarcar o casamento no início da pandemia. “O esperado é que o setor ultrapasse no próximo ano a cifra de um milhão de casamentos por conta dos adiamentos. Vimos acontecer algo semelhante em outros países onde o grupo The Knot Wolrdwide está presente. Houve um boom de casamentos com o avanço da vacinação”, afirma Gallo.

Mas se os brasileiros voltaram a se animar com a celebração do casamento, também é fato que os casais não desejam se casar a qualquer custo. Poupança e economias pessoais (56%), pagamentos parcelados (48%) e ajuda de familiares (30%) são os principais recursos econômicos utilizados pelos noivos para custear o grande dia. O custeamento de alguns gastos com o dinheiro recebido como presente também é considerado por 10% dos casais. Apenas 3,3% dos casais responderam que farão um empréstimo para pagar o casamento, em uma pergunta em que poderiam escolher quantas opções desejassem.  

Os dados são de pesquisa sobre como são financiados os casamentos brasileiros feito pela The Knot WorldWide (TKWW) – marketplace que reúne fornecedores da área nupcial de 16 países e responsável no Brasil por Casamentos.com.br – que mostra ainda que os noivos investem, em média, R$ 39.400 para realizar o casamento – incluindo cerimônia e festa. O estudo foi feito com 4.250 casais que usam ou usaram o site para contratar profissionais e empresas e renderam informações sobre noivos de cada região do país.

Embora uma das principais fontes de conflito entre noivos e fornecedores de produtos e serviços seja a negociação dos prazos de pagamento, a maioria dos noivos (56%) revelou conseguir seguir à risca o planejamento, organizar o casamento com até um ano de antecedência e pagar todos os custos até o dia do enlace. 

 

Casar é mais caro no Centro-Oeste

A situação econômica do casal e do país, o preço médio de produtos e serviços são fatores fundamentais considerados pelos noivos para o planejamento das despesas e impactam diretamente no valor final do evento. Outro fator relevante para o custo do casamento é a região onde o enlace será realizado. 

Noivos de Goiânia (GO) chegam a pagar quase R$ 20 mil a mais para celebrar o casamento em comparação a noivos de Rio Branco (AC), por exemplo. Enquanto os casais da região Norte gastam, em média, R$ 24.750 para a realização do casamento, os noivos da região Centro-Oeste desembolsam cerca de R$ 44.352 com o evento. Já nas regiões Sul, Nordeste e Sudeste, o custo médio de um casamento é de R$ 37.510, R$ 37.848 e R$ 39.990, respectivamente. Os gastos envolvem, em média, a contratação de nove fornecedores, em categorias como locação do espaço, contratação de buffet, decoração, música, roupas e beleza, etc.  

Não é de se surpreender, portanto, que se pudessem escolher o que ganhar de presente de cada convidado, 54% dos casais gostaria de ganhar dinheiro como presente para amortizar os custos do evento. 17% dos noivos preferem ganhar utensílios domésticos e de decoração e 16% o pagamento da lua de mel. Apenas 1,6% dos casais disseram que não esperam ganhar nem presentes, nem dinheiro no grande dia.

 

Noivos do Sudeste têm mais convidados

Outro item que impacta no valor final da celebração e festa é o número de convidados. Os noivos brasileiros estão entre os que mais convidam – apenas 15% dos casamentos são celebrados no formato miniwedding, com menos de 100 pessoas convidadas. Pesquisa realizada pela The Knot Worldwide com noivos de outros países mostra que enquanto os franceses convidam, em média, 105 convidados para o casamento, os italianos, 114, e os espanhóis, 130, a lista de convidados de um casamento brasileiro chega a 180 convidados, a um custo de aproximadamente R$ 218 por cada um.

Os noivos da região Sudeste são os que mais convidam para o casamento: cerca 186 pessoas, com um custo médio de R$ 215 por convidado. Já na região Sul, o número cai para 155 e o preço por convidado é de R$ 242. Na região Centro Oeste, onde o número médio de convidados é de 176, os noivos investem R$ 252 por convidado. No Nordeste, para cada um dos 166 convidados, em média, os noivos têm que desembolsar R$ 228. E na região Norte, o investimento é de R$ 150 para cada um dos cerca de 165 convidados.

Para não se arrepender de nenhum centavo investido por convidado, é recomendado convidar apenas as pessoas mais próximas e que realmente conheçam a história do casal. Firmeza, paciência e previsão de custos são palavras-chaves nesse quesito.

Sobre Casamentos.com.br: Portal nupcial parte do grupo The Knot WorldWide cujo objetivo é ajudar noivos a organizar o dia mais feliz das suas vidas. Com presença internacional, o grupo criou uma comunidade nupcial e o maior mercado online de casamentos a nível mundial. Dispõe de uma base de dados detalhada com mais de 700.000 profissionais do setor nupcial e oferece aos casais ferramentas para preparar a sua lista de convidados, administrar o orçamento, encontrar fornecedores, etc. The Knot WorldWide opera em 16 países através de diferentes domínios como Casamentos.com.br, Bodas.net, WeddingWire.com, TheKnot.com, Matrimonio.com, Mariages.net, Casamentos.pt, Bodas.com.mx, Matrimonio.com.co, Matrimonios.cl, Casamientos.com.ar, Matrimonio.com.pe, Hitched.co.uk, Hitched.ie, Casamiento.com.uy, WeddingWire.ca e WeddingWire.in. 

Website: http://www.casamentos.com.br

Deixe o seu comentário