São Paulo – SP 5/10/2021 –

No Brasil, a busca por um emprego está acirrada. Segundo estudo realizado pelo InfoJobs, empresa de tecnologia para recrutamentos, no primeiro trimestre de 2021, ao menos 1.875 candidatos entraram na disputa por uma mesma vaga apenas na área de administração, que é a mais expressiva.

Ainda segundo a pesquisa, a concorrência por oportunidades de nível operacional conta com 1.183 candidatos por vaga, ao passo que para assistentes e estagiários a disputa também é grande, em torno de 900 candidatos por um emprego.

Dados da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revelam que houve o acréscimo de 489 mil novos desempregados, elevando o país à soma de 14,761 milhões de trabalhadores desocupados

O balanço, que diz respeito ao trimestre de fevereiro a abril de 2021, demonstra que o índice é o maior desde o início da série histórica do IBGE, em 2012. Já em comparação ao trimestre anterior (de novembro a janeiro), os indicativos apontam o aumento de 3,4% no número de pessoas sem trabalho formal.

O desemprego e o consequente aumento da disputa por uma oportunidade de trabalho têm relação direta com a queda no número de empregadores.

O Brasil perdeu ao menos 600 mil empregadores nos dois últimos anos marcados pela pandemia de Covid-19, conforme revelam os dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios). Os números representam uma baixa de 13,3% – ou 581,3 mil empreendedores a menos em dois anos se comparado a 2019. 

Currículo: conhecimento de dados pode ajudar a vencer a disputa

Segundo Marcelo Menezes, cofundador da Lean Solutions – empresa que atua com treinamentos corporativos e transformação digital -, cada vez mais, as empresas estão exigindo colaboradores com capacidades de tomar decisões baseadas em análise de dados, o que em breve pode se tornar um pré-requisito básico para diferentes áreas de atuação. 

Menezes destaca que, embora o desemprego no Brasil atinja números alarmantes, o mercado na área de tecnologia está aquecido para contratações. 

“Há uma alta demanda das empresas para a transformação, otimização de processos e rotinas com business intelligence. Entretanto, candidatos a essas vagas precisam estar atentos a novas exigências”, afirma.

De acordo com Menezes, em um cenário competitivo como este, quem está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho deve acompanhar as tendências, aprimorar seus conhecimentos técnicos e suas habilidades comportamentais para vencer a concorrência.

“Além disso, o candidato não deve interromper seu aprimoramento após contratado. É necessário empenho para manter um emprego e construir uma carreira. Nesse sentido, vale a pena investir em workshops de Excel, produtividade e Business Intelligence, entre outros, e estar sempre disposto a desenvolver mais competências. Afinal, novos desafios exigem novos esforços”, conclui.

Para mais informações, basta acessar: https://www.leansolutions.com.br/

Website: https://www.leansolutions.com.br/

Deixe o seu comentário