Salvador, Bahia, Brasil 30/9/2021 – Nossa ideia é construir parcerias de desenvolvimento tecnológico e transformação digital, que possibilitem criar novas soluções de fomento ao varejo

Iniciativa faz parte dos planos de inovação da Uze de fomento do varejo, a partir do desenvolvimento tecnológico

A Uze, empresa especializada em crédito para o varejo, fez uma parceria com a Universidade Federal da Bahia, por meio do Instituto Euvaldo Lodi, para o desenvolvimento de soluções de pagamentos que melhorem as experiências dos consumidores, que utilizam cartões da marca.

O primeiro projeto, que já está em andamento, é uma tecnologia que funcionará por meio de biometria facial. Ou seja, o cliente não precisará mais digitar sua senha toda vez que fizer uma compra. A transação será finalizada a partir da validação da biometria.

As inovações nos meios de pagamento representam uma forte tendência, que tem sido acelerada pela pandemia de Covid-19. Um estudo da Economist Intelligence Unit aponta que a biometria será o método dominante de autenticação de pagamento de clientes da década.

“Os clientes estão cada vez mais exigentes, gostam de comodidade e, com a pandemia, quanto menor o contato físico com os dispositivos no momento do checkout, melhor e mais segura será a experiência do usuário”, diz André Vilas, Co-CEO da Uze.

O executivo destaca que a parceria com a Academia faz parte dos planos estratégicos da Uze, de se integrar, cada vez mais, ao ecossistema de inovação. “Nossa ideia é construir parcerias de desenvolvimento tecnológico e transformação digital, que possibilitem criar novas soluções de fomento ao varejo, especialmente, o das grandes redes regionais”, completa.

O acordo com a Universidade Federal da Bahia vai até dezembro de 2021 e tende a ser renovado, com outras soluções. “Como é a primeira vez que estamos fazendo a parceria, estamos querendo testar o modelo de trabalho para concluir se ambas as partes se adaptam e futuramente escalar novos projetos”, explica Thirza Cardona Franca, Head de DevOps e Inovação da Uze. Segundo ela, a empresa está em contato com outros institutos de fomento à pesquisa e inovação.

O projeto piloto tem a participação direta da área de DevOps e Inovação da Uze e de quatro pesquisadores da UFBA. A solução começará a rodar no final de agosto pela UZE, ainda na fase de testes, e em novembro deverá ser liberada como piloto no varejo.

Website: https://uzecomvoce.com.br/

Deixe o seu comentário