14/10/2021 –

Até 2024 pode ocorrer no Brasil a falta de 290 mil profissionais qualificados para trabalhar nas organizações, de acordo com a Brasscom. Algo que já é visto no mercado ao existir a rotatividade constante de colaboradores nas companhias. Para solucionar essas questões, o departamento de recursos humanos está cada vez mais buscando métodos e formas para encontrar o candidato ideal. Algumas oportunidades como: Inbound Recruiting e plataformas.

Com a Transformação Digital impulsionada pela mudança mundial que aconteceu em 2020, os investimentos por parte das empresas em novas tecnologias aumentou, com isso as empresas que fornecem serviços e soluções de tecnologia da informação cresceram exponencialmente. Atualmente os setores de telecomunicações, software, conexões, entre outros do mesmo segmento preencheram cerca de 897 mil empregos formais em 2020segundo a Brasscom (Associação das Empresas de tecnologia da informação e Comunicação), e levantamentos da mesma instituição indicam que até abril de 2021 foram criados mais de 70 mil novos postos de trabalho, já batendo o saldo do ano anterior.  

Diante dessa expansão, o mercado de tecnologia da informação continua aquecido para o trabalhador. Entretanto, as empresas enfrentam dois grandes desafios: a grande rotatividade de funcionários, que mudam para outras oportunidades de trabalho (no Brasil e no exterior) ou por dificuldade de encontrar profissionais qualificados. 

“Percebemos que a busca por profissionais de tecnologia da informação e profissionais que atuam no mundo digital de forma geral cresceu nos últimos 18 meses. Os profissionais estão sendo disputados por muitas empresas e com a popularização do trabalho remoto a competição por bons colaboradores está a nível global, afinal muitas empresas estrangeiras estão buscando profissionais em outros países”, comentou Alexandre Tili, CEO da OUTMarketing no Brasil, agência de marketing especializada no segmento de tecnologia. 

No Brasil as instituições de ensino superior formam cerca de 46 mil profissionais aptos a assumirem as vagas disponibilizadas, no entanto existe ainda um déficit de trabalhadores capacitados a cada ano, sendo que a previsão da Brasscom para 2024 é de que faltarão cerca de 290 mil pessoas qualificadas para preencher as vagas que estarão disponíveis.  

Segundo Darlene Freire, responsável pelo departamento de Acquisition of Talents na 2RP Net – empresa especializada em fornecer soluções de tecnologia Data-Driven, “O grande desafio é encontrar as pessoas qualificadas e compatíveis ao cargo da nossa empresa. Proporcionar constante crescimento e desenvolvimento profissional são pontos cruciais para retenção de talentos na área de TI. Fornecer uma cultura agradável, reconhecimento, horário flexível, e remuneração compatível com o mercado, treinamentos e, acima de tudo, um plano de carreira transparente”.

Encontrar o colaborador ideal para ocupar vagas disponíveis, e ao mesmo tempo compreender como mantê-lo diante de tantas outras oportunidades existentes no mercado, demonstra ser a maior complexidade para as empresas. Algumas oportunidades listadas podem auxiliar o mercado de TI na aquisição de talentos:

Inbound Recruiting 

Similar ao formato de Inbound Marketing, em que o método de funil é implementado para captar possíveis clientes, no Inbound Recruiting o objetivo é conquistar possíveis candidatos para preencher as vagas na organização. O Inbound Recruiting tem como intuito promover a organização nos meios digitais, ao apresentar os valores e a sua cultura corporativa; e na comunicação, oferecer conteúdo que ajude os profissionais a se desenvolverem na carreira; fornecer informações relevantes sobre o mercado de trabalho e gerar potenciais leads, ou melhor, potenciais candidatos para as vagas de emprego disponíveis na empresa. Com essa estratégia o candidato é mais do que uma pessoa à procura de uma nova ocupação, mas alguém já engajado com o propósito, a cultura, a missão, visão e valores da organização. Para o RH, essa estratégia que une Marketing e Recursos Humanos é um apoio para criar um banco de talentos que já conhecem a empresa e desejam trabalhar lá. 

Plataformas e software de recrutamento e seleção 

Sites como CQ1 Talent Search, Gupy e Kennoby ganharam ainda mais visibilidade durante a pandemia. Com essas tecnologias as empresas conseguem buscar profissionais em um banco de talentos qualificado, criar processos seletivos totalmente digitais, sem a necessidade da presença física do candidato, aplicando testes técnicos e comportamentais que indicam a compatibilidade do profissional com os valores, cultura e comportamentos que a instituição procura. 

Treinamento e Desenvolvimento – T&D 

Empresas que investem em Treinamento e Desenvolvimento dos funcionários tendem a possuir mais credibilidade e apreço por parte do colaborador, de acordo com informações do site da Kennoby, pois os profissionais passam a encarar a empresa como se fosse o  próprio negócio (ownership), entregando resultados melhores, sugestões para melhorias e possibilidades para aprimorar processos internos com base em inovação. Muitas empresas de tecnologia estão desenvolvendo áreas internas focadas em Treinamento e Desenvolvimento e até mesmo universidades corporativas para aumentar a retenção dos atuais colaboradores.

Redes sociais 

Apresentar o ambiente de trabalho nas redes sociais por meio de publicações, vídeos e depoimentos pode aumentar o interesse de possíveis novos candidatos. Ao divulgar experiências, treinamentos, avanços internos, depoimento dos atuais colaboradores nos meios digitais cria-se a possibilidade de despertar o interesse e o desejo dos profissionais fazerem parte da equipe.

Plano de benefícios 

Segundo dados da GPTW (Great Place to Work), 13% dos colaboradores tendem a ficar na organização por causa dos benefícios oferecidos, ficando atrás somente de um bom ambiente de trabalho e da remuneração. Pensar em formas atrativas e criativas de oferecer benefícios pode ser um diferencial para atrair novos talentos e reter os talentos atuais. 

Os departamentos de Marketing e RH estão unindo forças para atraírem os candidatos ideais e comunicarem de forma clara nos meios digitais os valores, cultura e propósito da organização. Isso com certeza fará a diferença para atrair e reter talentos.  

As empresas de tecnologia da informação devem se preocupar verdadeiramente em criar um ambiente corporativo saudável, uma forte cultura organizacional e ter um olhar voltado para a qualidade de vida do profissional para efetivamente atrair e reter profissionais.  

Website: http://www.outmarketing.com.br

Deixe o seu comentário