Uberlândia-MG 7/12/2021 –

Produtora de Uberlândia-MG disponibilizará vídeos gratuitos com palestras de profissionais da área sobre o tema.

A economia da cultura ganhará um espaço especial na internet. A Balaio do Cerrado, produtora de Uberlândia-MG, lançou, no último dia 5, um acervo de vídeos com palestras de renomados pesquisadores e profissionais da área que contribuem para a formulação dos conceitos inerentes ao tema e o consequente entendimento sobre as conexões existentes entre cultura e economia.

Trata-se de um compilado das atividades realizadas ao longo de quatro edições do Seminário de Economia da Cultura promovido pela produtora mineira, evento pioneiro na região do Triângulo Mineiro que tem como objetivo buscar o entendimento das intersecções inerentes aos campos da cultura e da economia.

Segundo o produtor cultural, diretor da Balaio do Cerrado, responsável pelo projeto, em quatro edições o Seminário dedicou-se a debater o papel da cultura como indutora do desenvolvimento. “Os temas escolhidos para cada edição sempre dialogaram com o momento vivido e buscaram apresentar a cultura como uma das soluções mais estratégicas e efetivas para o desenvolvimento econômico”, informa.

Devido à pertinência do assunto e a relevância dos nomes convidados do Seminário, como Lala Deheinzelin, Rosa Alegria, Ana Carla Fonseca Reis, Leandro Valiati, Romulo Avelar, José Júnior, José Márcio de Barros, Lena Cunha, Geraldo Moraes, Henrique Portugal, José Lasmar, Bernardo da Mata Machado, Ana Flavia Machado, Makely Ka, Felipe Amado, entre outros, as quatro edições do evento causaram grande interesse e, por isso, sempre foram gravadas, disponibilizadas na internet e muito acessadas.

“Nós criamos um blog que era alimentado com as palestras do seminário e este blog chegou a ser o quarto mais acessado pelo Google quando se pesquisava o tema ‘economia da cultura’, contudo, este blog saiu do ar, provavelmente atacado por hackers, e depois disso as palestras gravadas durante o seminário nunca mais estiveram em um mesmo ‘lugar virtual’. Por isso criamos esse projeto para disponibilizá-los novamente ao público de forma segura e organizada”, explica o produtor.

Apoio cultural

Com recursos oriundos da lei municipal de incentivo à cultura, Aldir Blanc, foi possível recuperar as gravações e disponibilizá-las no canal do da Balaio do Cerrado Produtora no YouTube.

Segundo Rubem dos Reis, os vídeos já estão liberados para o público e desde o último dia 5, um trailer e uma arte de divulgação circularão pelas redes sociais como forma de divulgação. “A nossa intenção é que mais pessoas possam ter acesso a um conteúdo sobre economia da cultura de qualidade, sendo o Seminário de Economia da Cultura uma referência na busca pelo assunto”, conclui o produtor.

Serviço:

O quê: Acervo de Vídeos do Seminário de Economia da Cultura

Quando: Desde o dia cinco de dezembro

Onde: Canal Balaio do Cerrado Produtora no YouTube

Website: https://www.youtube.com/c/BalaiodoCerrado

Deixe o seu comentário