São Paulo, SP 4/11/2021 – Com a parceria fechada com a RaizeAI, vamos iniciar uma nova fase de identificação de oportunidades para explorar estes dados da melhor maneira e trazer valor

Objetivo é avaliar formas de aplicar a tecnologia nos sistemas de gestão de fretes, possibilitando análises de dados avançadas que tragam retorno financeiro para os e-commerces

A UX Group, logtech brasileira especializada em logística e transporte inteligentes, acaba de selar parceria com a startup RayzeAI, empresa especializada em inteligência artificial sediada em Palo Alto, na Califórnia. O objetivo é avaliar formas de aplicar a tecnologia nos sistemas de gestão de fretes, possibilitando análises de dados avançadas que tragam retorno financeiro para os e-commerces.

De acordo com Thiago Preihs, fundador da UX Solutions, vertical de tecnologia da UX Group, a principal dificuldade do setor é a confiabilidade das informações, que estão armazenadas em sistemas diferentes e em arquivos com formatos diversos, sem consistência. “Este problema é recorrente em praticamente todos os setores e impede a implementação de tecnologias para análises mais profundas dos dados”, explica ele.

Pensando na solução deste problema, Preihs revela que a UX Solutions vem investindo nos últimos anos em uma plataforma robusta, capaz de garantir integridade das informações relacionadas a vendas, rastreamento, cotação de fretes, entre outras informações. “Nosso intuito é reunir dados de qualidade para dar um segundo passo em direção à análise destas informações”, afirma o executivo. “Com a parceria fechada com a RaizeAI, vamos iniciar uma nova fase de identificação de oportunidades para explorar estes dados da melhor maneira e trazer valor”, detalha Preihs.

Atualmente, dois clientes participam de projetos pilotos no qual informações valiosas estão sendo lapidadas, um deles é a Estrela10, loja virtual de departamentos. “Temos uma série de iniciativas no radar para minerar informações e extrair valor”, diz ele.

Entre os obstáculos enfrentados pelos e-commerces e que devem ganhar solução com as tecnologias resultantes desta parceria está a definição do prazo de entrega para mais ou para menos dias. Segundo Preihs, a ideia é que a empresa ofereça tecnologia capaz de ajustar dinamicamente os prazos, refletindo sobre dois fatores: regiões onde os prazos estipulados são sempre maiores que o previsto e que possam ser reduzidos, e também considerando os custos de reclamação.

“A reclamação na venda online tem um custo alto para os negócios, tanto financeiro quanto para a imagem da marca. Ela implica em cancelamento de pedidos, trocas, acionamento de diferentes áreas e ações na justiça, portanto este é um dado sensível que deve ser trabalhado e a tecnologia é fundamental para uma solução eficiente”, finaliza o executivo.

Website: https://uxgroup.com.br/

Deixe o seu comentário