Natal, RN 13/9/2021 – Com investimentos em segurança cibernética, empresas digitais se previnem contra crimes na internet

Startups investem em sistemas antifraudes e recebem certificados que atestam a qualidade de suas plataformas e dão tranquilidade a seus clientes

Em meio ao avanço de serviços digitais em todo o mundo, as empresas precisam aperfeiçoar seus sistemas para garantir a segurança de suas operações e preservar os clientes de fraudes e prejuízos financeiros. Quem não se adapta a essa realidade, corre o risco de perder lugar num mercado cada vez mais competitivo.

Muitas fintechs correm, dessa forma, em busca de certificados internacionais para atestar a qualidade de suas operações. Um dos certificados mais almejados do setor é o PCI DSS (abreviação de Payment Card Industry – Data Security Standard), referência em segurança em todo o mundo, sendo adotado especialmente por grandes administradoras de cartões de crédito.

A potiguar Orendapay, por exemplo, tem oito anos de atuação e é uma das fintechs que possuem o PCI DSS, condição que é comemorada por seus diretores exatamente pelo certificado representar um selo de qualidade de sua plataforma e de proteção aos seus usuários contra fraudes cibernéticas. A celebração se justifica. Pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em junho deste ano, revelou que 59% dos internautas foram vítimas de algum tipo de golpe financeiro nos últimos 12 meses, tendo um aumento de 28% em relação a 2019, quando procedimentos fraudulentos prejudicaram 46% destes consumidores.

O prejuízo estimado, nestes casos, é de R$ 2,7 bilhões neste último ano, incluídos os gastos na busca de reparação do problema, o que motivou um incremento das startups financeiras em segurança digital para combater a crescente onda de fraudes na internet.

Especializada em gestão de recebíveis e meios de pagamento, a Orendapay ressalta que o PCI DSS confere tranquilidade aos seus usuários. De fato, a emissão do certificado é criteriosa e atende a um alto grau de exigência. O PCI DSS é conferido a empresas após a realização de auditorias e análises técnicas, incluindo teste de invasão de sistemas e avaliação de vulnerabilidade.

“Ficamos felizes ao ter nossa plataforma certificada pelo PCI Compliance, o que agrega o maior grau de confiança de organismos internacionais ao nosso sistema”, define o diretor da Orendapay, Kennedy Diógenes, um dos sócios-fundadores da empresa, juntamente com Sanderson Mafra, Aluízio Dutra Filho e Rafael Marinho.

O mercado de fintechs está em franca expansão no Brasil. Dados do ecossistema Distrito apontam um crescimento superior a 100% no número de empresas do setor entre 2015 e 2021: de 474 há seis anos, passou a 1.174 neste ano. No mesmo período, as fintechs atraíram mais de US$ 3 bilhões em investimento.

 

Website: http://www.orendapay.com.br/

Deixe o seu comentário