Maringá, PR 12/11/2021 –

Pesquisas apontam que empresas que conseguem amadurecer presença digital possuem um fee mensal mais elevado e apresentam maior taxa de crescimento de EBITA

Com os avanços tecnológicos, a digitalização se tornou fundamental para o crescimento das empresas. De acordo com a pesquisa McKinsey Analytics and Digital Quotient, empresas com maior maturidade digital apresentam desempenho financeiro superior com taxa de crescimento de EBITA até 5 vezes maior em comparação às demais. 

A explicação para essa diferença de crescimento deve-se ao fato de que a tecnologia digital tem sido usada, principalmente, como uma forma de ganhar eficiência e aprimorar a experiência do cliente. Além disso, a pesquisa apontou que as empresas líderes em maturidade digital se destacam nas três práticas de digitalização consideradas por outras empresas como as mais desafiadoras: estrutura organizacional, experimentação e jornada do cliente.

Outro estudo, realizado pelo Boston Consulting Group, mostrou que organizações com forte presença digital conseguiram se valorizar mais durante a crise ocasionada pela Covid-19. O estudo apontou ainda que 40% dessas empresas tiveram um aumento de receitas em mais de 10%, contra apenas 19% de organizações com menor maturidade digital que tiveram esse mesmo resultado.

O que é maturidade digital

A chamada “maturidade digital” refere-se ao nível de conhecimento e integração de tecnologias de uma empresa. É um patamar atingido após a transformação digital e que, de acordo com um modelo desenvolvido pelo Google e BCG, pode ser dividido em 4 estágios: 

  1. Nascentes

Corresponde às empresas que estão no nível mais básico, com poucos processos digitalizados e com dados gerados por terceiros, resultando em uma baixa geração de resultados. 9% das empresas encontram-se nessa etapa.

  1. Emergentes

É o início da maturidade digital. São as empresas que já têm um processo de armazenamento e tratamento de dados e que compreendem a importância do assunto. 60% das empresas encontram-se nessa etapa.

  1. Conectadas

Nesse estágio, as empresas já possuem processos e automações que conectam dados e informações multicanais. Trabalham em plataformas digitais e são capazes de fazer o cruzamento de dados e análises de métricas mais específicas. 29% das empresas encontram-se nessa etapa.

  1. Multimomento

No último nível, as empresas utilizam recursos digitais mais avançados e conseguem oferecer experiências personalizadas aos clientes. Analisam dados, desenvolvem automações e seguem em contínuo aprimoramento de ferramentas. Ao atingir este nível, a empresa consegue aumentar as receitas em 20% e reduzir os custos em até 30%. No entanto, apenas 2% das empresas brasileiras encontram-se nessa etapa. 

Segundo dados da RD Station, perfis com menos maturidade digital possuem um fee mensal menor. Já os perfis com mais maturidade digital, além de possuírem um fee mensal maior, costumam ter uma mensuração mais detalhada dos resultados e, em alguns casos, já têm ou tiveram uma agência. Douglas Cardoso, sócio-fundador da Digimax AdTech, explica que contratar uma empresa especializada ajuda a ter mais assertividade. “Empresas que integram marketing e tecnologia, como a nossa, podem ajudar outras a alcançarem a maturidade digital com mais facilidade. É muito importante também estar por dentro das tendências do mercado e ter a tecnologia como um pilar dentro da empresa”, diz o especialista.

Website: https://www.digimaxbrasil.com.br/

Deixe o seu comentário