Campinas, SP. 30/9/2021 – O público pode acessar uma plataforma e assistir palestras, interagir com outros profissionais e se atualizar no mercado de trabalho, sem precisar sair de casa.

O público pode acessar uma plataforma e assistir palestras, interagir com outros profissionais e se atualizar no mercado de trabalho, sem precisar sair de casa.

De acordo com um levantamento realizado pelo LinkedIn, 79% dos profissionais acreditam que o retorno sobre o investimento tem sido maior nos eventos digitais do que nos encontros físicos. Esse número expressivo pode ser resultado do aumento da adesão do público, com a possibilidade de se inscrever em eventos no mundo inteiro, pagando menos e participando de onde estiver.

A necessidade de se adaptar e se reinventar surgiu com o distanciamento social e, com isso, o formato digital se tornou a melhor opção. Cerca de 83% dos organizadores de eventos disseram que vão continuar utilizando esse formato a longo prazo, mesmo com o retorno dos eventos presenciais. Com tecnologias como realidade aumentada, interatividade e relatórios completos, as empresas adotaram a prática de vez.

Os benefícios são ainda melhores para os participantes. Para participar de cursos, treinamentos e workshops, os profissionais e estudantes precisavam viajar para outras cidades, estados ou até países. A conta final ultrapassava o valor do ingresso do evento, com o acréscimo de passagens, hospedagem, alimentação, entre outros gastos. No formato digital, o público interessado pode acessar a plataforma do evento e assistir palestras relevantes, interagir com outros profissionais e se atualizar no mercado de trabalho, sem precisar sair de casa. Os eventos corporativos no formato digital inauguraram uma era de acessibilidade ao aprimoramento profissional sem precedentes.

Além disso, os eventos internacionais estão investindo em plataformas on-demand. As transmissões ao vivo ocorrem normalmente, mas os inscritos também podem acessar o conteúdo gravado quando e quantas vezes desejar. O formato aumenta a acessibilidade para o público, que não precisa se preocupar com fusos horários ou com a perda do dia de trabalho para aproveitar uma oportunidade única de participar de eventos globais e fundamentais para alavancar carreiras.

Grandes empresas migraram seus eventos mais importantes para o ambiente virtual, como o TED Talks, o Expert XP, o Digitalks e o Fórum Mundial de Marketing Pós-Pandemia. Este último é idealizado por ninguém menos que Philip Kotler, considerado o papa do marketing moderno e autor de vários livros ilustres, incluindo o best seller “Marketing de A a Z”. O Fórum Mundial de Marketing Pós-Pandemia terá sua segunda edição digital nos dias 5, 6 e 7 de novembro de 2021. Com mais de 100 palestrantes internacionais, incluindo a renomada empresária Luiza Trajano, falando sobre estratégias para construção do novo normal. O evento contará com transmissão ao vivo e tradução simultânea para alcançar mais de 100 países. O próprio Kotler, idealizador e palestrante do fórum, considera a acessibilidade um pilar fundamental dos eventos digitais e disponibilizou inscrições por um valor promocional atrativo aos participantes do Brasil, por tempo limitado.

Ainda que o evento físico proporcione uma experiência única, o formato digital trouxe um novo horizonte aos eventos corporativos, mais democrático e acessível. É a transformação digital do aprimoramento profissional, tornando possível milhares de pessoas conectadas simultaneamente a um conteúdo relevante ao vivo, de diversos pontos do planeta, por um valor simbólico se comparado aos dos ingressos dos cursos presenciais anteriormente praticados. As vantagens são tão expressivas para o público e para as organizações, que dificilmente este formato deixará de existir. Tudo leva a crer que este formato veio para ficar, mesmo após as medidas de flexibilização do isolamento social.

Website: http://kotler.adnews.com.br

Deixe o seu comentário