BENGUERIR, Marrocos 15/6/2021 –

A Universidade Politécnica Mohammed VI (UM6P) e a Fundação Ibn Rochd para a Ciência e a Inovação (FIRSI), ambas com sede em Marrocos, anunciaram hoje a criação do Global Phosphorus Institute (GPI). Este instituto mundial empreenderá e facilitará pesquisas para desenvolver estratégias sustentáveis ​​de gestão de fósforo para garantir sua disponibilidade para as gerações presentes e futuras.

“A Universidade Politécnica Mohammed VI tem o prazer de anunciar a criação do Global Phosphorus Institute como uma instituição internacional independente sem fins lucrativos”, disse Hicham El Habti, presidente da UM6P e presidente do GPI. “O GPI promoverá o diálogo inclusivo e global com base científica e colaborações em assuntos que vão desde o uso e reciclagem de fósforo industrial até a gestão e administração de nutrientes”.

Ao reunir cientistas, formuladores de políticas e comunicadores de primeira linha, líderes da indústria, educadores e uma variedade de partes interessadas na segurança alimentar, a plataforma do GPI criará e compartilhará soluções inovadoras para equilibrar a necessidade e o uso de fósforo na produção de alimentos saudáveis, rações animais e fibras naturais, protegendo nosso meio ambiente para uma sociedade próspera e equitativa no espírito da Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável.

O fósforo é um elemento essencial para todos os organismos vivos e não pode ser substituído por outro elemento. O fósforo é a base dos ossos, dentes e músculos dos seres humanos, do gado e de todos os mamíferos. O DNA, o bloco de construção básico da própria vida, consiste em carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio e fósforo. É fundamental para a segurança alimentar e nutricional, pois afeta o crescimento das plantas e a produtividade agrícola.

Marrocos, como guardião das maiores reservas conhecidas de fosfato do planeta, a forma mineral do fósforo, tem o dever único de encorajar e apoiar a pesquisa global, inovação e diálogo sobre este elemento essencial e seu papel vital na vida na Terra.

“O GPI espera reunir especialistas com uma variedade de experiências e pontos de vista diversos para desenvolver uma gama de abordagens diferentes para o uso do fósforo”, disse El Habti. “O uso sustentável e inovador do fósforo é essencial para melhorar a vida na Terra em todas as suas formas”.

*Fonte: AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Zineb Aguisoul

communication@tgpi.org

www.tgpi.org

www.um6p.ma

Fonte: BUSINESS WIRE

Deixe o seu comentário