São Paulo,SP 21/9/2021 –

Para recuperar as energias, o lazer é uma das opções para incluir no cotidiano ou ao menos nos fins de semana.

O lazer é parte fundamental do cotidiano. Seja para quem deseja se distrair e sair da rotina de trabalho, quanto para quem aprecia viver momentos de descontração, ter atividades lúdicas ajuda a melhorar a qualidade de vida. Até mesmo por isso, incluir o lazer no orçamento é muito importante para que seja possível melhorar a organização financeira e não deixar de se divertir por desequilíbrio nas finanças ou para não exagerar demais e ficar com a conta no vermelho.

Importância da organização financeira

Ter as finanças organizadas, infelizmente, é privilégio de poucas pessoas. Gastos exagerados, uso do dinheiro além do que os ganhos permitem, assumir compromissos sem a certeza de que poderá cumpri-los financeiramente – com apenas esses exemplos, já é possível entender o quão importante é a organização financeira para a vida das pessoas.

Quanto mais organizado e planejado, mais fácil será ter uma vida financeira equilibrada a ponto de conseguir, por exemplo, incluir o lazer no dia a dia.

Dicas para incluir o lazer no orçamento

O lazer não serve apenas como uma distração para esquecer a rotina de trabalho do cotidiano. Há benefícios como melhorar a qualidade de vida, ter maior equilíbrio emocional e, claro, repor as energias.

Incluir o lazer no orçamento de forma rápida e prática pode ser simples, basta seguir algumas dicas:

1 – Focar nas coisas mais importantes – as prioridades dentro do planejamento financeiro precisam ser os gastos considerados essenciais. Ou seja, contas de água, luz, telefone e internet, cuidados com a saúde, moradia, entre outros. São os gastos fixos, aqueles que todo mês estão dentro do planejamento e não podem, em hipótese alguma, ficar em atraso.

2 – Considerar um percentual de segurança – na hora de organizar as finanças, uma dica importante para não acabar gastando mais do que ganha é considerar um percentual de segurança. Por exemplo, se os ganhos mensais são de R$ 5 mil, não se deve ter gastos maiores que R$ 4 mil. Assim, essa diferença de mil reais será a salvaguarda, que pode tanto servir como um investimento, quanto para ser utilizada em outras frentes no planejamento.

3 – Dedicar parte do planejamento ao lazer – pagando todas as contas em dia e tendo um percentual de segurança, incluir o lazer na organização financeira fica muito mais fácil. Essa reserva poderá ser utilizada sempre que as duas anteriores forem cumpridas com sucesso, com o intuito de não se complicar e ficar com o saldo devedor. Para poder usar o dinheiro no lazer, é preciso planejar com consciência e entender a importância da organização das finanças.

Em resumo: para conseguir incluir o lazer no orçamento é preciso pagar as contas essenciais, deixar um percentual de segurança (reserva financeira) e assim ter o aporte suficiente para ser usado da forma que melhor desejar, inclusive com o lazer (viagens, passeios, comer em restaurantes, entre outras possibilidades).

Comunidade Financeira

O Bullla é uma plataforma online pioneira na modalidade de empréstimos online entre pessoas físicas, sem intermediação bancária. Fazer parte de uma Comunidade Financeira é uma forma de conseguir planejar melhor o orçamento e assim organizar as finanças para poder curtir os momentos de lazer sem qualquer preocupação.

Mais informações em https://www.bullla.com.br/

Website: https://www.bullla.com.br/

Deixe o seu comentário