Florianópolis, SC 4/6/2021 – O intestino manda 400 vezes mais mensagens para o cérebro do que o seu cérebro manda para o intestino.

O poder que uma boa digestão pode trazer para a performance no dia a dia. A saúde intestinal desempenha um papel importante na saúde do cérebro, já que o intestino é considerado um segundo cérebro.

A má alimentação é uma grande vilã contra o desempenho e a produtividade. Isso não é novidade. Segundo dados do IBGE, 90 % dos brasileiros não alimentam de forma saudável. O que poucos sabem é que problemas com a digestão dos alimentos também podem interferir, e muito, na performance do dia.

O estresse prolongado pode causar inflamação e alterações químicas no sistema digestório. Náuseas, diarreias, que comumente aparecem ao longo do dia, bem como a procrastinação, falar ou pensar sobre situações de alta ansiedade, dificuldade de completar tarefas e maior desejo em se afastar das pessoas, tudo isso pode ser consequência de falhas digestivas.

O cérebro tem um efeito direto sobre o estômago, assim como o estômago tem um efeito direto no cérebro. Essa comunicação bilateral pode deixar a dúvida do que está causando aquela falta de foco, ansiedade e estresse. Simples: uma resposta biológica a um alimento alérgeno, alimentos altamente processados, ou ainda por ação de medicamentos, que são consumidos como se fizessem parte da dieta.

Mas por que a atividade digestiva afetaria o desempenho? “Estima-se que 90 por cento da serotonina do nosso corpo é produzida no trato digestivo”, afirma o médico empreendedor e CEO da Premium Life, Doutor Doc, especialista em performance humana. Os microrganismos ajudam a produzir serotonina no intestino, o que faz a microbiota intestinal imprescindível para um terreno bioquímico saudável. “A serotonina é um neurotransmissor com grande potência de atividade cerebral, e muitos antidepressivos atuam no aumento da absorção da serotonina, já que baixos níveis de serotonina estão associados à depressão e pensamentos suicidas”, explica Doutor Doc.

Segundo ainda o diretor executivo da Premium Life, ter o intestino em dia é um suplemento fundamental para aqueles que buscam melhorar a performance cerebral. A saúde intestinal desempenha um papel importante na saúde do cérebro, já que o intestino é considerado um segundo cérebro. “O intestino manda 400 vezes mais mensagens para o cérebro do que o seu cérebro manda para o intestino. Então, se você não tem a diversidade intestinal correta (microbiota e nutrição adequada), podem ocorrer diversas inflamações que vão causar problemas, desde baixa performance cerebral até a demência”, conclui Doutor Doc.

Assim, uma digestão ideal é essencial para um humor positivo e uma perspectiva de vida de boa qualidade.

Para saber mais sobre o terreno bioquímico e sobre o poder de hábitos saudáveis, basta seguir a Premium Life (@doutordoc) nas redes sociais e ativar as notificações.

Website: https://www.instagram.com/doutordoc/

Deixe o seu comentário