São Paulo, SP 25/5/2021 – Os cursos de inglês online estão com alta demanda durante a pandemia

A pandemia de COVID-19 está sendo um período delicado da história mundial e está mudando radicalmente o mercado de trabalho.
A necessidade de recolocação, bem como o aumento de tempo disponível em casa desencadeia a necessidade de se qualificar, usando a internet a seu favor. Aprender inglês é um aspecto fundamental para seu reposicionamento no mercado de trabalho durante esse período crítico.

Esse período delicado da história mundial está mudando radicalmente o mercado de trabalho. Infelizmente, muitos empregos foram perdidos. Além disso, muitas empresas passaram a trabalhar no sistema de home office, que dá ao funcionário mais liberdade de tempo. Uma vez que estes profissionais deixam de investir tempo diariamente no deslocamento até a empresa.

A necessidade de recolocação, bem como o aumento de tempo disponível em casa desencadeia a necessidade de se qualificar, usando a internet a favor. Aprender inglês é um aspecto relevante para o reposicionamento no mercado.

Aprender inglês durante a pandemia vale a pena?
Uma das formas de aproveitar o tempo em casa durante a pandemia é aumentando a qualificação profissional. Afinal, não faltam cursos de qualidade em todas as áreas que são completamente formatados para o modelo EAD. Como é o caso dos cursos de idiomas.

Quem ainda tem dúvidas se vale a pena investir para aprender inglês deve se atentar a dois dados. Primeiramente, muitas empresas já consideram o domínio de inglês pré-requisito básico para a ocupação dos melhores cargos.

E segundo, existe uma pesquisa realizada pela Catho que analisou salários em diferentes níveis hierárquicos. A diferença de salário entre profissionais que ocupavam o mesmo cargo chegava a 70% quando um profissional dominava inglês e o colega não (1).

Portanto, quem está pensando em investir na própria carreira durante a pandemia, aproveitando o tempo em casa, tem muito a ganhar ao estudar inglês, com cursos online como uma modalidade completa de ensino, que se encaixam na rotina e facilita a absorção do conteúdo.

Uma vez que existe a possibilidade de estudar no horário que é mais conveniente e usando todo o conforto de casa.

Os cursos online estão com alta demanda durante a pandemia.
Algo interessante de perceber é que, a maioria das instituições que oferecem cursos de inglês online apresentaram aumento de demanda durante a pandemia.

Até mesmo os canais de YouTube que ensinam inglês já notaram a diferença. Tem canal que já ganhou 50 mil seguidores durante a quarentena (2). Já um curso de inglês disponível online logo no início da pandemia teve um aumento de 120% nas matrículas somente em 3 meses (2).

Portanto, esses dados revelam uma informação relevante em relação ao mercado. Com tantos brasileiros desempregados buscando uma recolocação, a internet se tornou um ponto de apoio interessante.

Funcionam não só para passar o tempo livre, como também para otimizar o aprendizado e ajudar a melhorar o currículo. De forma que seja possível conquistar uma vaga bem remunerada. Afinal, quando o candidato é verdadeiramente bem preparado, isso se reflete na entrevista e no aumento da possibilidade de ocupar uma vaga, mesmo com tantos candidatos disponíveis para o mercado.

É possível se destacar ao investir tempo em aprender inglês online, com total segurança e sendo exposto ao idioma diariamente sem sair de casa.

Aprender inglês remotamente vai além do currículo.
A necessidade de isolamento social e todo o caos social trazido pela pandemia se refletem em situações de desgaste emocional diário, principalmente por ser uma crise sanitária, que coloca a todos em constante estado de vigilância. Acontece que, aprender inglês nesse período é bom não só para o currículo.

Durante uma aula de inglês, é possível estimular o desenvolvimento de habilidades cognitivas. Por isso, aprender inglês melhora a criatividade, capacidade de raciocínio e de concentração. Aspectos que são muito importantes para ajudar a manter a saúde mental em dia durante um período que é tão delicado.

Se dedicar a algo novo e que é necessário para a qualificação, faz as pessoas perceberem um universo de informações úteis e que não estavam acessíveis por não terem o mínimo de conhecimento em inglês.

Ao adquirir mais vocabulário e ser estimulado diariamente nas aulas remotas de inglês, é natural que a empolgação para aprender faça parte do cotidiano, o que traz um pouco de alívio para a rotina, que naturalmente se torna mais conturbada por causa do cenário caótico no âmbito da saúde.

O que faz com que, aprender inglês seja relevante mesmo para quem tem estabilidade na carreira. Uma vez que é uma forma bastante saudável e inteligente de ocupar o tempo livre.

Mais informações em:
https://cursoaceleradordoinglesultimate.com/acelerador-do-ingles-ultimate-o-que-e-o-que-voce-recebe-e-quanto-custa

Fontes
(1) – https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/eu-estudante/trabalho-e-formacao/2018/09/30/interna-trabalhoeformacao-2019,709240/pesquisa-mostra-que-quem-fala-ingles-tem-salarios-melhores.shtml
(2) – https://noticias.r7.com/educacao/periodo-de-isolamento-aumenta-interesse-por-cursos-de-ingles-20072020

Website: https://cursoaceleradordoinglesultimate.com/acelerador-do-ingles-ultimate-o-que-e-o-que-voce-recebe-e-quanto-custa

Deixe o seu comentário