São Paulo, SP 19/5/2021 – Conhecer novas possibilidades é um passo importante, seguido de testes e aprendizados de acordo com o que performa melhor para o seu público

Entre os diversos meios de comunicação, o e-mail segue como método eficiente entre empresas e clientes. A analista de marketing Ana Carolina Neves fala sobre recursos para obter resultados com e-mail marketing.

Segundo o site Consumidor Moderno, uma pessoa recebe entre 400 e 10 mil comunicações de marcas diariamente. Este número exemplifica a ideia que já percorre o senso comum sobre o excesso de mensagens e informações que chegam até as pessoas todos os dias. Em meio à alta concorrência pela atenção do público, é fundamental saber como chamar a atenção na hora certa.

Com mais de 40 anos desde a sua criação, o e-mail marketing ainda é um canal de comunicação relevante para marcas que desejam se aproximar do público e gerar vendas. Para se ter uma ideia, o e-mail tende a aumentar em 138% as vendas e converte três vezes mais do que as redes sociais.

Ana Carolina Neves, analista de Marketing Digital do DINO, agência de notícias corporativas de São Paulo, fala sobre alguns métodos (hacks) que podem ser aplicados nas campanhas para aumentar as taxas de abertura, cliques e conversões.

Elementos básicos

É fundamental iniciar e terminar bem a comunicação, seja com links para as mídias sociais ou com uma foto do remetente. No caso de o e-mail tratar de vários assuntos, vale investir tempo na melhor diagramação possível para que nenhuma informação fique dispersa ou fuja ao olhar. Evitar espaços em branco é importante principalmente para os usuários de dispositivos móveis, assim como mostrar algo interessante no topo do e-mail, despertando o interesse para a rolagem até o final.

Outra opção pode ser testar diferentes abordagens de CTA (call to action) para aumentar a taxa de cliques. Desde as mais simples como “Clique para se inscrever” até as que evidenciam a entrega de valor do material oferecido, como “Quer economizar com anúncios?”.

O Think with Google é um exemplo de como enviar conteúdo de valor por e-mail, com CTAs simples e interessantes para gerar novas inscrições e compartilhamentos. Com dados de mercado e pesquisas exclusivas, os conteúdos são altamente compartilháveis.

Ana ressalta a importância de investir na prova social: “bastante utilizado em campanhas de conversão e vendas, o gatilho mental da prova social acelera a decisão do lead. Neste momento, você pode relembrar quantos clientes confiam na sua empresa, prêmios conquistados, menções na imprensa, entre outros”.

Storytelling

Seja para anunciar as novidades em uma newsletter divertida ou para apresentar a promoção do mês, contar uma história envolvente é importante. Muitas vezes a apresentação da mensagem contribui mais para a conversão do que o próprio conteúdo bruto. A modalidade está tão em alta para a comunicação e para o marketing que uma rápida pesquisa na internet apresenta uma enorme quantidade de cursos de Storytelling de instituições renomadas e até da prestigiada Pixar.

Atenção a quem se engaja e a quem perdeu o interesse

Alguns leads têm dificuldade em pedir o descadastro de uma lista de e-mails e solicitam entrando em contato com o remetente. É importante saber se as respostas das campanhas estão sendo lidas, e, em caso de solicitação de descadastro, preparar uma mensagem agradável para avisar o lead de que ocorreu tudo conforme solicitado.

Limpar a base de contatos todo mês irá aumentar as taxas de abertura, cliques, reputação do domínio e permitirá focar esforços em quem realmente está interessado pela solução da empresa. Além de economizar com a fatura das plataformas, que geralmente cobram por volume de contatos.

Nesse aspecto, o retargeting de e-mail, por exemplo, permite enviar as mensagens corretas para quem realmente se interessa, a partir do histórico de navegação e interação em anúncios da marca.

Indo além, usar diferentes remetentes ajuda a construir relacionamento com a base de contatos. Por exemplo: newsletter enviada pelo especialista de conteúdo, e-mail promocional enviado por um consultor comercial e assim por diante.

“Na era da informação está mais difícil reter a atenção das pessoas, e por isso as mensagens criativas e inusitadas se destacam. Conhecer novas possibilidades é um passo importante, seguido de testes e aprendizados de acordo com o que performa melhor para o seu público”, finaliza Ana Carolina Neves.

O DINO atua desde 2012 publicando notícias direto da fonte e conta hoje com mais de 19 mil jornalistas em seu mailing e 200 veículos de comunicação parceiros.

Website: https://dino.com.br/

Deixe o seu comentário