10/1/2022 –

Com a expansão do e-commerce, setores tiveram vendas aceleradas. Mercado de plantas ornamentais e flores foi um deles e cresceu 10% no último ano

O ano de 2020 foi atípico por diversos motivos. Com a pandemia do novo Coronavírus, muitos hábitos mudaram e trouxeram à tona a necessidade de se readaptar – e reaprender a conviver com a situação imposta pelo “novo normal”. Sendo assim, os brasileiros buscaram opções para seguir com a rotina de trabalho, estudo e lazer.

Diante de um cenário que traz o distanciamento social como premissa para contenção da COVID-19, comprar sem precisar sair de casa foi um caminho adotado por muitos. Dessa forma, o e-commerce foi além de todas as expectativas, alcançando crescimento de 73,88% durante o ano de 2020, de acordo com o índice MCC-ENET. O número foi o maior nos últimos 20 anos.

O setor segue aquecido e já iniciou o ano de 2021 com bons números. De acordo com a Neotrust, foram realizadas mais de 78,5 milhões de vendas no primeiro trimestre. O número representa um crescimento de 57,4% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. 

Ainda citando a Neotrust, foi possível constatar um faturamento de R$ 35,2 bilhões entre janeiro e março, aumentando a receita das vendas digitais em 72,2% quando comparadas ao primeiro trimestre de 2020. 

Mercados aquecidos

O crescimento das vendas on-line foi importante para diferentes setores. Entre os beneficiados, está o mercado de venda de plantas ornamentais e flores, que cresceu 10% no ano de 2020, de acordo com o Instituto Brasileiro de Floricultura. 

Eudjane Costa, sócia-fundadora da Pense Flores, floricultura on-line, atribui o crescimento a mais de um motivo, com base no que presencia em seu comércio. “Vimos o cuidado com as plantas ascender como um hobbie durante a pandemia. Ao mesmo tempo, o ato de presentear com flores nunca deixou de ser clássico. Acredito que a facilidade da compra em união ao crescimento do interesse fez toda a diferença nos resultados expostos”, explica. 

O momento é celebrado pelas floriculturas, afinal, no início da pandemia, o Ibraflor, Instituto Brasileiro de Floricultura, havia previsto prejuízos e demissões. “Ver que ao final do ano de 2020 tivemos um saldo positivo no setor é gratificante. O espaço digital trouxe oportunidade de expandir as vendas e, com isso, atender mais pedidos e de forma mais ampla”, comenta Eudjane. 

Vendas pela internet

A floricultura Pense Flores está integrada ao grupo empresarial Tem Flores, que atua no ramo desde 2012. A loja está localizada em Campinas e atende todo o Brasil no formato e-commerce.

Para saber mais, basta acessar: www.penseflores.com

Website: http://www.penseflores.com

Deixe o seu comentário