São Paulo (SP) 22/11/2021 – O encontro vai unir alguns dos mais importantes ‘gurus’ lean do mundo que até então nunca tinha estado juntos num mesmo evento

Encontro online vai reunir mais de 70 horas de conteúdo sobre lean e temas que estão na ordem do dia – como sustentabilidade, transformação digital e até tratamento do câncer – com cases de mais de 30 empresas e “gurus” mundiais como James Womack, Daniel Jones, John Shook e José Roberto Ferro

Durante 24 horas ininterruptas, o Lean Global Connection vai reunir pelo menos 100 palestrantes já confirmados de 32 países. O evento tem inscrições gratuitas, será online e vai ocorrer das 11 horas da manhã do dia 29 de novembro às 11h da manhã do dia 30. No total, com palestras ocorrendo em paralelo, serão mais de 70 horas de apresentações e debates com especialistas sobre temas relacionados ao sistema lean, filosofia de gestão originária do modelo Toyota.

Os especialistas vão detalhar cases de mais de 30 empresas de diversos países, como Microsoft, Roche, Nestlé, Philips, Toyota, HP, Hospital Sírio-Libanês, CI&T, entre outras, de diversos setores de negócios, como indústria, serviços, tecnologia, digital, saúde e construção. O evento é uma iniciativa da Lean Global Network (LGN), uma organização internacional que reúne institutos especializados na gestão lean de 30 países, incluindo o Lean Institute Brasil (LIB), de São Paulo (SP), que foi o segundo instituto da rede a surgir no mundo – o primeiro foi o dos EUA – e que há mais de 20 anos dissemina o sistema lean no país.

A organização do evento é do instituto brasileiro e está a cargo de Christopher Thompson, diretor do LIB que há mais de 14 anos trabalha na disseminação do sistema lean na América Latina, já tendo apoiado mais de 200 empresas na adoção da gestão lean. “Será a primeira vez que vamos conseguir reunir num mesmo evento online e gratuito alguns dos maiores especialistas em lean do mundo, falando sobre uma inédita diversidade de temas, sobre cases de dezenas de empresas. É uma oportunidade única de aprendizado, de compartilhamento e de vivência sobre a gestão lean”, resumiu Thompson.

O encontro vai unir alguns dos mais importantes “gurus” lean do mundo que até então nunca tinham estado juntos num mesmo evento. Por exemplo, James Womack, que liderou o International Motor Vehicle Program (IMVP), do Massachusetts Institute of Technology (MIT), dos EUA, pesquisa mundial que “revelou” ao mundo o sistema Toyota e que batizou esse modelo como sistema lean.

Assim como Daniel Jones, que atuou na mesma pesquisa e é coautor, com Womack, do best-seller “A máquina que mudou o mundo”, livro que iniciou a disseminação mundial do sistema lean. Ou John Shook, presidente da LGN, que trabalhou mais de 10 anos na Toyota, tornando-se o primeiro gerente americano da montadora no Japão, autor de best-sellers como “Gerenciando para o aprendizado”.

Do Brasil, haverá uma série de especialistas, como o professor José Roberto Ferro, único brasileiro a participar da pesquisa IMVP, do MIT, que “revelou” ao mundo o sistema lean, autor do livro “Enxuga Aí” e coautor de “Gerenciamento Diário para executar a estratégia”. Ferro fundou, em 1998, o Lean Institute Brasil (LIB), segundo instituto lean do mundo, hoje parte de uma rede de institutos similares em 30 países. Assim como Flávio Picchi, professor doutor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), presidente do LIB, especialista em lean na construção e colunista sobre gestão lean do site da revista Época Negócios. Ou Flávio Battaglia, especialista em lean na gestão da saúde, e o médico oncologista Carlos Frederico Pinto, CEO do Instituto de Oncologia do Vale (IOV), de São José dos Campos (SP), um dos cases mais respeitados do mundo sobre lean na gestão da saúde, entre diversos outros especialistas brasileiros.

As palestras e debates vão abordar uma diversidade de relações entre a gestão lean e temas que hoje despertam evidente interesse nas empresas, como sustentabilidade, transformação digital, respeito às pessoas, inovação e desenvolvimento de produtos. De forma similar, os especialistas vão discutir a aplicação do sistema em áreas estratégicas e socialmente relevantes, como agronegócio, construção civil, logística, cadeia de fornecedores e até mesmo sobre gestão lean no tratamento do câncer.

E serão detalhados alguns dos principais conceitos e práticas do sistema lean usadas hoje por milhares de empresas que estão adotando esse sistema, como A3, hoshin kanri, gerenciamento diário, kaizen e lean turnaround. “E o Brasil terá uma série de representantes e de cases lean que vai mostrar uma evolução muito interessante, com um olhar brasileiro sobre o tema, num evento totalmente acessível a quem quiser se aprofundar sobre gestão”, resumiu Flávio Picchi, presidente do LIB.

Website: https://bit.ly/3qXpe6n

Deixe o seu comentário