São Paulo, SP 13/5/2021 – Existem algumas referências nacionais de Advocacia 5.0, em regra são escritórios que se dedicam a determinado ramo do direito, com extrema especialização

A advocacia 5.0 surge como forma de integrar a avançada tecnologia com o indispensável caráter humano da advocacia.

As revoluções industriais são marcos históricos de mudanças profundas na sociedade, a advocacia, ciência social aplicada, acompanhou e moldou cada uma dessas revoluções. A automação verificada na 3ª revolução industrial avançou para sistemas ciberfísicos, em inglês para ‘Cyber-Physical Systems’, na 4ª revolução industrial.

Agora, a sociedade avança para a 5ª Revolução. A sociedade 5.0 exige uma advocacia 5.0, em que se desenvolvem formas de a sociedade lidar com a tecnologia tendo como foco o desenvolvimento e o bem-estar humano. Aquele receio de que os humanos seriam substituídos por máquinas se torna menos presente, pois a Inteligência Artificial, baseada em ‘big data’ e robôs, serve para suportar o trabalho repetitivo e desgastante que os humanos fizeram até agora, deixando-os livres para se empregarem nas tarefas mais complexas, que envolvam pensamento crítico e criatividade, exercitando a flexibilidade cognitiva para criação de soluções para os novos problemas que se apresentam.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), as Varas Federais, os Juizados Especiais Federais e as Turmas Recursais nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul registraram aumento na média semanal de atos editados após a obrigatoriedade do regime de teletrabalho, medida adotada diante do avanço da pandemia da Covid-19 no país. Já o portal do Tribunal de Justiça de São Paulo, no dia 31/03/2020, noticiou que houve um aumento da produtividade do Judiciário paulista, resultado do trabalho de servidores, magistrados e demais integrantes do sistema de Justiça, como defensores públicos, promotores e advogados.

“Durante a pandemia da COVID-19, os tribunais e os escritórios de advocacia se viram compelidos à adoção do home office, algo que ainda era distante da realidade da justiça brasileira. A produtividade dos servidores e dos advogados aumentou significativamente e a Justiça passou a entregar mais resultado aos cidadãos quando passou a usar a tecnologia como suporte e permitiu que seus servidores trabalhassem de forma descentralizada, remota, com autonomia e promovendo o equilíbrio entre tecnologia e direito”, disse Rafael Gabarra, advogado especialista em previdência social.

A Advocacia 5.0 é aquela que emprega tecnologia de ponta para resolução dos problemas cotidianos e busca dedicar-se a proporcionar soluções inovadoras e humanizadas aos seus clientes, oferecendo melhor qualidade de atendimento e utilizando as novas tecnologias a seu favor, levando em conta o avançado processo acelerado de globalização que o mundo atravessa, pelo menos, nos últimos 50 anos.

Existem algumas referências nacionais de Advocacia 5.0, em regra são escritórios que se dedicam a determinado ramo do direito, com extrema especialização e investimento em tecnologia de ponta, promovendo atendimento moderno e eficiente aos seus clientes.

Para Rafael Gabarra, sócio administrador da Gabarra Advocacia Previdenciária, desenvolver novas estratégias pessoais e técnicas modernas de gestão é uma boa estratégia para obter destaque no ramo jurídico, a pandemia da COVID-19 e as constantes alterações normativas fizeram com que a sua equipe intensificasse os estudos das leis e se integrasse ainda mais às novas tecnologias.

Os investimentos em tecnologia durante o ano de 2020 foram maciços nos escritórios de advocacia. O home office e a inteligência artificial foram as ferramentas que permitiram a continuidade do atendimento personalizado e humano dos clientes, mesmo que através de videoconferências, foram descobertas novas formas de gerar satisfação e de resolver os novos problemas da sociedade.

A Gabarra Advocacia Previdenciária mantém enxutas sedes físicas em São Paulo, em compensação investe maciçamente em tecnologia, o que lhe permite atender clientes situados em qualquer lugar do mundo.

“A Reforma da Previdência já havia gerado aumento grande de demanda, associada à superveniente pandemia da COVID-19, foram necessários novos investimentos em tecnologia. Hoje, temos sistemas on-line de atendimento e de trabalho completos. Plataforma de teleatendimento por vídeo e telefonia na nuvem, com um servidor de dados seguro, acessível por qualquer membro da equipe, onde quer que esteja. Software de gestão e acompanhamento processual, também hospedado na nuvem, bastando acesso à internet para que todos os dados jurídicos e de gestão estejam em nossa mão”, disse o advogado.

A advogada Dra. Mariana Andrião F. Pires, responsável pela condução de alguns processos do escritório, também destaca a importância da tecnologia no ambiente jurídico.

“A possibilidade de autoajustar a sua rotina, contando com o suporte tecnológico e, inclusive, de inteligência artificial, faz com que nosso dia a dia fique mais leve. Muitas vezes, concluímos um trabalho jurídico e em alguns minutos Dr. Gabarra já revisou e protocolou a petição na Justiça, mesmo a centenas de quilômetros de distância física, o ambiente virtual criado nos permite estar próximos e com uma eficiência maior do que tínhamos antes”, afirmou a advogada.

Ainda, durante a entrevista em sua casa, o Dr. Gabarra mostrou seu notebook e toda a tecnologia nele embarcada, todo o controle da produção e revisão do conteúdo jurídico produzido pela equipe fica disponíveis a qualquer momento, bastando alguns cliques para gerar relatórios gerenciais e ter acesso às peças jurídicas a serem produzidas, revisadas ou protocoladas eletronicamente perante os tribunais do país.

Com o uso intenso da tecnologia e da inteligência artificial, o Dr. Gabarra pode dedicar seu tempo aquilo que mais importa para o Advogado 5.0, ao estudo dos novos problemas sociais, aliado à humanização dos atendimentos aos clientes e colegas de profissão. O estabelecimento de relações pessoais saudáveis é o que traz o conforto que faltava à advocacia, conforto de que a sensibilidade e a criatividade humana jamais serão substituídas por máquinas.

Website: http://www.gabarra.adv.br

Deixe o seu comentário