1/11/2021 –

Desde o mês de maio, a empresa tem registrado um aumento mês a mês. A expectativa é que nos próximos meses as vendas cresçam até 85%.

Com o avanço da vacinação da população global, diversos países estão reabrindo as fronteiras para os turistas brasileiros. Segundo dados divulgados pela Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) cerca de 42 países estão com restrições leves para receber brasileiros. Além disso, o turismo internacional começou a dar sinais de retomada. Só no mês de agosto, 12% das vendas realizadas por operadoras associadas foram para destinos fora do Brasil.

Os últimos meses também têm sido favoráveis para a Bancorbrás Turismo. Desde o mês de maio, a empresa tem apresentado um crescimento na venda de pacotes de viagem para destinos internacionais. Lisboa, Cancun, Barcelona, Madrid, Dubai, Nova Iorque e Orlando são os locais mais procurados pelos viajantes. Segundo Carlos Eduardo Pereira, Diretor Executivo da Bancorbrás Turismo, o sucesso das vendas se dá em primeiro lugar pelo aumento da confiança das pessoas em realizar viagens e pelo avanço da vacinação. “Os nossos clientes estavam com saudades de realizar viagens para fora do país. Com os destinos reabrindo as fronteiras e a imunização acontecendo a todo vapor, eles começaram a planejar as próximas férias”, afirma.

A expectativa para os próximos meses é que as vendas continuem apresentando um aumento mês a mês. Diante do atual cenário, a empresa projeta atingir, em 2022, as médias de anos anteriores, pré-pandemia, com crescimento de 85%.

Nos últimos dias, os Estados Unidos, um dos destinos mais populares entre os brasileiros, confirmou que a partir do 1º de novembro reabrirá a suas fronteiras para turistas com a vacinação completa contra a Covid-19, sem a necessidade de quarentena. Além disso, a Argentina, outro local querido, já está recebendo os viajantes vacinados desde o início de outubro. “Os turistas só precisam checar quais vacinas são aceitas em cada país. Na Argentina, por exemplo, todas estão liberadas, mas os EUA ainda estão na fase de definição”.

Apesar da reabertura das fronteiras, Carlos Eduardo aponta que os viajantes devem ficar atentos às medidas de segurança adotadas em cada destino como uso de máscaras, distanciamento social e outros. Além disso, cada país possui suas próprias regras para liberar a entrada do turista. “Elas vão desde a exigência ou não de teste PCR negativo, carteira de vacinação completa ou parcial, preenchimento de formulários sanitários ou pedidos de autorização prévia de viagem”, comenta o diretor.

Deixe o seu comentário