Rio de Janeiro 16/4/2021 – A média de usuários que clicam em anúncios (links pagos) é somente de 1% a 2%, enquanto 30% clicam no primeiro link da busca orgânica (não patrocinado).

Entre os entrevistados, brasileiro ficou no ranking de quem mais consome notícias pela internet

Todo e qualquer negócio ou carreira, para alcançar o sucesso desejado, precisa de estratégias assertivas para lograr êxito. E despertar no público o interesse em consumir um determinado produto, impulsionado pelo conteúdo educativo, pode ser uma opção.

A Lego, por exemplo, após quase ter falido, reinventou o jeito de comunicar com o seu público e faturou o prêmio de marca mais poderosa do planeta. Parte deste sucesso está associada à produção do filme “The LEGO Movie”, lançado em 2014, que dá a vida aos personagens da empresa e foi sensação nos cinemas do mundo todo. Neste ano, a produção arrecadou quase US$ 500 milhões de dólares, elevando as vendas da marca para um crescimento de 11%.

A Redbull também é outra marca que dispensa comentários em suas ações estratégicas. Ao invés de se posicionar, simplesmente, como mais uma empresa que vende bebidas energéticas, através de muito conteúdo educativo, ela vende o conceito de Energia para um público interessado neste conceito, sobretudo os que gostam de esportes. Desde então, a marca de bebida vende mais de 5 bilhões de latas anualmente, em mais de 140 países.

Com o passar dos anos, o relacionamento entre compradores e marcas sofreu um processo de desgaste muito grande, afetando diretamente a confiança do consumidor. E é por isso que a estratégia Advertorial entra como uma importante aliada para recuperar o elo perdido entre a empresa e o consumidor, através de conteúdo educativo.

O que é um Advertorial e como funciona?

O Advertorial é um caminho estratégico para quem está em busca de taxas de conversões consideráveis. Isso porque, diferentemente dos tradicionais e conhecidos formatos de publicidades (anúncios) que empurram ou interrompem um conteúdo enquanto o usuário o consome para ofertas diretas, mensagens promocionais, entre outros, o advertorial tem a total missão de educar o público quanto ao produto que a marca oferece.

O texto publicitário se apropria de elementos de um texto jornalístico que fica se parecendo com uma notícia, o que aumenta a confiança do leitor pela anunciante. Para trazer mais credibilidade, é imprescindível que a distribuição deste conteúdo seja em canais que corroborem para isso, como um veículo de comunicação: sites de notícias, revistas digitais, jornais online, etc.

5 bilhões de usuários realizam pesquisas diariamente

Segundo a pesquisa Digital News Report, 70% dos internautas brasileiros preferem consumir notícias pela internet , seguida por televisão e mídia impressa. O levantamento ouviu ainda consumidores dos EUA, Reino Unido, Irlanda, Alemanha, França, Itália, Espanha, Dinamarca, Finlândia, Japão e Austrália.

Ainda de acordo com a Rock Content, empresa de marketing com posicionamento global, buscadores como Google, Bing, Yahoo, etc. recebem 5 bilhões de usuários por dia.

Para Vitor Peçanha, cofundador da Rock Content, a psicologia do marketing é fundamental para o sucesso do negócio, uma vez que o público não tem interesse em consumir a marca, mas sim o que ela representa e quais são os valores que ela pode agregar à vida das pessoas. E a melhor forma de criar isso é criando conexões, através de conteúdo relevante.

Isso não quer dizer que os anúncios sejam menos relevantes. Pelo contrário: a propaganda foi, é, e sempre será uma peça-chave fundamental dentro das estratégias de marketing, igualmente como todas as outras demais estratégias. No entanto, assim como o advertorial, os anúncios têm finalidades diferentes, e nenhuma estratégia anula a outra. O Brand Publishing, por exemplo, tem a missão de educar o público, enquanto o anúncio reforça a lembrança da marca para o consumidor.

Diversos estudos apontam que as pessoas seguem buscando, cada vez mais, uma boa experiência de consumo. E, por esse motivo, as chances de clicar em um anúncio pago ou clicar em conteúdo orgânico (educativo) podem ser relativamente até 15 vezes maior.

Nas pesquisas realizadas no Google, a média de usuários que clicam em anúncios (links pagos) é somente de 1% a 2%, enquanto 30% clicam no primeiro link da busca orgânica (não patrocinado). Esses dados foram apresentados na palestra do cofundador da Rock Content, Vitor Peçanha, no evento RD On The Road São Paulo, no ano passado, reforçando a tese de que o conteúdo deixa de ser um anúncio ignorado pelo usuário para ser o objeto de busca – ou seja, um objeto de desejo do leitor.

Motivos para utilizar a estratégia advertorial

Em 1900, a Michelin já apostava na ideia de Publishing quando entregava um guia de serviços nas estradas da França para estimular o uso de carros e, consequentemente, a realização da venda de pneus.

O guia trazia mapas e endereços de hotéis na França e era distribuído gratuitamente. Hoje a publicação se tornou referência de editorial, reforçando mais uma vez a ideia de que quando as pessoas têm acesso aos conteúdos que as marcas entregam e que são de interesses em comuns, dificilmente elas percebem o apelo de marketing.

Quando a marca se tona parceira de publishers, o negócio passa a ter contato com produção de conteúdo de altíssimo nível de qualidade e relevância. E a explicação está na produção que é feita por equipes especializadas em redação, branded content e outras estratégias de conteúdo editorial patrocinado que melhoram o engajamento e, possivelmente, a conversão.

Por ser uma linha de produção mais criteriosa e extremamente profissional, uma das grandes vantagens para os anunciantes é que o veículo de comunicação acaba “emprestando” a sua credibilidade e reputação à campanha. Ou seja, o público que visita o site daquele respectivo veículo tende a olhar para a mensagem que a sua marca quer transmitir com muito mais credibilidade e naturalidade.

6 principais benefícios do Publishing (advertorial):

1. Educa o mercado
2. Cria autoridade da marca
3. Aumenta a confiança do consumidor
4. Traz uma audiência mais qualificada
5. Promove e amplia mais a interação com o público
6. Gera backlinks

Para começar uma estratégia Advetorial, a Revista Capital Econômico pode ser um importante parceiro com os espaços patrocinados. Mais informações pelo e-mail: publicidade@revistacapitaleconomico.com.br

O conteúdo pode ser acessado na íntegra também no link abaixo:

Website: https://revistacapitaleconomico.com.br/brasileiro-e-o-que-mais-consome-noticias-pela-internet-6-motivos-para-voce-comecar-a-usar-advertorial-em-suas-estrategias-de-marketing-agora/

Deixe o seu comentário