Rio de Janeiro, RJ 19/5/2021 –

A implementação de um novo formato de Vade Mecum integrado com videoaulas, e-books, podcasts e conteúdo para download facilita e dinamiza o aprendizado, deixando para trás os métodos convencionais

A utilização de tecnologias digitais nos processos educacionais faz parte do cotidiano do brasileiro há décadas. Desde meados dos anos 90, a partir da aprovação da Lei nº 9.394/96, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, houve a implementação de recursos tecnológicos nos ambientes educacionais públicos e privados, o que auxiliou muito para a evolução do repertório teórico e técnico do ensino geral no país. Desde então, o desenvolvimento de dispositivos e softwares que permitem uma maior e mais rápida circulação de conhecimento não parou.

Hoje, o acesso à informação se encontra na palma da mão e a poucos cliques. Qualquer smartphone básico pode realizar as tarefas de pesquisar conteúdos antes disponíveis apenas em bibliotecas ou em livros físicos, muitas vezes, de valor inacessível para a maioria. Houve, também, nos últimos anos, e ainda mais depois do processo de isolamento social causado pela Covid-19 no mundo todo, um movimento muito forte para a dinamização e a interatividade de conteúdos on-line, para serem acessados do próprio computador e, claro, de dispositivos móveis, sem a necessidade de estar fisicamente nas instituições de ensino.

Com isso, muitas instituições que trabalham com educação já têm buscado inovação, visto que a demanda por um aprendizado e aprimoramento técnico e teórico só aumenta por parte do público mais jovem. Segundo Oriene Pavan, representante do Editorial Jurídico do grupo GEN, é necessário que as instituições que produzem materiais educacionais tenham em mente que a tendência daqui para frente é tornar o aprendizado mais dinâmico e de fácil acesso.

“Sentimos a necessidade de criar um conteúdo diferente devido às mudanças no cenário educacional. Então, ao lançar o Vade Mecum+ Método 2021, que traz as mais recentes modificações legislativas, como a Nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos – Lei 14.133, de 01.04.2021, Crime de perseguição (stalking) – Lei 14.132, de 31.03.2021 e Emenda Constitucional Emergencial – EC 109, de 15.03.2021, quisemos inserir uma nova experiência para o estudante. Oferecemos um serviço de atualização jurídica completo, que não é só o material impresso, é muito mais que um livro. Criamos um ambiente exclusivo com videoaulas apresentadas por professores experientes, podcasts de atualização, e-book com função leitura, tabelas e materiais complementares para download. O livro impresso está atrelado a todo esse serviço. Tudo isso para atender às exigências que esses novos tempos precisam.”, afirma Oriene.

Segundo pesquisa feita pelo Instituto Kantar Ibope em 2020, 17% da população, ou 28 milhões de pessoas, consomem conteúdos de podcasts no Brasil, e essa estimativa só tende a aumentar no decorrer do ano de 2021. Isso corrobora a ideia de que conteúdos educacionais disponibilizados por meio desses tipos de mídia, podcasts, videoaulas e afins, são uma aposta exitosa para a educação.

Os e-books também fazem parte dessa gama de elementos que ajudam o estudante a ter acesso aos conteúdos, seja onde for, afinal, com a ajuda de dispositivos como Kindle, fica muito mais fácil acessar informações como mudanças legislativas, compêndio de leis, repertórios teóricos etc.

Para obter mais informações sobre materiais que buscam promover essa versatilidade, basta acessar: https://bit.ly/vade-mecum-mais-metodo

Website: https://bit.ly/vade-mecum-mais-metodo

Deixe o seu comentário