São Paulo 9/12/2021 –

O funil de vendas é a estratégia que atrai o público-alvo e direcioná-o para a página de vendas. Estratégia que une o marketing às vendas.

O marketing digital precisa cada vez mais estar alinhado às estratégias de vendas da empresa. Atrair o público-alvo e direcioná-lo para a página de vendas, por exemplo, é uma estratégia que une o marketing às vendas. Essa técnica, conhecida como funil de vendas, precisa estar alinhada de acordo com as necessidades da empresa. Para além de atrair novos clientes, o funil também ajuda a entender o comportamento do público, bem como automatizar as ações do marketing digital.

Dessa forma, será abordado no texto do Blog Legions sobre como montar um funil de vendas marketing digital que funcione bem para as demandas da empresa. Mostrando as principais etapas e como escolher a melhor opção para cada caso.

O que é funil de vendas

É sempre válido abordar sobre o conceito de funil de vendas. Portanto, o funil é a organização de todas as etapas que o cliente percorre até realizar a compra.
Desde o primeiro contato com a marca, passando pelo reconhecimento do problema e chegando até a decisão de compra. Ao todo são três módulos, topo, meio e fundo do funil, tendo cada uma suas etapas.

Para além de atrair clientes para a empresa, o funil de vendas marketing digital também abriga as estratégias para o pós-vendas, como serviço de atendimento e atração para novas aquisições.

Como construir um funil de vendas

Apesar de serem duas técnicas distintas, a jornada de compras e o funil de vendas se encontram nas etapas de aplicação. No topo, meio e fundo do funil são inseridas as diferentes técnicas da jornada. Por exemplo, quando o público ainda está no topo do funil de vendas marketing digital, é o momento de aprendizado e descoberta. Ou seja, é preciso entregar conteúdos educativos sobre o produto, mostrando a sua importância e como pode beneficiá-lo. No entanto, no meio do funil a jornada de compra está no momento de consideração da solução. Essa fase deve criar um senso de urgência no cliente, para que ele passe para o fundo do funil, onde fica a decisão de compra. Ademais, na lista a seguir são citados quais as etapas da jornada de compras e onde elas se encaixam no funil de vendas:

Aprendizado e descoberta: no topo do funil, é o momento em que o público-alvo tem o primeiro contato com o produto ou serviço. De modo geral, há referências sobre o assunto. Por isso a estratégia deve ir no sentido de educar o consumidor, mostrando informações e contextualizando sobre o produto ou serviço.

Reconhecimento do Problema: já no meio do funil, após conhecer as soluções trazidas na primeira etapa, o lead reconhece que é preciso explorar as oportunidades e buscar mais dados. Portanto, a estratégia indicada para o funil é mostrar qual solução oferece e como ela preenche a necessidade;

Consideração da Solução: no fundo do funil de vendas, inteirado sobre as opções de compra e o que cada uma oferece de prós e contras, agora o cliente considera quais destas soluções adquirir. Sendo assim, é o momento de estabelecer uma comunicação mais incisiva, com email marketing e possíveis cupons de desconto.

Decisão de Compra: com todas informações a disposição e decidido a realizar a compra, agora o consumidor avalia o melhor custo benefício. E é a vez de um vendedor fazer uma abordagem direta, seja pelo próprio email, landing page ou mensagens.

Passos para implementar o funil de vendas ideal

Para criar um modelo de funil de vendas marketing digital desde o início exige um planejamento rigoroso, análise de dados e cooperação entre setores, como será listado nos itens a seguir:

Mapear a jornada de compra

A partir do produto ou serviço que oferece, a empresa deve visualizar qual é o público-alvo e persona que deseja atingir. Com esse perfil traçado, é possível mapear a jornada de compra dentro do funil de vendas. Entender as necessidades do cliente, o comportamento, forma de interação com a marca e afins ajudam na montagem na jornada, quais etapas cada público precisa seguir até a decisão de compra.

Definir conteúdos funil de vendas

Entendendo melhor sobre o perfil do público, agora é preciso entender quais são as etapas do funil de vendas. Sendo assim, é possível avaliar quais conteúdos trarão mais resultados em cada momento da jornada.

Para os visitantes iniciais, vale a pena focar em conteúdos para o Google, como artigos para sites e blogs, além da interação nas redes sociais, como Instagram e Facebook. Já o público que está no meio do funil pode receber conteúdos ricos no email e posts pagos, por exemplo.

Cooperação entre marketing e vendas

O objetivo-fim da equipe de marketing é direcionar clientes para o setor de vendas da empresa. Mas para fazer isso, é importante que o time de marketing receba estatísticas e dados da equipe de vendas.

Portanto, uma etapa importante do funil de vendas é integrar os trabalhos do marketing digital com as vendas. Estratégias multidisciplinares, troca de informações e ações integradas podem gerar bons resultados e entregar mais clientes para o fundo do funil.

Para criar um funil de vendas eficaz que leve o consumidor à decisão de adquirir o produto é preciso contar com uma equipe de especialistas em marketing digital.

Website: https://www.legions.biz/blog/

Deixe o seu comentário