Belo Horizonte – MG 24/2/2021 –

Igor e Maria Luiza Raboni, empresários do ramo de estética automotiva produzem uma imersão de conhecimento que formam profissionais para o mercado

Com a pandemia da Covid-19, muitas pessoas adotaram o trabalho em casa, alguns ficaram com mais tempo disponível, outros menos, mas o que se sabe é que muitos buscam cursos para se capacitarem em várias áreas. Pode-se perceber pelos números do Sebrae, onde um deles mostra que em 2020, cerca de 1,5 milhão de pessoas procuraram se capacitar nos cursos da instituição, enquanto em 2019 o número foi de 1 milhão. 

As capacitações podem ocorrer internamente e também de forma externa, como é o caso de Igor e Maria Luiza, gestores da Ao Raboni, empresa do ramo de estética automotiva. O casal iniciou a trajetória em 2014, com um lava-jato e um capital de R$ 172,00. Em 2018 se firmaram como influenciadores digitais com um canal no YouTube que conta com mais de 600 mil inscritos e possui mais de 200 mil seguidores no Instagram. Em 2020, mesmo com um ano difícil para a economia, por conta da pandemia, chegaram a um inédito feito. Após 6 anos do início da ideia, chegaram a quase 2 milhões de faturamento, onde além dos serviços automotivos e das mídias, os cursos também foram importantes nessa conquista. 

“O Imersão Ao Raboni é um sistema de ensino com metodologia construída com base nas experiências práticas e desafios enfrentados na nossa história, por começarmos com apenas 172 reais, sem recursos e sem apoio, os desafios foram gigantes para chegar onde estamos, e essa história se repete a milhares de pessoas que passam pela mesma situação”, comenta Igor. O curso é completo e abrangente para quem deseja construir uma empresa no ramo, segue o método desenvolvido por eles, chamado  de 3 pilares. Abordando operação, gestão e marketing na estética automotiva, nos formatos online e presencial, este com aulas de designer, gestão da marca, fotografia e filmagem, gestão de tráfego pago, gestão do negócio, marketing, atendimento, formação de equipe, estruturação, e as aulas operacionais no geral.

Algumas empresas também buscam capacitações internas, onde os gestores fazem dinâmicas, cursos, gamificações, para que haja interação entre as equipes e tenham espírito de coletividade. Há também empresas que fazem parcerias com universidades para que os colaboradores se formem em suas áreas de interesse, com condições facilitadas. Segundo o INEP, os ingressos em cursos presenciais subiram em 378,9% de alunos no ensino à distância de 2010 a 2019, já na modalidade presencial esse índice subiu em 17,8% no mesmo período. 

O impacto social também é algo importante diante da educação. Como Igor e Maria Luiza iniciaram com muito pouco em mãos, eles usam a experiência para inspirar outras pessoas a crescerem da mesma forma. “O que nos motiva a manter o projeto é o impacto que está sendo gerado no mercado. Hoje somos uma grande plataforma de ensino na estética automotiva, causando impacto não só financeiramente, mas na vida de milhares de pessoas, hoje temos relatos de pessoas desempregadas, analfabetas, que viviam em situações difíceis, mas graças a oportunidade de fazer um curso profissionalizante, saíram dessas situações e hoje enxergam uma oportunidade de crescimento”, completa. 

Redes sociais:

Instagram: @aoraboni – @mariaraboni – @imersaoaoraboni

YouTube: youtube.com/aoraboni 

 

Website: http://www.aoraboni.com.br/imersao.html

Deixe o seu comentário