São Paulo 18/5/2021 –

Análise conclui que valor negociado deverá saltar para R$115,00 em até 12 meses

Relatório Empiricus divulgado esta semana para seus assinantes classificou o fundo BRZ Infra Portos FIP-IE (BRZP11), como uma boa oportunidade de investimento no mercado de infraestrutura nacional. De acordo com os analistas, o ativo configura uma exposição robusta ao mercado portuário brasileiro, com potencial de expansão nos próximos anos.

O documento afirma que o valor atual negociado de R$ 80,18 está demasiadamente descontado, e estima que em 12 meses deverá atingir o patamar de R$115,00, “assim que o mercado se der conta da qualidade do ativo, dos financials convidativos e do valuation assimétrico”.

Do ponto de vista da conjuntura, o documento sustenta a análise ressaltando o “potencial absurdo a se capturar” no setor portuário de contêineres no mercado nacional, que concentra ainda apenas 1,3% do market share global, frente ao tamanho da economia brasileira. Cita também como promissor o impulsionamento do setor por meio do projeto de Lei “BR do Mar”, em tramitação, que busca alavancar a cabotagem em águas brasileiras.

O fundo BRZ Infra Portos FIP-IE (BRZP11), que tem como estratégia investir em companhias do setor portuário brasileiro e participar da gestão de forma ativa. Atualmente possui participação indireta de 22,9% no Porto de Itapoá (Itapoá Terminais Portuários S.A.), um dos maiores terminais de contêineres do Brasil.

O relatório Empiricus afirma que o Porto de Itapoá se diferencia por ser um terminal de uso privado, considerado um dos mais importantes, modernos e eficientes do país, responsável por 7% de toda a movimentação de contêineres do Brasil.

A análise destaca os resultados promissores e o potencial de expansão, que pode levar o cais a 1.210 metros lineares e o pátio a uma área de 450 mil metros quadrados, permitindo uma capacidade final de mais de 2 milhões de TEUs, praticamente o dobro da atual, que é de 1.2 milhão.

No entendimento dos analistas da Empiricus, investir nos resultados deste terminal considerando toda a expansão que está por vir para os próximos anos é quase uma decisão óbvia.” Nossas projeções não só indicam manutenção das gordas margens Ebitda de 55% como também a expansão delas, acompanhando a receita, que deverá se beneficiar de um aprimoramento do comércio global em uma reabertura das economias em 2021″, concluem os analistas.

Segundo Ricardo Propheta, Diretor da BRZ, “a recomendação da Empiricus vai ao encontro dos pilares e estratégia de gestão da BRZ que busca ativos altamente promissores, aliado a uma gestão próxima e participativa, atenta aos interesses dos investidores”.

Mais informações www.brzinfraportos.com.br

Website: http://www.brzinfraportos.com.br

Deixe o seu comentário