São Paulo, SP 6/8/2021 – Já faz um bom tempo que os vídeos tem entregado muito em termos de resultados em engajamento no Instagram, o que torna importante falar a imagem do público.

O Instagram, a partir de agora, vai focar mais em ser uma plataforma multimídia, saindo do foco em fotos. Na prática, isso significa mudanças expressivas, e que devem ser compreendidas para se adequar.

Recentemente, o Instagram anunciou mudanças que impactam a forma que usuários, mas principalmente marcas e produtores de conteúdo, trabalham na plataforma. Em um anúncio feito pelo CEO do Instagram, Adam Mosseri, o aplicativo de fotos do grupo Facebook passa a dar mais ênfase à produção de vídeos, além de aumentar o suporte aos produtores de conteúdo.

A recepção das novidades foi recebida de maneira mista entre quem produz para o Instagram. Por um lado, a possibilidade de rentabilidade e alcance para quem já trabalha com vídeos, por meio de Reels e do IGTV, aumenta, além de maiores ganhos financeiros.

Por outro lado, a preocupação que o menor destaque a imagens, que funciona como base atuante para marcas e influenciadores de segmentos que não usam vídeos, exigem adaptações sentidas a curto prazo. 

O novo cenário das redes sociais

As mudanças anunciadas pelo Instagram refletem uma mudança definitiva no marketing digital: os vídeos, em formatos curtos ou longos, estão se tornando a forma de consumo básico do público. 

Além de uma forma mais dinâmica de consumo, os vídeos ganharam destaque pelas interações e aumento de engajamento. O sucesso de redes como o Tiktok, e mais recentemente o Kwai para o público jovem, são reflexo desse novo mercado.

Com as novas demandas, surgem adaptações igualmente importantes para manter a relevância. 

“Já faz um bom tempo que o Reels e o IGTV têm entregado muito em termos de resultados em engajamento no Instagram. As mudanças de direcionamento anunciadas pelo Instagram facilitam o formato para quem já investe nele, mas principalmente vai potencializar os outros formatos de conteúdo”, afirma Uafa Smaili, especialista em Marketing Digital, da SinalizeWeb.

Adaptações importantes

Uma vez que o Instagram passa a ser mais focado em vídeos, os produtores de conteúdo que têm uma estrutura centralizada na forma precisam se adaptar. Ainda assim, a preocupação para segmentos como fotografia, artes, além de marcas que tem como base um mostruário em imagens, é nítida. 

Para buscar uma adequação que infira a identidade dos produtores de conteúdo a dica é buscar formatos criativos. “Mais do que os famosos memes e montagens, é ainda mais importante falar a linguagem do público desejado. Ser um canal aberto, para trocar contatos via direct, é fundamental”, complementa Uafa.

Por fim, mais do que adaptações para novos formatos, não deixar de lado o que já funciona é igualmente importante. “A publicação e apresentação de imagens não vão deixar de existir no Instagram. É totalmente compreensível a preocupação geral, mas lembre-se que o impacto de uma boa apresentação é tão importante quanto seguir trends em qualquer plataforma”, finaliza Uafa.

Website: http://sinalizeweb.com.br/

Deixe o seu comentário