São Paulo,SP 7/12/2021 –

Investir não requer um aporte volumoso de capital inicial.

Um mito muito comum entre as pessoas que desejam começar a investir o próprio dinheiro é achar que isso só é possível quando uma grande quantia está sobrando. Mesmo quem possui pouco dinheiro para começar a investir está apto a iniciar os investimentos que podem mudar o futuro financeiro. Um exemplo disso é a modalidade de empréstimo entre pessoas físicas, que é bastante flexível e permite começar a investir mesmo com quantias consideradas baixas para outras modalidades de investimentos.

O empréstimo entre pessoas é uma modalidade de crédito onde quem empresta e quem toma emprestado são pessoas físicas. Ou seja, é uma linha de crédito de gente pra gente, sem grandes instituições financeiras tradicionais por trás da operação. E esse é um dos principais motivos que fazem a modalidade tão flexível a ponto de permitir investimento até mesmo entre aqueles que possuem pouco dinheiro.

Em resumo, o empréstimo entre pessoas físicas funciona por meio de uma fintech – empresas do setor financeiro digital e devidamente autorizadas pelo Banco Central a conectar pessoas por meio do empréstimo online entre pessoas físicas. Na plataforma, tanto investidor quanto tomador de crédito possuem perfis cadastrados. O investidor terá acesso ao perfil do tomador de crédito, fazendo uma análise para decidir se disponibiliza ou não o dinheiro. Se o match for dado, então um contrato digital é criado e assinado por ambas as partes e o empréstimo é feito de forma oficial.

Quais as vantagens em emprestar dinheiro para outra pessoa?

Emprestar por meio da Sociedade de Empréstimos entre Pessoas (SEP) é algo seguro e muito vantajoso para quem tem pouco dinheiro em mãos para começar os investimentos. Um exemplo disso simples são as taxas de juros mais baixas, pois a operação é de pessoa física para pessoa física. Com isso, mais tomadores de crédito são atraídos, mais investimentos podem ser feitos e maiores são os retornos.

Na SEP o investidor terá total controle sobre os investimentos feitos e rendimentos recebidos. Ou seja, ele poderá mudar as estratégias de investimentos, reinvestir o dinheiro ganho, bem como retirar os lucros das operações quando e como desejar. É tudo sem burocracia ou entraves – comuns entre as instituições financeiras tradicionais.

Vale destacar que a taxa de inadimplência é bastante baixa nessa modalidade de crédito. Esse é um resultado direto das menores taxas de juros, bem como melhores condições de pagamentos quando o empréstimo é feito de gente para gente. Com isso, quem está tomando emprestado consegue pagar o dinheiro, pois as parcelas cabem no bolso e o empréstimo não compromete o orçamento financeiro.

Outro fator muito importante na hora de escolher um investimento é justamente a taxa de retorno. Por isso, é importante destacar que na SEP as taxas de retornos são as mais justas do mercado. Isso é possível graças ao fato de que, em geral, a SEP não aumenta os próprios rendimentos maximizando taxas, uma vez que o sucesso da plataforma está no match entre tomador de crédito e investidor.

Investir não é algo possível apenas para quem possui grandes reservas de dinheiro

O pequeno investidor também pode começar a investir por meio da SEP. Com transparência, sem burocracias e excelentes condições de retorno, essa é uma das melhores opções para quem está começando.

Comunidade financeira

O Bullla é uma comunidade financeira que permite com que o Bom Poupador faça investimentos diferenciados. A plataforma possui um sistema de nota de crédito para auxiliar na escolha do Bom Poupador.

Mais informações em https://www.bullla.com.br/

Website: https://www.bullla.com.br/

Deixe o seu comentário