Lajeado/RS 9/8/2021 – É importante debatermos e agir sobre o presente e futuro das nossas cidades

Univates realiza, de 23 a 27 de agosto, o CRIE Smart Cities, um evento que busca promover um espaço para dialogar sobre inventividade, coparticipação, arte, diversidade, inclusão e inovação. Evento terá palestras com Sônia Bridi, Josep Piqué, Ricardo Cappra e mais de 40 atividades.

O conceito de cidades inteligentes (ou smart cities, em inglês) é utilizado para se referir a comunidades que usam tecnologia e inovações a fim de tornar prática e eficiente a vida de seus cidadãos. Nesses lugares existe toda uma preocupação em melhorar a fluidez do tráfego, a segurança e a prestação de serviços nas áreas de, por exemplo, recolhimento de lixo e iluminação pública. Mas, afinal, o que torna uma cidade inteligente?

De acordo com a professora Fernanda Antônio, o Índice “Cities in Motion”, organizado pela Escola de Negócios da Universidade de Navarra (IESE Business School), estabelece 10 parâmetros principais para mensurar o quão inteligente uma cidade é. O índice oferece uma visão ampla e holística do que uma cidade representa, levando em conta dimensões-chave para criar cidades inteligentes e mais sustentáveis. Esses indicadores são: governança; gestão pública; planejamento urbano; tecnologia; ambiente; alcance internacional; coesão social; mobilidade e transporte; capital humano; e economia.

Para fomentar o debate sobre cidades inteligentes e colocar a comunidade no protagonismo de um ecossistema colaborativo, a Universidade do Vale do Taquari – Univates realiza, de 23 a 27 de agosto, o CRIE Smart Cities, um evento que busca promover um espaço para dialogar sobre inventividade, coparticipação, arte, diversidade, inclusão e inovação.

Conforme o organizador do evento, Leonel de Oliveira, o tema das cidades inteligentes pode ser abordado a partir de todas as áreas de conhecimento da Univates, pois é um tema transversal. Além disso, a temática se associa aos movimentos que são observados no Vale do Taquari através do Pro_Move e que tem participação decisiva da Univates em sua organização. “Por tudo isso é importante debatermos e agir sobre o presente e futuro das nossas cidades em torno de temas como Sustentabilidade, Educação, Governança, Tecnologia, Mobilidade Urbana e tantos outros que definirão o futuro das nossas cidades”, afirma ele.

O evento, on-line, terá como palestrante de abertura, no dia 23 de agosto, a jornalista Sônia Bridi, que irá abordar a “Sustentabilidade, o futuro das cidades inteligentes”. Também será apresentado pelo espanhol Josep Piqué o case de Barcelona como cidade inteligente. A programação conta ainda com a participação do arquiteto Ciro Pirondi; do ex-secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro do Norte, Michel Araújo; do prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo; do pesquisador de cultura analítica e cientista-chefe do Cappra Institute for Data Science, Ricardo Cappra; e dos consultores Luis Lamb, Cláudio Marinho e André Godoy.

Além da programação principal diária, o CRIE Smart Cities terá oficinas, painéis, debates e a Mostra de Ensino, que contemplam as temáticas: mobilidade urbana, sustentabilidade, governança das cidades, transformações tecnológicas e qualidade de vida. O evento é realizado em parceria com o Pro_Move Lajeado, o Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari – Tecnovates e o Sebrae. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas em www.univates.br/criesmartcities.

Website: https://www.univates.br/criesmartcities

Deixe o seu comentário