China 22/6/2021 – Ela tem motores elétricos e volantes montados sob seu selim

Alta tecnologia empregada em uma bicicleta elétrica permite que ela ande sozinha.

O cérebro está tão acostumado com a ideia de que uma bicicleta só se movimenta se tiver uma pessoa a pilotando, que ver uma andando sozinha fica até um pouco bizarro. Mas o negócio é pura ciência, e muita tecnologia envolvida.

O engenheiro de hardware Zhi Hui Jun, da China, criou uma bicicleta elétrica com autoequilíbrio. Ela tem motores elétricos e volantes montados sob seu selim, além de componentes eletrônicos, uma bateria presa ao tubo superior e um sistema usado para girar a roda dianteira.

Essa ação de autoequilíbrio é alcançada por meio de uma roda de metal pesado montada perpendicularmente que pode mudar rapidamente a direção de seu giro para criar um momento angular para conter a tendência da bicicleta de sucumbir imediatamente às forças da gravidade e cair. É controlada por sensores de acelerômetro e giroscópio que podem detectar os movimentos mais sutis da bicicleta e, como resultado, quando se equilibra, a bicicleta parece ser sólida como uma rocha, pois os pequenos ajustes constantes são quase imperceptíveis.

Esse mecanismo, teoricamente, funciona com ou sem piloto. Se um modelo assim se tornar comum algum dia, poderá mudar o processo de aprendizado de andar de bicicleta e tornar o ciclismo mais acessível para ciclistas de qualquer nível de habilidade.

Mais notícias em Blog ClubeB2B

Website: https://www.clubeb2b.com.br

Deixe o seu comentário