Rio de Janeiro, RJ 17/6/2021 –

Obra é composta de vinte e dois contos, dos quais dez inéditos, que inspiraram o filme “A moça do calendário”.

Existe literatura para todos os gostos, desde histórias de príncipes destemidos que salvam a princesas em apuros, passando pelo detetive sempre ávido por desvendar mais um crime insolúvel e chegando até aquelas narrativas sobre o cotidiano. São infindáveis as opções literárias e assuntos abordados, independentemente do gênero literário de preferência. E em uma pandemia, onde as pessoas passam naturalmente mais tempo em casa, uma indicação de leitura é sempre bem-vinda.

Pensando nisso, a Editora Barra Livros recomenda uma de suas opções literárias. O livro “A moça do calendário”, de Luis Antonio Martins Mendes é uma coletânea de diversos contos, que segundo Sérgio Mamede, diretor da editora: “são narrativas curtas de prosa surpreendente e cortante que narram de forma crua, com boas doses de ironia e humor, a miséria de nosso cotidiano, inspirada no tipo de naturalismo que deu fama a obras como ‘O cortiço'”.

Nessa coletânea os leitores encontrarão os contos “Aquela moça do calendário de amortecedores”, “Coleta de material”, “A eterna virgindade de Do Carmo”, “Décimo terceiro” e “Independência ou morte”, que viraram roteiro do filme “A moça do calendário”, que estreou nos cinemas em 2018.

Sobre a obra e o autor, o escritor Celestino Sachet resume: “A imaginação e o humor de Luis Antonio se exercitam menos na invenção de situações cômicas e de puro entretenimento, do que na ironia feroz que extrai de um cotidiano absurdo e dramático. Daí, a força envolvente de contos, nos quais acontecimentos que poderiam ser apenas rotineiros da vida real, adquirem, mediante linguagem cortante e sarcástica, uma dimensão inusitada, alienada e grotesca”.

Para mais informações sobre o livro, basta acessar a página:
https://www.lojabarralivros.com/a-moca-do-calendario

Website: http://www.lojabarralivros.com/

Deixe o seu comentário